quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Faz tempo...

Faz tempo que não aparece uma postagem nova nesse blog.
Faz tempo que um colaborador importante sumiu, o Vai-Volta. espírita convicto, creio que se cansou de brigar com o Adilson233.
Faz um ano aproximadamente que fiz uma única postagem.
Faço mais uma, em homenagem ao Vai Volta sumido e ao Adilson233, que eu sei ainda passa vez ou outra por aqui...
Um grande abraço para todos aqueles que frequentavam esse espaço. Saudades dos velhos tempos.


A MEDICAÇÃO PELA FÉ

A moça abatida, num acesso de tosse, chegara
ao “Luiz Gonzaga” com a receita médica.
Estava tuberculosa.
Duas hemoptises já haviam surgido como
horrível prenúncio.
O doutor indicara remédios, entretanto...
— Chico, — disse a doente — o médico me
atendeu e aconselhou-me a usar esta receita por trinta
dias...
Mas, não tenho dinheiro. Você poderia
arranjar-me uns cobres?
O Médium respondeu com boa vontade:
— Minha filha, hoje não tenho... E meu
pagamento no serviço ainda está longe...
— Que devo fazer? Estou desarvorada...
Chico pensou, pensou, e disse-lhe:
— Você peça à nossa Mãe Santíssima socorro
e o socorro não lhe faltará.
A que horas você deve fazer a medicação?
— De manhã e à noite.
— Então você corte a receita em sessenta
pedacinhos.
Deixe um copo de água pura na mesa, em sua
casa e, no momento de usar o remédio, rogue a
proteção de Maria Santíssima.
Tome um pedacinho da receita com a água
abençoada em memória dela e repetindo isso duas
vezes por dia, no horário determinado, sem dúvida,
pela fé, você terá usado a receita.
A enferma agradeceu e saiu.
Passado um mês, a moça surgiu no Centro,
corada e refeita.
— Oh! é você? — disse o Médium.
— Sim, Chico, sou eu. Pedi o socorro de
Nossa Mãe Santíssima. Engoli os pedacinhos do papel
da receita e estou perfeitamente boa.
— Então, minha filha, vamos render graças a
Deus. E passaram os dois à oração.

Do livro,
 Lindos Casos de Chico Xavier

 Ramiro Gama



Feliz Natal e que 2015 seja bem melhor que 2014.

23 comentários:

  1. Olá, Selma.
    Estou de passagem aqui também para desejar boas festas e feliz ano novo aos poucos postantes e leitores daqui.
    Se o professor Andros lê o blog,peço que ele nos procure no facebook,e desde já,desejo que ele esteja bem.

    O Fanbims há muito saiu,mas como acho que de vez em quando ele aparece,mando um abraço a ele.
    Com o Adilson,falarei pessoalmente aqui no blog mesmo.

    Tudo de bom a vc e à sua família.
    Não tenho estado muito na internet,pois minhas horas de sono à noite aumentaram muito,não sei bem o motivo.
    Talvez seja sinal de boa saúde,ou de muita desorganização na rotina.
    Pensar que fui parar no facebook por causa do sr.Hosaka,não fosse por ele,até hoje eu me dividiria entre seu blog e o blog do sr.William.
    Esse foi um ano prolífico,no qual satisfiz meu desejo de ter alguma fama como poeta.
    Não levo o tema muito a sério,só queria ser um pouco vista,e consegui o intento.
    Para mim é só um passatempo.
    Grandiosa foi aquela moça antiga,e nunca mais serei ela.

    Assim como as águas não voltam ao mesmo ponto no rio.
    Apesar do estresse,estou feliz com o presente e só lamento o falecimento do sr.Vaivolta.
    Oxalá o meu próximo ano e o de todos seja melhor.
    Aqui em São Paulo,felizmente,está chovendo bem mais do que choveu no ano passado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe as redundâncias.
      Nunca deixei de achar difícil escrever dissertações comuns,apesar de eu ter sido premiada por elas na escola,muito antigamente.
      Esqueci que em blogs da web,não podemos nos corrigir o tempo todo,a não ser que estejamos logados,e nesse momento,eu não estou.

      Excluir
  2. Quer saber?
    Vou escrever ao Adilson nesse local,pois se eu postar para ele em tréplica a alguma réplica dele a um texto antigo, a prosa irá se perder.

    #Adilson #Machado

    Para tranquilizar sua consciência,deverei contar que meu 2.014 foi melhor do que o ano de 2.013,que consegui ter alguma fama como poeta,e que encontrei no facebook amigos consideravelmente afins.(que eu nunca pensei que existissem,ou se existissem,estivessem on-line)
    Eu melhorei um pouco das falhas cognitivas que tive que me levaram a deletar meu próprio texto ano passado,naquele incidente tragicômico que vc lembra.
    Sabe,eu vivo morrendo de vergonha pelos meus limites irritantes,mas vc não é melhor do que eu, _e talvez seja justamente o que está pensando agora.
    Em janeiro desse ano tomei um remédio para melhorar meu estado geral,e quase fui parar no pronto-socorro.
    Depois,descobri que o problema foi causado pelo uso excessivo do adoçante,e de um xarope açucarado para a tosse.
    Não ingeri mais adoçantes artificiais,parei por um tempo com os doces,e agora quando fico gripada, apenas bebo muita água para sarar.
    Então,estou tomando de novo aquela vitamina que achei que me fez mal e desde novembro.
    Sem qualquer efeito colateral,agora.

    Por que conto isso?
    Quando passei mal, eu te responsabilizei por tudo.
    Pensei que em parte,foi o causador do estresse que me levou à crise de enxaqueca (sei que era enxaqueca,pois fui ao médico).
    O vilão era mesmo o açúcar artificial.
    Por favor,nunca tome nada com aspartame.

    De vez em quando vou falar com você,pois tivemos um contato marcante,vc há de convir.
    Quero que saiba que jamais me levei a sério como já pareci me levar,por um tempo.
    Nem mesmo ambicionava aparecer tanto,quanto apareci no Face esse ano.
    Já pensei em tentar melhorar como poeta,ou como filosofante,mas tem tanta gente falando de forma parecida com a minha,que acho mais produtivo me preparar um dia para vender flores.

    Minhas palavras poéticas não valem duas linhas escritas pela Safo.
    A frase é de sua autoria.
    Mas Adilson,a menina do passado era apenas uma lírica "power point".
    Sabe esses sites em que aparecem imagens de flores se abrindo, como plano de fundo para mensagens religiosas?
    Assim me parece o poema dela,mas sou muito agradecida aos que a idolatram.
    Meus versos não valem mesmo nem umas poucas linhas...da poesia do Carlos Drummond de Andrade,ou do poeta Donizeti,recém-falecido.
    Não mencionarei Luís Serguillha,pois a única vez em que li alguns textos dele,pensei que ia querer me matar no dia seguinte.(Kkkkk...)
    Meu,não dá para acompanhar...não é para gente normal...
    A poetinha "véia' é uma deusa,certamente,mas é uma divindade antiga,e sempre perdedora para os santos cristãos.
    E eu _pelo meu lado,conheço as "rosas da piéria" só de ouvir falar nelas.

    Humpf...ando bem cansada ultimamente,mas é comum eu ficar assim no verão.

    Jamais vou esquecer nosso ...contato antigo,mesmo assim,ou talvez por isso mesmo, que tenha um bom ano de 2.015.
    Tudo e todos merecem uma segunda chance.
    Nossa amizade por enquanto não pode ter a mesma,mas pelo menos posso te querer o bem.
    É possível que no fundo, vc seja bem intencionado.
    (ou seu criador seja um tipo bem intencionado)
    Estive no perfil do Ghiraldelli há pouco.
    O jeito dele lembra o seu.

    Bom,uma tapona nas costas.
    Lamento muito que tenha perdido o sr.Vaivolta como amigo.
    Eu também gostava muito dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...apesar da edição,está cheio de erros,mas vou corrigir só o principal deles.

      "Jamais vou esquecer nosso...contato antigo,mas apesar disso,ou talvez justamente por causa disso,desejo-lhe um bom ano de 2.015".

      A razão é que só podemos desejar o bem para aqueles de quem sempre lembramos.
      E em função de um passado histriônico, jamais vou tirar vc da memória.

      Uma tapona nas costas.

      Excluir
    2. Srta Nihil, esse tal de Adilson não lhe daria uma tapona nas costas mas uma apalpadela bem mais abaixo, com certeza.

      Excluir
  3. Olá dona Nihil,prazer enorme em vê-la participando do blog, tenho visitado quase diariamente mas o pessoal sumiu. Que 2015 seja repleto de realizações pessoais para você, um abraço saudoso.

    ResponderExcluir
  4. O jornal O DIA colocou um artigo sobre ameaças terroristas contra o Vaticano. Fiz um comentário que que desagradou a um católico devoto de Maria e adorador de imagens, que acredita que a igreja romana tem 2000 anos, que Pedro foi papa, que existe anjo da guarda e que Deus tem mãe.

    adilson233 (entrou usando yahoo)
    Será que o representante de Deus na terra, o adorador de imagens de gesso que choram vai ser abandonado por todos os santos? Será que o estranho deus dele que tem mãe vai desampará-lo? Se a reza do terço tem poder, é só rezar umas dez mil ave-marias e vai ficar tudo bem. Maria vai protegê-lo, com certeza.
    Ou será que tudo que o romanismo ensina é mentira? Agora é a hora de se saber.

    Responder · Curtir · Deixar de seguir a publicação · há 16 horas

    Santos Santos · Por Ae :*
    garanto a voce , que mesmo que houver atentados contra o vaticano , nao serei surpreendido , visto que a igreja fundada por Cristo na pessoa de Pedro , vai ser muito atacada mesmo , mais lamento um comentario totalmente cheio de odio e de acusaçoes , nao sei a que Deus vc segue , e se segue , é por cauda de pessoas como voce , que é feitas as guerras santas , a intolerançia religiosa , o Mundo nunca vai mudar , enquanto tiver pessoas como voçe , que se acha o Dono da verdade a ponto de atacar uma determinada religiao , tenha cuidado . a igreja catolica ja existe a mais de 2000 anos , e as seitas do macedo , waldomiro, r.r soares , dentre outras e outras surgiram a pouco tempo , a principio a BiBlia mesmo fala , no final dos tempos aparecerem inumeros falsos profetas . abra seu olho , e que Deus possa te dar um coraçao Humilde.
    Responder · Curtir · 1 · há 15 horas

    adilson233 (entrou usando yahoo)
    Santos Santos, amigo idólatra devoto de Maria, qual foi a mentira que eu disse? Você é que mentiu, porque a igreja católica se formou através dos séculos, adaptando doutrinas pagãs. Ela não tem 2000 anos, seu mentiroso. A Bíblia também alerta: quem tirar ou acrescentar uma palavra seja anátema. Todo católico está sob essa maldição bíblica porque acrescentaram doutrinas pagãs, como recorrer aos mortos (os "santos"), o que a Bíblia proíbe.
    Responder · Curtir · há 4 minutos


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse Santos Santos deve ter, no máximo, o terceiro ano do fundamental, o antigo terceiro ano primário, nem escrever sabe, e quer discutir religião...quer citar a Bíblia sem ter a mínima condição de entendê-la.
      Desses é que os enganadores gostam. Aceitam que Deus tem mãe, que mortos fazem milagres, que imagens de gesso choram.
      Aposto que esse papalvo admirava o Chico Xaveco Xavier.

      Excluir
  5. Jesus Cristo ressuscitou a Lázaro, o qual estava morto, é o que o evangelho segundo os apóstolos que aprenderam pessoalmente com Jesus escreveram. Se você prefere acreditar no "evangelho" que um professorzinho de pré-adolescentes do século XIX escreveu, a escolha é sua, é seu direito, e é meu direito achar que isso não é nem um pouco inteligente.Eu prefiro a versão dos discípulos de Jesus.
    Segundo a Bíblia, não existem espíritos desencarnados, logo, Zé Arigó e Chico Xavier eram farsantes, além de, muito provavelmente, esquizofrênicos, segundo o que se entende pela Bíblia, e segundo a Psiquiatria. É seu direito duvidar delas, da Bíblia e da Psiquiatria, e acreditar em espíritos que você nunca viu e jamais verá, porque eles não existem. O "tu és pó, e ao pó tornarás" é bem claro: somos somente matéria, não existe alma nenhuma. Existência da alma é doutrina de origem grega, a qual a igreja católica adotou para tirar dinheiro dos fiéis com missas e vender imagens de santos.
    Kardec disse que Lázaro estava "dormindo", em estado cataléptico, porque Jesus dissera que iria acordá-lo. Mas, como os discípulos entenderam mal, Jesus esclareceu: Lázaro MORREU. (João 11:14).
    Jesus ressuscitou a Lázaro, assim como prometeu que fará a todos os que creem nele NO ÚLTIMO DIA (João 6:44), donde se conclui que, de acordo com as palavras de Jesus, não há espírito nenhum se comunicando através de médiuns, nem santos nem santas no céu, muito menos operando milagres, e nem almas no Purgatório dependentes de missas. Simples assim. Aceita quem quer, ou melhor, quem Deus escolheu (Efésios 1:4,5).
    Grupo de Discussão Religião e Tecnologia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que voce achou do pronunciamento do Papa Francisco que disse que se ofendessem a mãe dele ele daria um soco no ofensor. No outro dia falou que na verdade daria a outra face para bater como consta na Biblia. Depois falou no outro dia para que os católicos não produzissem filhos como se fosse coelhos, dia seguinte falou que são abençoadas as familias que tem muitos filhos ! Será que o nosso Papa cheirou cola vencida ???

      Excluir
    2. Francisco está meio confuso, não sabe mais o que pensa na realidade e o que seu mestre manda dizer. Quem é o mestre dele? Ora, é aquele que disse para Eva que Deus era mentiroso e que eles, ela e Adão, não morreriam se desobedecessem a Deus.
      Essa doutrina é a que Roma ensina, aliás, copiada pela maioria das igrejas protestantes, ou seja, que existe alma imortal, a qual se separa do corpo após a morte. Isso não existe na Bíblia, a não ser como sugerido na falsa parábola de Jesus do rico e de Lázaro, em Lucas 16:19-31, cheia de contradições que os incautos não percebem. Acaso é doutrina bíblica ou de alguma religião que aquele que é feliz em vida é infeliz após a morte, e vice-versa?
      Mas não é somente o Francisco que é falso profeta. Esses "pastores" da TV que convidam o povo ignorante para tocar o manto dos levitas, tocar no candelabro milagroso, levar garrafa d´água para ser abençoada e outras idiotices não passam de canalhas enganadores.
      Mas o maior deles é um tal de Silas Malacheia, que usa o blog que chama de verdade gospel para falar de política e atacar o governo, e deve estar sendo muito bem pago para isso, além de ter conseguido eleger o irmão.

      Excluir
  6. "Tal como a nuvem passa e se desfaz, aquele que desce à sepultura nunca voltará a subir." Livro de Jó 7:9

    Os kardecistas-peruquistas(*) no afã de acreditar em vida após a morte e num trilhão de trilhões de "novas oportunidades", as quais chamam de "justiça divina" (**), não se dão conta dos sofismas de Rivail, vulgo Kardec, que buscou uma tradução do livro de Jó que nunca vi, na qual supostamente estava a esperança de Jó numa reencarnação.
    Que é que, na verdade, o livro de Jó revela? Que não há vida após a morte, ficando aquele que morre na dependência de uma ressurreição futura, como indicado pelo profeta Daniel:
    "Muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão,, uns para a vida eterna, para outros vergonha e horror eterno." Dn 12:2

    (*) Kardecista -peruquista é o típico espírita brasileiro, que acredita nos livros de Kardec e nos 412 livros do farsante Chico Peruca Xavier, embora só tenha lido dois ou três, porque ninguém é de ferro e os livros esquizofrenografados do falecido Emperucado são insuportáveis.

    (**) Os espíritas acham que dar nova oportunidade numa outra vida a quem cansou de errar e praticar iniquidades é justiça divina. Por essa ótica, os criminosos não deviam ser condenados à prisão, mas soltos para receber nova oportunidade: "Vá em paz, meu filho, veja se dessa vez você não mata, não rouba nem estupra ninguém, embora das outras centenas de vezes você tenha voltado a delinquir."

    O argumento espírita desesperado é dizer que o corpo de quem morre não retorna realmente, mas seu espírito continua a existir, porque é imortal. Essa é uma crença grega, não tem nada a ver com a Bíblia, porque, biblicamente, não existe o dualismo corpo-espírito:
    "...sai-lhes seu espírito (respiração, alento, vida) e eles voltam ao pó; nesse mesmo instante perecem todos os seus pensamentos." Salmo 146;4
    Se existisse o tal espírito que deixa o corpo do homem por ocasião da morte, não pereceriam todos os seus pensamentos.
    Simples assim, para quem não é lerdo de raciocínio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adilson, pela segunda vez hoje.
      Estou escrevendo textos díspares do tema do blog,mas depois de ficarem aqui por uns dias,será só vcs apagarem. [esses textos migrarão também para um perfil alternativo meu]
      O caso é que estou me sentindo instigada a falar a você e à Sônia,no dia de hoje.
      Não sei se estou saudosa de alguns temas,ou precisando por em dia respostas antigas.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. #Um #comentário #para #a #Sônia

      Hoje lembrei do dia em que resolvi ficar por um longo tempo nesse blog.
      Foi em vinte e nove de abril de 2.013,depois de anos de uma parceria bem sucedida com o sr.William.
      Eu contei na ocasião_que não estava conseguindo sair do site dele.
      Que sempre acontecia algo errado quando eu tentava.
      Mas eu estava curiosa para ver o mundo por aí.[havia muito só lia pela cartilha do meu amigão...]
      Na referida data, a Sônia estranhou o que eu disse, e me perguntou se sou compulsiva.
      Não lembro o que repliquei.
      Mas hoje pensei nisso.
      Resolvi falar no tema,para fazer justiça à amizade que tive por ele.[as coisas não voltarão a ser as mesmas,pois ele mudou depois de ingressar no G+,o que eu entendo,pois todos um dia se rendem à necessidade do reconhecimento público;e ele vivia se sentindo menosprezado por causa das suas idéias polêmicas] [assim como eu também estou gostando da minha fama de poeta no facebook...]
      Eu ficava no blog dele porque gostava de lá, e porque fomos úteis um ao outro por certo período,enquanto nos recuperávamos do choque da perda dos nossos textos com o sumiço do gd do terra.
      Idem o mesmo foi importante quando eu,ao descobrir que fui uma personalidade antiga do mundo da literatura, entrei numa crise de histeria.
      Lembrar de vidas passadas é perigoso,pois pode levar a desequilíbrios temporários,e nessas horas é importante ter quem nos ouça.
      Me apeguei a ele como a um irmão.
      Não era que acontecia algo sempre que eu tentava sair de lá.
      Minha vida andava numa confusão terrível.
      Fatos errados ocorriam o tempo todo,mas eles doíam mais quando eu estava longe da minha companhia virtual preferida.
      Então eu tinha a impressão de que meu contato com ele estava "enfeitiçado".
      Vamos supor que minha impressão estivesse correta.
      Podiam ser os anjos da guarda me obrigando a ficar mais um tempo perto do meu ..."porto seguro".
      É claro que sempre tive muito apreço por ele.

      Passei uma fase complicada na vida particular.
      Ainda estou "assim" e não haverá uma resolução possível das histórias tão cedo,mas o começo da crise [em 2.010] foi doloroso.
      O aparecimento de um amigo com quem devo ter algumas afinidades morais iniciadas em épocas supostamente antigas[...fiu de pipa para a vida da poetinha...) foi uma sorte que tive.
      Eu nunca teria ficado num site criado por ele por mera compulsão.
      Isso não estaria a altura do que vivi nessa história.
      O que fizemos juntos, foi um bom exemplo para o público da internet,e podia virar um livro.

      Às vezes,penso que a amizade é mais importante que o amor.
      O amor tem duração determinada,e é finito enquanto dura.
      A amizade é eterna tanto se finita,quanto se infinita...e não tem cura.
      Bons versos, imagino que vou conseguir fazer algo com eles em meu perfil.
      Desejo ótimo final de semana aos postantes rotineiros desse blog.

      *Sônia e Adilson, a amizade de vocês também é um bom exemplo do quanto contam as afinidades eletivas."

      Excluir
    5. Depois de editar tanto esse texto, fui suprimir um trecho,e isso resultou em duas exclusões.
      Vcs sabem que sempre fui um pouco "xarope",não foi minha intenção sujar a página.
      Por isso gosto tanto do facebook, lá podemos nos corrigir sistematicamente sem deixar falhas aparentes.

      Peço que se possível,tirem logo daqui as duas marcas da exclusão de texto,e por favor,me desculpem.

      _º-º-º

      Excluir
  7. Pessoas, eu não sei mais linkar
    Abram o link na barra de links,em cima da tela do pc.

    "Tragédia no Nepal inspira orações pelo mundo".

    http://noticias.uol.com.br/album/2015/04/27/tragedia-no-nepal-inspira-oracoes-pelo-mundo.htm

    ResponderExcluir
  8. NEWTON FARO, segunda-feira, 25 de maio, 2015 9:10
    DIFICULDADE PARA CONTINUAR COM AS CIRURGIAS DO DR. F R E D E R I C K
    Com ordem do Dr. F r e d e r i c k para retornar, venho encontrando dificuldades para esse retorno. A última vez que consegui iniciar a cirurgia de varizes, foi em novembro de 2014, e fui operado justamente na perna esquerda, que de acordo com os exames realizados a pedido do médico especializado, era a que estava em pior estado. Ao voltar ao médico, o médico ficou surpreso ao constatar que a perna esquerda está melhor que a direita. Tenho certeza absoluta que essa melhora foi graças ao milagroso Dr. F r e d e r i c k, que denomino como O Anjo da Cura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse dr. Frederick não é espírito nenhum, é um gay bem vivo fantasiado de espírito de médico nazista, um farsante que merece tomar uma sessão de porradas.
      Quem acredita nessa patifaria comandada pelo psicopata Carlos Verezza só pode ser retardado.
      Estou só esperando uma oportunidade de dar uma porrada bem no centro da cara desse farsante e arrancar-lhe a fantasia. Vou achar um meio de ser "consultado" por ele e enfiar a porrada nesse farsante descarado.

      Excluir
    2. Olá a vcs do blog, boa noite ao Adilson,em especial.
      Não pretendo "rasgar seda" [ainda te culpo pelo passado ],mas como já reconheço minha parte no problema que houve anos atrás,desejo falar um pouco nisso, para "limpar algo" na atmosfera.
      Já tenho menos raiva de você.
      Vc tb irá pensar em mim com menos rancor,depois de agora.

      Sempre fui problemática.
      Na escola ganhei prêmios em redação, fui laureada pelo prefeito da cidade,mas não fiz nada com meu talento literário.
      Desperdicei outras chances.
      O motivo disso foi realmente o "transtorno de déficit de atenção" o qual,se não tratado desde cedo,afeta a memória e o caráter do paciente.
      Eu só fui saber que isso era doença aos trinta anos,e na época,não tive condições de me tratar.
      Outrossim, jamais tive qualquer "acompanhamento",nem conheci outros do meu tipo,portanto, não houve onde eu poderia "me mirar" para conseguir ser melhor.
      Comecei a me cuidar nos últimos anos,mas ainda não faço o tratamento propriamente dito. [rejeitei os remédios ansiolíticos que me foram receitados por neurologistas,os primeiros fármacos a serem tomados por quem sofre do mal mencionado]
      Todavia,desde 2.014 melhorei um pouco, por causa dos fitoterápicos.
      [foi vc quem me recomendou a B12,pelo que lembro...e é um dos que eu tomo]
      Em dois grupos para portadores dessa "disfunção" no facebook,me reconheci em vários pacientes,todos tão chatos e compulsivos quanto eu mesma.

      Fiquei compadecida de muitas mães com problemas com seus filhos pequenos Tdahs,e ajudei algumas com conselhos simples.
      Não aborreci a minha família antigamente,pois não tenho hiperatividade física,mas essa situação estragou meu destino do mesmo jeito.

      Eu e você, vivemos algumas dricas lá no gd do Terra,e depois,aqui.
      Discuti com algumas pessoas,e passei a evitá-las depois.
      Atualmente, já me encontro mais "segura" na internet,como fora dela.
      Vivi um melodrama recente,mas não vêm ao caso.
      A vida segue em frente com seus prêmios de todos os tipos.
      Eu fui tão "xarope" naquele tempo que não percebi que o coitado do nosso blog não comportava minha boa intenção de ajudar.
      E foi pelo desespero de atrair para cá nosso velho grupo.
      Nem precisava,pois os "nossos" já se encontravam no facebook,assim como por lá continuam. [vários estão adicionados ao meu perfil]
      Você deve ser um depressivo,pois sua conduta e suas palavras revelam tal contingência.
      Entendo vc_ e tomara que a recíproca se torne verdadeira.
      Oxalá a Sônia Araújo leia essas palavras,e procure também atenuar a impressão ruim que possui sobre mim.
      Todo Tdah é meio "criança grande" _ meus enganos foram por excesso de boa fé.
      Assim como minhas reações a suas provocações tolinhas resultaram da minha ansiedade característica.
      Eu não soube a hora de parar.
      Quando vi que estava ficando nervosa,eu deveria ter saído de cena,sob pena de achar que eu estaria sendo prejudicial.
      No fim das contas,minha ajuda ou a falta dela,não fez diferença.
      Todos fomos parar no facebook.
      Até você.

      Por ora, te desejo paz,e que uma luz baixe na sua mente,te fazendo entender que não houve nenhum golpe no Brasil. [Kkk...
      O PT vale menos do que vc, Adilson.
      Não continue se sacrificando por causa dele.
      Já perdeu décadas da sua vida nessa ilusão.

      Excluir
    3. Nunca tinha ouvido falar nessa meditação budista/tibetana.
      Tentarei praticar.[sempre faço não só uma,mas várias disciplinas budistas,apesar de seguir uma religião só]
      [abram os links na barra de endereços,não sei mais como linkar aqui]

      https://www.youtube.com/watch?v=3iYUIZmcpV8

      https://l.facebook.com/l.php?u=https%3A%2F%2Fbudismopetropolis.wordpress.com%2F2015%2F01%2F15%2Fmeditacao-tonglen%2F&h=xAQEvgcmr

      Excluir
    4. Você está engaanaada de novo. Não tenho raiva de debatedor nenhum, minha "raiva" é apenas método de argumentação em pequeno espaço. Todo religiosos é chato, eu também sou.
      Se você acha que não houve golpe, então meu conselho é você começar de novo no bê-a-bá, lá no primeiro ano. Acreditar nesses sofismas desses canalhas maçônicos que nunca chegariam ao poder pelo voto é a mesma tolice do Vai-Volta, que achava que Chico Xavier não era nem veado nem farsante só porque era pobre e humilde.
      Você era chata porque entulhava o Blog com assuntos que nada tinham a ver com religião e impedia o bom andamento das discussões. Não sou petista, só não suporto canalhice de farsantes e mentirosos, como os políticos e líderes religiosos.

      Excluir