domingo, 8 de dezembro de 2013

GRANDE MANDELA!!!

... mais um daqueles ESPIRITOS que faz a diferença pela positiva deixou de estar por cá...

Com certeza!!!  no "outro lado", vai estar entre os bons...


Durante muito tempo imaginou-se que sua MISSÃO era impossível de concretizar...

contudo...

... com sua capacidade, simplicidade e boa formação moral, tornou realidade
"o difícil objetivo para o qual VEIO(!!!)"

GRANDE MANDELA,..  A HUMANIDADE NÃO ESQUECERÁ E TE AGRADECE!!!...

204 comentários:

  1. Olá Vai Volta! Grata surpresa encontrar uma postagem sua.
    Realmente, o Mandela foi um Espírito Superior que encarnou aqui na Terra com uma missão muito especial. Que Deus ilumine seu espírito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ói Selma... não esqueça que eu sou o Vai... e... Volta... Portanto... :)...

      Sem duvida!!! Selma... Mandela, é um daqueles Espiritos que veio em MISSÃO bem difícil e complicadíssima mas que devido à sua superior condição, muito acima do homem comum, conseguiu resolver da MELHOR MANEIRA!!!...

      Está no lugar onde só os JÁ BONS TÊM CONDIÇÃO PARA ESTAR!!... :)...



      Excluir
  2. Grande espírito coisa nenhuma, espírito não existe. Aliás, muito engraçado um português elogiar um negro que lutou contra os brancos. Foram os portugueses que trouxeram os negros para o Brasil para escravizá-los, porque não o conseguiram com os índios, como pretendiam.
    Mandela morreu e, como está escrito, voltou ao pó. Nada além disso existe mais, só o pó.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por exemplo... enquanto Mandela é daqueles Espiritos onde se nota de forma facílima sua superioridade moral intrínseca... já no 233...

      ...é flagrante que se está em presença de um espirito inferior... inferior... inferior... Isto é, um espirito com deficit daquela AURA que precisamente resplandece de forma fulgurante no enorme Nelson Mandela...

      fácil verificar isto... :(...

      Excluir
  3. Quem seria o terceiro astronauta?

    No visor aparecem refletidos dois astronautas, mas, se dois desceram à Lua e o terceiro ficou na nave mãe em órbita, quem seria o terceiro astronauta/? Um espírito materializado?

    http://3.bp.blogspot.com/_7Bqr1I5gzyk/SPI5yPmC4HI/AAAAAAAABYQ/uW16v1O7MXY/s400/double.jpg

    ResponderExcluir
  4. Foto impossível.
    Os astronautas tinham as câmeras presas ao peito, o que impossibilitaria tirar uma foto do próprio pé, porque o ângulo necessário não poderia ser alcançado e, ao tentar dobrar o corpo, certamente o astronauta cairia de cara no solo.

    http://www.portalbrasil.net/2005/imagens/nasa8.jpg

    Mas eu acho que os que acreditam em fantasma de alemão materializado em Jacarepaguá não duvidam da ida à Lua, mesmo que não expliquem por que os russos nunca foram, nem por que os próprios americanos não voltaram e agora estão estudando um meio de voltar no ano 2028...e no canal Discovery explicaram que o veículo lunar não pode ter pneumáticos, porque explodiriam na falta de pressão na Lua.. Mas aqueles que usaram há quarenta e quatro anos não parecem usar pneus?

    ResponderExcluir
  5. Dois espíritos depois de muito treino através de trilhões de reencarnações.

    http://www.youtube.com/watch_popup?v=47f7O9V4ELE&feature=youtu.be%3e

    Mas o emperucado não precisava de muito esforço para aplicar seus truques, porque otário para ser enganado é que não falta.

    ResponderExcluir
  6. Foto impossível.
    http://www.portalbrasil.net/2005/imagens/nasa9.jpg

    As câmeras ficavam presas no peito dos astronautas , mais de um palmo à frente, o que impossibilitaria tirar uma foto de uma pegada com visada vertical.
    Mas esse não é o principal detalhe. Como é que pode haver pegada em alto relevo?
    Observem a "pegada". Ela tem até sombra, e parece estar quebrada. É uma pegada, ou um molde de gesso ou argila?
    Positivamente, essas fotos e filmagens dos astronautas na Lua apontam para uma fraude tão porcamente feita como as materializações de espíritos.
    Mas os crédulos se esforçam para justificar as enganações de que são vítimas. Os V-V-ai-sem-Voltas da vida argumentam que o Chico Xaveco era honesto porque não se importava com dinheiro. Os defensores da viagem á Lua dizem que os americanos não voltaram mais lá porque não sabem mais como fazê-lo, visto que os antigos técnicos já morreram e o conhecimento necessário não existe mais. Pasmem, mas isso foi escrito por um editor de ciências da Folha de São Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A resposta mais simples seria a falta de dinheiro.
      Uma viagem à lua é um projeto faraônico, comparável à construção de Brasília para nós.
      Talvez a aventura saiu cara para eles,assim como a construção da capital federal nos prejudicou.

      Excluir
  7. A Bíblia não ensina vida após a morte, até que venha a ressurreição dos escolhidos. De acordo com o ensino bíblico, após a morte não há nada, não existe alma ou espírito que continua a existir consciente.

    No Novo Testamento, Jesus Cristo comparou a morte ao sono, indicando assim que os queridos que estão na sepultura estão dormindo: “Isto dizia, e depois lhes acrescentou: Nosso amigo Lázaro adormeceu, mas vou para despertá-lo. Disseram-lhe, pois, os discípulos: Senhor, se dorme, estará salvo. Jesus, porém, falara com respeito à morte de Lázaro; mas eles supunham que tivesse falado do repouso do sono. Então Jesus lhes disse claramente: Lázaro morreu.” João 11:11-14.

    No sono, a pessoa perde a noção do tempo e da existência e não sabe nada do que acontece ao seu redor. O mesmo ocorre na morte, segundo a Bíblia: “Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem de coisa nenhuma… Amor, ódio e inveja para eles já pereceram; para sempre não têm eles parte em coisa alguma do que se faz debaixo do sol… no além para onde tu vais, não há obra, em projetos, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.” Eclesiastes 9:5, 6 e 10.

    O galego costuma colocar versículos que mal INTERPRETADOS parecem indicar a existência da alma. Os versículos acima não requerem interpretação, eles são bem claros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilhoso Ensino!
      Tenho muito dos teus ensinos guardados!

      Excluir
    2. Você` acha maravilhoso mesmo?!?!?... Então talvez você seja capaz de responder a uma questão que o 233, COMO SEMPRE!!! contorce, distorce, rodopia... mas só lhe saem baboseiras da mente...

      A questão é a seguinte... um Neandertal que teve seu corpo virando pó há muitos muitos anos, quando chegar o dia de "são nunca" para o juízo final, ele vai sair do pó como??... Será como homem das cavernas ainda ou já será um belo jovem cheio de energia vigor e farta inteligência, hein??... Como será??...


      A Biblia fala em "corpo gloriosos"... Ora, eu pessoalmente, vejo como bem racional, que esses "corpos" sejam referencia ao Corpo Espiritual... Muito racional mesmo mesmo!!... ;)

      Já aqueles do tipo anti Espirito/Alma que nem os 233'´s que por aí proliferam, vão dizer que o Neandertal vai levar um "chip" novo na mente e vai voltar com toda sabedoria que houver para implantar... :)))....

      Excluir
    3. Bom dia e feliz natal,sr.Vaivolta!

      O Adilson, e outras pessoas que interpretam assim a bíblia,também não acreditam que neandertais existiram,e acham que o mundo começou há sete mil anos atrás.
      Descobri ultimamente que alguns judeus também pensam assim.

      Aliás,os neandertais (escrevi um texto a respeito no blog "Terapia da Lógica") não foram os "burros" que costumamos achar que eles foram,e coexistiram com os primeiros cidadãos da nossa raça atual.
      Eram muito inteligentes,mas não sobreviveram _entre outros motivos,porque eram essencialmente carnívoros, razão pela qual a vida deles demandava muitos recursos.
      Gosto de imaginar que se eles "reencarnaram" posteriormente entre nós, talvez são portadores de autismo leve _e gênios na área de exatas.(matemática,química,física,informática,etc)

      Excluir
  8. Este versículo requer interpretação, pois usa linguagem figurada, mas é bem fácil, para quem tem ao menos um pouco de inteligência.

    "Mais vale um cão vivo, que um leão morto."

    Detonando o Rivailismo-Peruquismo-Catolicismo, vamos ao versículo inteiro:

    Ora, para aquele que está entre os vivos há esperança ,porque melhor é o cão vivo do que o leão morto.
    Eclesiastes 9:4

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ... esse caricato 233, com suas mirabolantes manobras de anti-Espiritismo alienado, faz bem justiça aquela ideia expressa por alguns analistas mais estouvados, os quais referem que a Bíblia é tão sensível e propícia a (des)interpretações que até o diabo, caso existisse, conseguiria usa-la 1000 vezes em seu favor... :))...

      Caramba pessoal de mente normal, que outra REALIDADE se pode extrair daquele relato efetuado por vários testemunhos (não apenas um, note-se) que não seja o facto de Moisés e Elias terem comparecido perante Jesus (em Espirito evidentemente) e com Ele terem dialogado??...

      Sim... que outra REALIDADE se pode extrair daquele acontecimento, hein??...

      Porem...

      ... para o maquiavélico 233, aquilo não passou de um embuste de "monta-miragem" para enganar inocentes espetadores... (alguns chegaram a oferecer estadia às "materializações", tal a REALIDADE e consistência do acontecimento)...

      Pode uma aberração à-lá-233 destas ser levada a sério por gente normal??...
      Evidentemente que não pode, ora essa!!...

      Excluir
    2. Jesus não poderia promover uma sessão mediúnica, porque isso era proibido pela lei Mosaica, e ele afirmara que não viera destruir a lei, mas cumpri-la.
      É estranhíssimo que os rivailistas considerem Jesus um espírito puro e ao mesmo tempo achem que ele era um mentiroso. Se dissera ser cumpridor da lei, como evocaria espíritos de mortos e ficaria conversando com eles? Tal coisa era punida com a morte, pela lei mosaica.
      Pela BÍBLIA INTEIRA, a interpretação é bem simples: Jesus revelou aos discípulos através de uma VISÃO que ele era o Messias prometido nas Escrituras, representadas por Moisés, a lei, e Elias, os profetas. A Lei e os Profetas era como chamavam as escrituras dos judeus, isto é, o Antigo Testamento.

      Ora, o galego nunca passou nem perto de uma faculdade de Teologia e não tem condição de entender nada disso, por isso merece ser desculpado por suas tolices.

      Excluir
    3. 233 (...)Tal coisa era punida com a morte, pela lei mosaica.
      ----
      ... na verdade, nem seria necessário recordar aos que estão mais por dentro destas coisas da religião que Jesus até retificou algumas ideias de Moisés menos consentâneas com a magnanimidade do Pai Criador... Quem não lembra Jesus falando assim:

      Mateus,5
      38. Tendes ouvido o que foi dito: Olho por olho, dente por dente.
      39. Eu, porém, vos digo: não resistais ao mau. Se alguém te ferir a face direita, oferece-lhe também a outra.

      Portanto...

      ...como se pode verificar sem qualquer esforço de intelecto suplementar, nem tudo o que Moisés instituiu como lei civil (e não LEI DIVINA IMUTAVEL) teve aceitação categórica por parte de Jesus...

      ... e por quê não seria preciso recordar tais intervenções do Mestre emendando Moisés??... Ora... ora... simplesmente porque é o próprio Moisés quem faz notar que a lei instituída contra a 'má utilização da mediunidade' não significava que essa condenação se estendesse à BOA UTILIZAÇÃO do atributo mediúnico que alguns possuem...

      veja-se como Moises, ele próprio, faz da vidência/profetização/mediunidade,
      uma dadiva Divina...

      Ora bem... sabendo nós, por informação bíblica que os 'profetas' daqueles tempos, antigamente eram designados por 'videntes' (hoje médiuns)...
      repare-se o que ele respondeu quando lhe foram anunciar que estava decorrendo uma sessão mediúnica que era imaginada como ilegal...

      Numeros,11
      26. Dois homens tinham ficado no acampamento: um chamava-se Eldad e o outro, Medad, e o espírito repousou também sobre eles, pois tinham sido alistados, mas não tinham ido à tenda; e profetizaram no acampamento.

      27. Um jovem correu a dar notícias a Moisés: “Eldad e Medad, disse ele, profetizam no acampamento.”

      28. Então Josué, filho de Nun, servo de Moisés desde a sua juventude, tomou a palavra: “Moisés, disse ele, meu senhor, impede-os.”

      29. Moisés, porém, respondeu: “Por que és tão zeloso por mim? Prouvera a Deus que todo o povo do Senhor profetizasse, e que o Senhor lhe desse o seu espírito!”

      Pois é... o estudante de teologia 233 (que possivelmente terá estudado numa daquelas (pseudo)faculdades de "teologia" que ensinam os alunos sobre-a-melhor-maneira-de-extorquir-religiosos-incautos-e-de-boa-fé) bem pode (des)interpretar como lhe convier aos intentos de anti-Espirita doentiamente fanatizado que não vai conseguir colocar Jesus, também nessa questão da mediunidade, infringindo seja que lei for ... muito pelo contrario, Ele colocou à evidencia de forma notória e bem explicita uma LEI UNIVERSAL DIVINA:
      -> a mediunidade é condão que pode e deve ser utilizada para o BEM E ENRIQUECIMENTO MORAL DA HUMANIDADE... isto é ponto assente Biblico!!!... :)...





      ...



      Excluir
    4. 29. Moisés, porém, respondeu: “Por que és tão zeloso por mim? Prouvera a Deus que todo o povo do Senhor profetizasse, e que o Senhor lhe desse o seu espírito!”


      Na Bíblia há somente um pseudocaso de morto se comunicando, ou seja, a sessão mediúnica da farsante de Endor. Por que se pode afirmar com inteira tranquilidade que, na Bíblia, está negada a possibilidade de os mortos se comunicarem?
      Resposta, porque ela afirma CLARAMENTE que na morte cessa toda a consciência, o cérebro morre e, com ele, a mente:

      "Não confiem nos poderosos, em quem não há salvação, pois dão o último suspiro e voltam ao pó. Nesse mesmo instante PERECEM todos os seus pensamentos." Salmo 146:4.

      Por que na Torah a mediunidade era proibida e punida com a morte? Que é que estamos chamando de mediunidade?
      Consultar mortos (mediunidade, em linguagem atual) era proibido ao povo judeu, o qual Deus chamara, escolhera. Consultar supostos espíritos de mortos era prática dos outros povos que não conheciam Javé. O pacto com Javé exigia obedecer a ele e abandonar os deuses e práticas dos outros povos. A proibição não significava, como queria Rivail, que era possível falar com mortos e obter respostas. Essa prática era apostasia, era rejeitar o Deus de Israel e procurar a proteção de falsos deuses.
      Deus nunca proibiu os outros povos da prática mediúnica, a proibição era para os judeus.

      Rivail usava o sofisma de usar trechos referentes a Deus e interpretar como se referissem a espíritos de mortos. Por isso, nas Bíblias a palavra espírito vem com maiúscula, porque significa Espírito de Deus, ou simplesmente Deus.
      "Que o Senhor lhe desse o SEU Espírito" significa que Deus inspire o povo para profetizar, isto é, trazer a palavra dele, de DEUS. Os profetas falavam em nome de Deus, ELES NÃO TRAZIAM MENSAGENS DE MORTOS, isso não existe na Bíblia.

      Por isso está escrito: Mais vale um cão vivo que um leão morto."

      Excluir
    5. ...para vermos que o contorcionista 233 faz arranjos desinterpretativos sem qualquer respeito pela verdade, basta verificarmos que...


      ... se realmente os videntes que ficaram no acampamento profetizando fossem entendidos como mediadores (mediuns) da "palavra de deus vinda diretamenbte de seu espirito", não haveria motivo para alguem julgar que eles estavam cometendo uma transgressão de comunicação indevida, ora essa...


      mas enfim... como gostamos de ver o 233 encetando autenticas cambalhotas de desespero desinterpretativo, vou colocar MAIS UM texto biblico que, em apenas duas linhas, mostra à evidencia que muitissimo antes de Kardec/D.Espirita, já era anunciado que o Espirito antecede o corpo carnal e que "este" é escolhido de forma compensatoria ou penalizadora segundo o comportamento "daquele"...




      Sabedoria, 8

      19. Eu era um menino vigoroso, dotado de uma alma excelente,
      20. ou antes, como era bom, eu vim a um corpo intacto



      É claro que o coitado 233 vai dizer (como outros já fizeram) que isso aí acima não vale porque se admitisse sua validade, suas investidas doentias contra o Espiritismo seriam de imediato aniquiladas/destruidas/detonadas... sem apelo nem agravo... :)...



      aguardemos mais piruetada estilo 233 ... :)))...


      Excluir
    6. Sabedoria, 8

      19. Eu era um menino vigoroso, dotado de uma alma excelente,
      20. ou antes, como era bom, eu vim a um corpo intacto

      Versículos de um livro (Sabedoria) que não consta nem do livro dos judeus, nem do livro das igrejas protestantes. Os livros chamados apócrifos não são considerados inspirados, e foram rejeitados.
      Aquela igreja, ou melhor, aquela religião da Itália que acha que Deus tem mãe, que Deus tem representante humano na terra, que uma criatura após haver morrido foi elevada a um posto de rainha dos céus, que acha que existe alma imortal, que os mortos ouvem pedidos e os atendem, essa religião é que adotou esses livros.
      Mas será que o galego sabe interpretar esses versículos, ou, como sempre, come pela mão de Rivail sem saber qual é a comida?

      Que é que significa "eu era um menino vigoroso"?
      Que significa "dotado de uma alma excelente"?
      Se tinha corpo e se tinha alma, que significa ter vindo a um corpo intacto? Ficou com dois corpos? Sim, porque já era um menino vigoroso. Esse "vigoroso" não significaria já possuir vida, isto é "alma excelente"?
      Que é que está no original?

      O que eu acho é que nem Rivail sabia, nem o galego sabe de coisa nenhuma e, em desespero, morrendo afogados em suas tolices, se agarram a qualquer palha.
      Que patéticos...

      Excluir
    7. ... como não podia deixar de ser, o mentecapto 233 não é capaz de entender o basico do que é dito... Ele não sabe que um Espirito pode "viver" em estado de "menino" com alma/indole excelente e... reencarnar em corpo sem "mazelas expiatorias"...

      e depois...

      ... como seria de esperar de um fanatizado cujo unico objetivo na vida é ser antiespirita compulsivo, tenta banir da Biblia tudo o que, muito antes de Kardec, já anunciava que o Espirito VIVIA antes e continua depois da carne...

      contudo...

      ... esta mesma Biblia que exala Espiritismo por todos os "poros" faz com que o mirabolante 233 se exaspere em tentar tapar freneticamente e sem qualquer escrupulo etico, o que ela aponta como verdade doutrinaria Espirta...

      Jeremias 1
      4.Foi-me dirigida nestes termos a palavra do Senhor:
      5.***Antes que no seio fosses formado, eu já te conhecia;*** antes de teu nascimento, eu já te havia consagrado, e te havia designado profeta das nações .

      I Corintios 15;50
      50. O que afirmo, irmãos, é que nem a carne nem o sangue podem participar do Reino de Deus; e que a corrupção não participará da incorruptibilidade.

      João,6
      63.O espírito é que vivifica, a carne de nada serve. As palavras que vos tenho dito são espírito e vida.

      ...)))... coitado do 233... esperneia... inventa... distorce... faz pateticas observações... mas não consegue evitar o inevitavel...

      ".Jesus replicou-lhe: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer de novo não poderá ver o Reino de Deus"

      Simples e objetivo!!!... ;)...

      Excluir
    8. Há mais de dez anos o galego, um analfabeto bíblico, coloca os mesmos trechos escolhidos por Rivail, e pretende fazer da Bíblia um livro reencarnacionista. Com essa tolice, ele só consegue fazer-se passar por idiota, porque a Bíblia fala em RESSURREIÇÃO, SALVAÇÂO por meio da fé, sem qualquer obra.
      Deus conhecia Isaías antes dele nascer, como conhece a TODOS antes que nasçam. Deus sabe tudo, passado, presente e futuro. O texto em Isaías significa que o profeta foi ESCOLHIDO de antemão, isto é, DESTINADO a ser profeta.
      O galego não enxerga isso porque nunca leu uma página da Bíblia. Tudo que ele leu foram versículos retirados do contexto por Rivail.

      Por falar em Isaías, vamos ver como o profeta detona Rivail:
      "Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças como um trapo de imundícia; todos nós murchamos como a folha, e as nossas iniquidades, como um vento, nos arrebatam." Isaías 64:6

      Nas palavras do profeta, fica bem claro que qualquer obra nossa é contaminada pela nossa condição de iníquos, nada podemos fazer que atinja o padrão que seria aceito por Deus. O "trapo de imundícia" é, no original, pano de menstruação. Fica, assim, negado que podemos "evoluir" mediante boas obras.
      A soluçaõ está no capítulo 53 do mesmo Isaías, onde descreve a obra de Jesus Cristo a favor de todos os homens. Os que nisso creem têm a redenção e a RESSURREIÇÃO no dia final, como o próprio Jesus prometeu.

      "Respondeu-lhes Jesus: Não murmureis entre vós. Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o trouxer (=o Espírito sopra onde quer, o Espírito é que vivifica); e eu o RESSUSCITAREI NO ÚLTIMO DIA." João 6:43-44.

      A carne para nada aproveita, obras e doutrinas humanas não salvam. Somente a obra do Espírito que convence o homem do pecado (sua condição inútil para alcançar a Deus) e o leva a crer em Jesus e colocar nele sua confiança.
      Essa é a doutrina bíblica, incompreensível a um rivailista. (ninguém pode vir a mim se o Pai não o trouxer)

      Excluir
    9. 233 (...)Fica, assim, negado que podemos "evoluir" mediante boas obras.


      VV... evidentemente que se o mentecapto 233 tivesse em consideração o Evangelho do Mestre, em vez de andar cavando (des)interpretações imbecis e indignas de um DEUS de perfeita equidade e justiça, saberia que Jesus fala de reencarnação sim, quando revela ao pessoal que o acompanha que João Batista era Elias que foi anunciado vir preparar Sua chegada e que, É NAS OBRAS SIM SENHOR QUE SE GANHA A SALVAÇÃO!!!... É, MAIS UMA VEZ, o Mestre quem o diz quando consultado diretamente sobre essa questão...

      Repare-se com olhos e mente despoluída de preconceitos e vontade de se entender a VERDADE e somente a VERDADE dos factos...

      Lucas,10
      25. Levantou-se um doutor da lei e, para pô-lo à prova, perguntou: Mestre, que devo fazer para possuir a vida eterna?

      26. Disse-lhe Jesus: Que está escrito na lei? Como é que lês?

      27. Respondeu ele: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu pensamento (Dt 6,5); e a teu próximo como a ti mesmo (Lv 19,18).

      28. Falou-lhe Jesus: Respondeste bem; faze isto e viverás.

      29. Mas ele, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: E quem é o meu próximo?

      30. Jesus então contou: Um homem descia de Jerusalém a Jericó, e caiu nas mãos de ladrões, que o despojaram; e depois de o terem maltratado com muitos ferimentos, retiraram-se, deixando-o meio morto.

      31. Por acaso desceu pelo mesmo caminho um sacerdote, viu-o e passou adiante.

      32. Igualmente um levita, chegando àquele lugar, viu-o e passou também adiante.

      33. Mas um samaritano que viajava, chegando àquele lugar, viu-o e moveu-se de compaixão.

      34. Aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando nelas azeite e vinho; colocou-o sobre a sua própria montaria e levou-o a uma hospedaria e tratou dele.

      35. No dia seguinte, tirou dois denários e deu-os ao hospedeiro, dizendo-lhe: Trata dele e, quanto gastares a mais, na volta to pagarei.

      36. Qual destes três parece ter sido o próximo daquele que caiu nas mãos dos ladrões?

      37. Respondeu o doutor: Aquele que usou de misericórdia para com ele. Então Jesus lhe disse

      :******* Vai, e faze tu o mesmo.*******portanto..


      Portanto... bem pode o mentecapto 233 agitar (des)interpretações quantas quiser que Jesus SEMPRE detonará com seus intentos antiCristãos... :)...


      Excluir
    10. 29. Mas ele, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: E quem é o meu próximo?

      O doutor da Lei a conhecia muito bem, a pergunta a Jesus foi para que recebesse como resposta que nada mais lhe era necessário. A resposta de Jesus mostrou que os judeus que se achavam justificados pela suposta observância à Lei estavam enganados, pois nem sequer a observavam. Jesus disse então: "Vai e faze o mesmo.", ou seja, não o fizeste até agora, será que o poderás? Em todo o Novo Testamento esse tema é exposto: ao homem é impossível a conquista da salvação por esforço próprio. A salvação é DOM de Deus mediante a fé em Jesus.
      'Pela graça sois salvos, MEIANTE A FÉ, e isso não vem de vós, é dom de Deus; NÃO DE OBRAS, para que ninguém se glorie." Efésios 2:8-9

      O galego é muito obtuso. O texto que ele colocou fala de SALVAÇÃO, não de evolução, porque NÃO EXISTE EVOLUÇÃO NO NOVO TESTAMENTO, o qual fala somente de SALVAÇÃO.
      Mas isso não entra na cabeça do teimoso rivailista-peruquista. Émais fácil ensinar um porco a cantar ou tocar violino que fazer o galego entender a própria língua.

      Excluir
    11. ... o mentecapto 233 julga que é esperto suficiente para desenrolar toscas explicações que colocam Jesus como um comunicador cínico, ao apontar caminhos que sabe não serem para ser seguidos pelo interlocutor que Lhe colocou uma questão muito importante, séria e fundamental para a crença na vida pós morte...
      Caramba... que mais cretinice antiCristã, se pode esperar desse obtuso 233, hein??...

      e depois...

      ... de tão acéfalo que é... NÃO CONSEGUE!! entender que Jesus ao escolher um individuo/Espirito de BOA!! formação moral, demonstrada claramente no amor ao próximo (personagem que até nem era afeto à Sua mensagem
      Doutrinaria)... ao exortar o doutor da lei a fazer o mesmo, era, flagrantemente, de EVOLUÇÃO ESPIIRITUAL que o próprio doutor teria de conseguir com seu esforço e vontade, que o Mestre estava falando/Doutrinando...

      Porem... ao sabermos que o caricato 233 tem dedicado sua vida fazendo antiEspiritismo alucinado... acaba por ser normal, dentro da
      anormalidade-doentia, sua conduta... :))...

      Excluir
    12. Números na Bíblia

      Quantas vezes aparece a palavra:

      Salvação: 149

      Reencarnação : ZERO

      Evolução espiritual: ZERO

      Alma imortal: ZERO

      O que a Bíblia afirma é que os mortos não sabem de coisa alguma e que não podem mais intervir no mundo dos vivos. Logo, a Bíblia afirma que o Rivailismo é uma grande mentira e que os pseudomédiuns são farsantes e as sessões espíritas são embustes.



      Excluir
    13. Coitado do 233... cada vez mais está sem ideias lucidas na argumentação!!...

      Agora acha que há algumas palavras que não estão na Biblia, ignorando (olha que espanto) que a ausência de determinados termos não significa, como tem sido mostrado/demonstrado de forma constante, ausência de Doutrina inerente ao significado dessas palavras... (algumas até nem existiam ainda)

      Veja-se o caso da LEI da reencarnação sobre a qual Jesus usou a expressão
      **NASCER DE NOVO** e que deu perfeitamente para Nicodemos entender que "teria de haver um RETORNO ao ventre da mãe e sermos paridos novamente"... (confirme-se na Biblia)

      Sobre "Evolução Espiritual"... Qualquer pessoa normal verifica com facilidade que o Evangelho do Mestre é um incentivo constante ao aperfeiçoamento do aspeto moral do individuo, já que somente assim terá a devida vivencia numa **BOA** eternidade...

      Os mortos não sabem de coisa nenhuma e não podem mais intervir??... Ora essa, como não??... A Biblia desmente tais assertivas registando exatamente a negação do que esse coitado 233 pretende... Basta consultar e verificar que Samuel, já sem corpo físico, teve contato com Saul e com ele travou conversa... e... ainda mais importante e DEMONSTRATIVO!!!... temos Moises e Elias, cujos corpos já eram pó há tempos idos, e que conviveram com Jesus travando dialogo com Ele perante testemunhos que registaram esse extraordinário acontecimento...

      e p'ra já é só!!... :))...


      Excluir
    14. Amigo leitor visitante, presumindo que você não seja tão burro e teimoso como o galego, aqui vão as explicações pela milésima vez desses versículos que ele repete há mais de dez anos.

      Jesus não disse nascer "de novo", mas nascer DO ALTO, de cima, isto é, dos céus, de Deus. A tradução de ánothen como "de novo" vem do equívoco de Jerônimo, na Vulgata, a Bíblia oficial da igreja católica. Várias outras passagens contêm a tradução correta, só nesse versículo é que as Bíblias mais antigas trazem "nascer de novo". Nos dicionários do grego do Novo Testamento, lê-se, normalmente, que "ánothen" pode significar "de novo" ou "do alto", porque as Bíblias trazem esse erro. Por que está errado? Porque "ano" significa de cima, para cima, em cima", e "then" indica origem, ponto de partida. Em frases grega, os vivos sõ chamados "os anô", (os que estão em cima da terra), e os mortos "os katá", os que estão em baixo da terra. Nos dicionários da língua grega, inclusive no dicionário do jesuíta português Isidro Pereira, não há a acepção "de novo", no dicionários ingleses e franceses tampouco.
      Esse versículo do terceiro capítulo de João concorda com os versículos 11 a 13 do primeiro capítulo, onde João diz que Jesus veio para o seu povo, mas que foi rejeitado, porém a todos que o receberam ele deu o poder de serem chamados filhos de Deus, os quais não receberam essa filiação por vontade humana, mas de Deus.
      Moisés e Elias não voltaram dos mortos, o que os discípulos tiveram foi uma visão reveladora de quem era realmente Jesus. Se houvesse a mínima verdade na doutrina de Rivail, Moisés e Elias já teriam reencarnado várias vezes, como voltariam como Moisés e Elias, e como seriam reconhecidos pelos discípulos, os quais nunca os tinham visto?

      Amigo, o galego pensa que a Bíblia é como o Rivailismo-Peruquismo, que ora diz uma coisa, ora diz outra, e apresenta a desculpa de que está em evolução. Rivail disse que os marcianos eram mais atrasados que os terráqueos, já o Chico Farsante Xavier disse que eles são mais adiantados.
      A NASA detonou os dois, porque não encontrou marciano nenhum.
      Que vexame, hein?

      Se a Bíblia diz que os mortos não voltam, que nada sabem, que nada mais têm a ver com o mundo dos vivos, claro está que Saul não falou com Samuel nenhum, que os discípulos não viram espírito nenhum, nem de Moisés, nem de Elias. O livro de Apocalipse fala de visões o tempo todo, e também o de Daniel. Visões, nada de real, nada de material.

      Toda sessão espírita é farsa, como foi a da farsante de Endor que enganou o tolo e desesperado Saul.
      O galego seria enganado por qualquer farsante que procurasse, porque é muito ingênuo e acredita nessas mentiras todas. Se uma enganadora dissesse a ele "estou vendo o espírito de sua avó, ela manda-lhe uma bênção", o pobre galego se poria a chorar de emoção e sairia dali convicto que tinha sido mesmo sua avó. É um otário.

      Excluir
    15. Vale lembrar que a igreja católica já editou a NEO VULGATA, com as correções necessárias, e esse versículo do evangelho de João já traz nascer do alto, em vez do equivocado "nascer de novo".

      Além disso, "de novo" significa "mais uma vez", e, portanto, ainda assim estaria contradizendo a teoria das múltiplas encarnações.

      É fácil perceber o quanto a doutrina rivailista é falsa, basta um pouco de discernimento e não aceitar ingenuamente livros mentirosos, como os mais de quatrocentos do farsante Chico Xaveco.

      Excluir
    16. sensato leitor... o mentecapto 233 tem passado toda sua vida tentando desvirtuar e inventar (des)interpretações no relato bíblico que, de tão claras e explicitas, não deixa qualquer duvida de como DEVEM ser entendidos os
      casos em pauta...

      Veja-se com olhos de ver bem...

      1º caso que o triste 233 quer, estupidamente, transformar em erro de comunicação de Jesus que levaria Nicodemos a mal entender...

      3. Jesus replicou-lhe: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer de novo não poderá ver o Reino de Deus.

      4. ***Nicodemos perguntou-lhe: Como pode um homem renascer, sendo velho? Porventura pode tornar a entrar no seio de sua mãe e nascer pela segunda vez?***

      2º caso que o contorcionista (des)interpretador 233 quer, de forma idiota, transformar em miragem engana-tolos...

      E eis que apareceram Moisés e Elias conversando com ele. (São Mateus 17, 3)
      Apareceram-lhes Elias e Moisés, e falavam com Jesus. (São Marcos 9, 4)
      Pedro tomou a palavra: Mestre, é bom para nós estarmos aqui; faremos três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias. (São Marcos 9, 5)

      portanto... os relatos são bem elucidativos quanto à REALIDADE do acontecimento que refere exatamente que eram Moises e Elias QUEM conversou com Jesus... Nada de 2ªs (des)=-nterpretações se podem honestamente extrair de tais relatos...

      3ºcaso que o patético 233 quer transformar num erro biblico monumental já que no Livro dito Sagrado diz claramente e sem qualquer duvida que QUEM falou com Saul foi REALMENTE Samuel e não qualquer farsante fazendo-se passar por ele...

      15.***Samuel disse ao rei: ***Por que me incomodaste, fazendo-me subir aqui?

      16. ***Samuel disse-lhe: Por que me consultas,*** uma vez que o Senhor se retirou de ti, tornando-se teu adversário


      Portanto leitor lucido... jamais serão os embusteiros (des)interpretadores do tipo 233 que alguma conseguirão encobrir que a D. Espirita está bem dentro da Biblia e que assim vai continuar para sempre!!!... :)...

      Excluir
    17. Daqui a dez anos, se ainda estiver por aqui, o lusitano vai postar os mesmos versículos escolhidos e mal interpretados por Rivail, pois não conhece mais nada. E não adiantará eu explicá-los, porque a mente do pobre homem está cauterizada, ele só enxerga a mentirosa doutrina rivailista a sua frente, ainda que leia um soneto de camões.
      Acaso ele disse o que acha de Rivail ter dito uma coisa, "revelada pelos espíritos", e o Chico Xaveco ter recebido "revelação" contrária? Afinal, os marcianos (que a ciência não encontrou) são mais adiantados, ou mais atrasados que nós?
      Por que ele acha que o rivailismo está contido no livro "dito" sagrado em alguns versículos mal interpretados, se nos milhares de versículos restantes o rivailismo é completa de insofismavelmente detonado?

      "Muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, outros para vergonha e horror eterno." Daniel 12:2

      Isso é o que a Bíblia afirma, não há morto nenhum vagando por aí, nem reencarnando, nem evoluindo. Quem morreu, morreu, virou pó. Não existe espírito nenhum. No fim dos tempos ressuscitarão, uns para a vida eterna, os outros para a morte eterna (definitiva). Apocalipse 20: 11-15

      Excluir
    18. O dilema do lusitano é o seguinte: se aceitar a Bíblia, terá de admitir que não existe reencarnação e evolução. Se rejeitá-la, o que seria mais acertado, estaria rejeitando o Rivailismo, porque Rivail usou a Bíblia para fundamentar suas teorias, distorcendo o que ela diz.
      A saída dele é ficar repetindo meia dúzia de versículos com interpretações ilógicas.

      Excluir
    19. O que aconteceu com a filha de Jairo e Lázaro que foram ressuscitados? Eles não estão "vagando por aí"? Morreram pela "segunda vez" contrariando as palavras de Paulo em Hebreus :"Ao homem é dado morrer apenas uma vez"?

      Excluir
    20. ... esse pobre coitado 233... qual "pato marreco", vai passar sua vida toda tentando engendrar (des)interpretações na vã tentativa de derrubar o elegante "cisne" Kardec", que veio, através do apoio fundamental dos Espíritos Superiores, mostrar à humanidade as VERDADES BIBLICAS que os homens
      têm deturpado e (des)interpretado por motivo de natural ignorância, mas também e não raro, segundo seus interesses escusos de seita, grupo, ideologia e/ou material$$$$...

      Claro que nessa variedade de ideias e interesses, haverá SEMPRE!! estes autênticos deficitários de conteúdo moral da estirpe 233, que não enxergam o quanto são insignificantes em suas patéticas intenções de criar cortinas (des)interpretativas para travar o avanço do Espiritismo... Doutrina que é IMPOSSIVEL de barrar já que está Superiormente bem apoiada e inequivocamente fundamentada na/e pela Biblia...

      Este pobre coitado vai desencarnar um dia!!... E mesmo depois de se reconhecer "fora da matéria densa" que é seu corpo fisico... vai continuar a bradar: "ESTOU NA CARNE... ESTOU NA CARNE esperando pelo dia de são nunca para o juízo final e ser salvo" ... :)))... É um coitado mesmo, este patético 233...

      Bem mas antes de finalizar... e como gosto de mostrar o quanto este coitado 233 é um ridículo (des)interpretador que recorre às mais estupidas ideias para tentar tapar o Espiritismo presente na Bíblia (umas vezes mais claramente outras de forma menos aberta, digamos assim)... aí vai mais um texto que coloca o Espiritismo dentro do conceito doutrinário bíblico... Basta se entender com mente sadia e sem os nós que gente do tipo-estragado233 quer impor aos incautos...

      Mediunidade na Bíblia
      Eis que eu envio vocês como ovelhas no meio de lobos. Portanto, sejam prudentes como as serpentes e simples como as pombas. Tenham cuidado com os homens, porque eles entregarão vocês aos tribunais e açoitarão vocês nas sinagogas deles. Vocês vão ser levados diante de governadores e reis, por minha causa, a fim de serem testemunhas para eles e para as nações. Quando entregarem vocês, não fiquem preocupados como ou com aquilo que vocês vão falar, porque, nessa hora, será sugerido a vocês o que vocês devem dizer. ***COM EFEITO, NÃO SERÃO VOCÊS QUEM IRÃO FALAR, E SIM O ESPÍRITO DO PAI DE VOCÊS É QUEM FALARÁ ATRAVÉS DE VOCÊS. ***Mateus10,16-20).

      :)))... lá vem mais (des)interpretação patética à la 233... É certo e sabido... :)...


      Excluir
    21. Vocês que ao ler essas interpretações do lusitano ficam a imaginar que ele sofre das faculdades mentais, fiquem sabendo que isso é normal. O homem tem dificuldade de entender a língua portuguesa, embora ele seja lusitano. É efeito das milhares e milhares de horas, anos a fio, lendo e relendo os mesmos livros de Rivail e do farsante que usava peruca.
      Fato semelhante acontece aos muçulmanos, são fanatizados pela única doutrina a que têm acesso desde o nascimento.
      Os católicos acreditam mesmo que Deus tem mãe, que uma criatura foi entronizada como rainha dos céus e manda até hoje no filho, que existe alma imortal, que os mortos católicos vão para o céu depois de um estágio no Purgatório etc.
      Os protestantes leem todo dia a Bíblia e não enxergam que não existe alma imortal nem inferno.
      Não é questão de loucura, mas de QI.

      Eu já chamei atenção para o fato de que os profetas NUNCA traziam mensagens de mortos, mas de Deus, de quem eram porta-vozes. O galego copia "o Espírito do PAI de vocês é quem falará através de vocês" e não enxerga isso.
      Você também é tão obtuso como o galego, caro leitor?

      Excluir
    22. caramba..., esse patético 233 está convencido que é o próprio DEUS que fala diretamente através dos homens... Fazendo alarde do mentecapto que é, ainda é daqueles figuras que julgam DEUS como sendo um velhote de barbas brancas, sentado num trono bordoado a ouro vigiando a humanidade um à um e tudo que a envolve, de semblante carregado e inquisidor... e faz isto com sua múltipla capacidade de visão, evidentemente...

      E, de vez em quando, escolhe um homem para falar através dele... :))...

      nooooooosssa... como está retardado em sua evolução intelecto-moral... esse acéfalo 233... Que retardadão mesmo... mesmo!!... :)...

      Excluir
    23. só para dar oportunidade o acéfalo 233 para rodopiar mais alguma (des)interpretação... veja-se que a Biblia diz que são os Anjos (Espiritos já em elevadíssimo estado de pureza) quem faz a ligação de DEUS com os homens...

      Hebreus-1,
      14. Não são todos os anjos espíritos ao serviço de Deus, que lhes confia missões para o bem daqueles que devem herdar a salvação?

      :)))...

      Excluir
    24. para o Adilson,

      a uma resposta sua ao sr.Vaivolta em que vc falou que caso "Moisés e Elias estivessem vivos espiritualmente,eles não teriam mais os formatos de Moisés e Elias pois teriam reencarnado várias vezes".
      Essas histórias bíblicas são esquisitas,mas suponho que se alguém está em "outra dimensão" vivendo lucidamente e podendo acessar suas lembranças antigas, pode escolher a aparência da vida que mais lhe agradou.
      Vou contar uma historinha.

      Eu, Nihil, bati as botas.
      Vcs foram ao enterro,viram eu ser baixada à sepultura ao som de uma balada de Eletric Light Orchestra.(quero que meu velório seja embalado pelas canções dessa banda)
      Tempos depois um médium evoca a Safo de Lesbos numa sessão espírita.
      Pode muito bem ser eu "fantasiada",ora essa.(kkkk...)
      Em "estado de elevação" eu vou lembrar como se toca harpa, do grego eólico que supostamente eu já falei,etc,etc.
      Todavia, como "defunta",preferirei ser quem eu sou hoje em dia,na maior parte do tempo.
      E serei a musa grega em dias de festa.

      Outrossim,talvez Moisés e Elias(em suposições minhas) continuavam parecendo Moisés e Elias porque ainda não haviam voltado ao mundo.
      Naquele tempo as reencarnações eram demoradas.
      Essa condição transformou-se com o aumento da população.
      Atualmente,pelas minhas contas, o tempo entre uma reencarnação e outra é de sessenta anos mais ou menos.
      Esse período tenderá a diminuir mais.
      Isso vc não vai encontrar em nenhuma revista espírita.
      Sou uma pesquisadora amadora do tema(como vc sabe),e entre muitas especulações "maionésicas" que já fiz,se encontram divagações sobre personalidades que morreram no começo do século vinte e retornaram nos anos setenta do mesmo século,com as mesmas fisionomias,e as mesmas idéias.
      Conheço alguns casos bem particulares que atendem critérios que eu decidi que devem ser seguidos para confirmações.
      Contudo,tais histórias doravante farão parte apenas dos meus arquivos pessoais.

      Excluir
    25. Nihil(...)Essas histórias bíblicas são esquisitas,mas suponho que se alguém está em "outra dimensão" vivendo lucidamente e podendo acessar suas lembranças antigas, pode escolher a aparência da vida que mais lhe agradou.
      ---
      Você está certíssima Nihil... na realidade um Espirito que tenha atravessado varias reencarnações, ele recorda todas e PODE!!!, se assim o quiser e tiver "estatuto/liberdade" para isso, se manifestar naquela que achar conveniente ao momento da "materialização"... :)...

      Confirmar no 'O Livro Dos Médiuns/Allan Kardec
      http://www.espirito.org.br/portal/codificacao/lm/index.html

      Excluir
  9. Resposta à dra. Selma:
    A filha de Jairo, o filho da viúva de Naim, e Lázaro foram casos excepcionais. Eles ressuscitaram mas morreram depois normalmente.
    "Aos homens está ordenado morrer uma só vez vindo após isso o juízo" é a lei GERAL, e o escritor da carta aos hebreus, com toda certeza, aproveitou o ensejo para negar segunda chance numa segunda vida. É a negação clara e insofismável da reencarnação. Para quem acredita na inspiração divina das Escrituras, o autor (Deus) inspirou essa passagem porque séculos depois haveria o ensino da reencarnação. A Bíblia tem passagens que só têm sentido em épocas e lugares distantes. Talvez os leitores, judeus convertidos, julgassem essa afirmação supérflua, porque só acreditavam numa vida, mas nos tempos atuais ela é bem proveitosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e pronto... não custa nada ao deus do mentecapto 233, afinal, contrariar sua próprias LEIS imutáveis... abrem-se umas excepçõezitas e pronto... o que era já não é... mas é... :))...

      Não há duvida... este autentico inquisidor anti-Espirita, não tem absolutamente nenhuma noção do ridículo ao aventurar-se em (des)interpretações carregadas de idiotices atrás de idiotices...

      É caso para tratamento psiquiátrico urgente, sem duvida alguma!!...

      Excluir
  10. Eu estava aguardando o lusitano explicar por que Rivail disse que os marcianos eram mais atrasados que os terráqueos, o Chico Xaveco disse que não, que eles são mais adiantados que nós, mas a CIÊNCIA provou que não existe marciano nenhum.
    Também pensei que ele traria um versículo qualquer da Bíblia onde um profeta trouxe uma mensagem de algum morto.
    Quantos anos terei de esperar? Dez, vinte, trinta?

    Pergunta do dia: Qual o versículo do livro de romanos que detona sem piedade, ao mesmo tempo, o Rivailismo e o Catolicismo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e é próprio do contorcionista 233... leva com Biblia na cabeça onde é mostrado à evidencia o conteúdo Espirita, e como não vê saída para contestar de forma idónea e sustentável, muda rapidamente de agulha para que não se note sua fuga às questões que não deixam qualquer duvida para quem tem o raciocino sério e certo!!...

      só nesta semana... confira-se as vezes que ele deixou questões para trás e salta de temas à todo momento... :)...

      mas já gora e fazendo o seu jogo... que tal questionar-se o crente 233, que jura a pés juntos que o sacrifício sanguinolento de Jesus foi para lavar/limpar/redimir/expurgar... os pecados do mundo, onde o resultado pratico dessa dramática exigência do perdoador, hein??... HEIIIIIIIN?????....

      Excluir
  11. Olá a todos.
    Adilson, eu levei parte do teu ensino sobre a morte, que não existe consciência após a morte, para meu pai que é evangelista, analisar. Ele citou a visão do terceiro céu de paulo e também citou a passagem de Abraão e Lázaro, como refutando a sua teoria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Daniel, é claro que ele pensa assim, porque APRENDEU como doutrina, a qual se baseia na "alma imortal" dos católicos.
      A visão de Paulo foi uma revelação dada a ele como outra qualquer e nada tem a ver com consciência após a morte.
      A parábola de Lucas 16 é uma PARÁBOLA, não é doutrina, é um ensinamento que pode apresentar fatos reais ou não, com um objetivo. Pergunte ao seu pai se ele acha que há uma inversão tipo a que Abraão apresentou ao rico, ou seja, Abraão disse que o rico fora feliz e Lázaro infeliz em vida e que isso se invertera, como se essa fosse a regra. Aposto que ele nunca pensou nisso. Se ele acha que deve seguir o que disse a parábola, tem de seguir isso também.
      Outra coisa: ele não pode interpretar versículos dando hierarquia aos que precisam ser interpretados, se há outros que fazem afirmações claras.
      Exemplo: "os mortos não sabem de coisa nenhuma", ora, esse versículo obriga a interpretar todos os que supostamente indicam vida consciente após a morte como simbólicos.
      Outro muitíssimo importante é Livro de Salmos 146:3,4:
      " Não confieis em príncipes, nem nos filhos dos homens, em quem não há salvação. Sai-lhes o espírito (rúakh, respiração, alento, fôlego), e eles voltam ao pó. Nesse mesmo dia, perecem TODOS os seus desígnios."
      Se todos os desígnios perecem com a morte, então não há vida de espírito sem corpo coisa nenhuma.

      Diga a ele que ele está ensinando doutrina satânica, porque Deus disse que Adão e Eva morreriam, se comesse do fruto da árvore do conhecimento do Bem e do Mal. Quem disse que isso era mentira foi Satanás.
      Se o seu pai acha que há vida consciente sem o corpo, então não existe morte, portanto, ele segue o ensino dado por Satanás.

      Excluir
    2. HEHEHEH... manipulando a Biblia a seu belo-prazer, o mirabolante (des)interpretador 233, come evangelistas ao pequeno almoço... Primeiro os preparara psicologicamente
      dizendo que eles estão influenciados por doutrinas "satanicas católicas" e... a partir daí, facilmente domina a situação pois que é o ponto fraco de qualquer evangélico saber ter algo de comum com aquela corrente religiosa... :)))..,

      e, já agora uma simples pergunta... afinal porque/para qûe nascem crianças que morrerão prematuramente???... Isto, é que "voltarão ao nada" passados uns poucos tempos de sua criação, hein???... Heiiiiin???...

      Excluir
    3. Adilson, muitíssimo obrigado por suas excelentíssimas palavras. Eu acabo de ler com meu pai o teu ensino. Ele perguntou onde voce baseia a sua fé e se voce realmente aceitou Jesus como seu único salvador, e se possível, para voce responder também qual é a sua igreja. Obrigado.

      Meu pai chama-te para entender o sentido da morte.

      E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá.
      (João 11:26)
      E não quereis vir a mim para terdes vida.
      (João 5:40)
      E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste. (João 17:3)

      Meu pai cita isto agora anulando o que voce disse sobre a morte de Adao e Eva, porque ele diz que eles morreram espiritualmente.

      Excluir
  12. Perguntas a algum seguidor de Rivail e de Chico Xavier:

    1) Que acha do fato de Chico Xavier discordar de Rivail sobre o estágio evolutivo dos marcianos? Rivail disse que eles eram mais atrasados que nós, mas Chico disse que eles são mais adiantados. Afinal, com quem você fica: Com Rivail, ou com Chico?

    2) Os americanos colocaram sondas em Marte e não encontraram vida nenhuma, nem mares, nem florestas, nem cidades. Com quem você fica? Com os supostos espíritos que descreveram Marte, ou com a ciência?

    3) Chico descreveu Vênus com um clima tão ameno que permite aos venusinos vida bem longa. Sondas soviéticas e americanas constataram uma atmosfera com ácido sulfúrico e uma temperatura do planeta de 460ºC. Você acha que os americanos e os russos estão equivocados, ou que Chico errou feio?

    4) Eu venho afirmando há muito tempo que o Lar Frei Luís é um antro de enganadores, que Carlos Verezza, um dos diretores é um psicopata, que lá não se materializa espírito de médico nazista nenhum, mas que é um pederasta e farsante bem vivo, fantasiado para enganar otários. Por que ninguém me processa por calúnia?

    Vamos lá, dê sua opinião. Tem medo de quê?

    ResponderExcluir
  13. Três heróis que tinham realizado o maior feito da história da humanidade, a viagem à lua, foram a uma entrevista. Como se imagina que eles estariam? Tristes, cabisbaixos, como se tivessem sido apanhados em algum ato vergonhoso?
    Não, claro que não! Isso não seria possível, eles deveriam estar radiantes e orgulhosos, sorridentes, olhos brilhantes, encarando as câmeras, claro, com certeza!

    Então deem uma olhada e digam se essas pareciam as caras de heróis orgulhosos de seus feitos:

    https://encrypted-tbn1.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcSO6dqz7tS8sFMnxoopmxSCreq0JaaVzY8bthrLDUacQ0EpxNc0

    ResponderExcluir
  14. Pergunta ainda não respondida:

    Qual o versículo da epístola aos romanos que detona impiedosamente o Catolicismo e o Rivailismo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :)))... já por milhentas vezes o caricato 233 tenta usar à Biblia contra o Espiritismo... e SEMPRE!!! fracassa em seus intentos... Note-se, no histórico de intervenções neste blogue, que quando o "malabarista (des)interpretador 233" julga que consegue tirar o Espiritismo da REALIDADE DIVINA... Jesus, através do Evangelho, NUNCA deixa!!... :)...

      Excluir
    2. A Bíblia não ensina que após a morte existe uma entidade autoconsciente que sofrerá penas por suas más ações durante a vida. A Bíblia diz que a pena do pecado é a morte. Só isso. Nada de Umbral, Purgatório ou Inferno.

      A alma que pecar, essa morrerá.( Ezequiel 18:20) (Alma = pessoa)

      O salário do pecado é a morte. (Romanos 6:23)

      Agora o versículo chave que arremata esses dois e detona o Catolicismo e o Rivailismo:

      7ὁ γὰρ ἀποθανὼν δεδικαίωται ἀπὸ τῆς ἁμαρτίας.

      7 for he that has died has been acquitted of sin.

      7 Qui enim mortuus est, iustificatus est a peccato.

      Aquele que morreu está justificado do pecado ( Romanos 6:7)

      Está aí, claro como água, em grego , inglês, latim e português. As dívidas são pagas com a morte. Nada de sofrimento da alma após a morte, porque alma não existe.

      Está na Bíblia, não inventei nada.

      Excluir
    3. 233 - A Bíblia não ensina que após a morte existe uma entidade autoconsciente que sofrerá penas por suas más ações durante a vida. A Bíblia diz que a pena do pecado é a morte. Só isso. Nada de Umbral, Purgatório ou Inferno.
      ---
      Jesus, como SEMPRE!!!... estoira de forma determinada/determinante com os intentos do "malabarista (des)interpretador 233", através de Sua extraordinária
      capacidade de Doutrinar com parábolas que mais facilmente levam à interpretação das REALIDADES!!! que devem ser entendidas e aceites pela humanidade...

      vejamos... como Jesus não só revela que após o desencarne, a Consciencia/Espirito/Alma... continua(m) bem VIVA(s) como também há ligação direta entre o tipo/forma/modelo... de vida/conduta que cada um tem nesta passagem "por cá", para receber boa ou má condição de continuidade "por lá"... :)...

      Lucas,16
      (...) 22. Ora, aconteceu morrer o mendigo e ser levado pelos anjos ao seio de Abraão. Morreu também o rico e foi sepultado.

      23. E estando ele nos tormentos do inferno, levantou os olhos e viu, ao longe, Abraão e Lázaro no seu seio.

      24. Gritou, então: - Pai Abraão, compadece-te de mim e manda Lázaro que molhe em água a ponta de seu dedo, a fim de me refrescar a língua, pois sou cruelmente atormentado nestas chamas.

      25. Abraão, porém, replicou: - Filho, lembra-te de que recebeste teus bens em vida, mas Lázaro, males; por isso ele agora aqui é consolado, mas tu estás em tormento.

      26. Além de tudo, há entre nós e vós um grande abismo, de maneira que, os que querem passar daqui para vós, não o podem, nem os de lá passar para cá.

      27. O rico disse: - Rogo-te então, pai, que mandes Lázaro à casa de meu pai, pois tenho cinco irmãos,

      28. para lhes testemunhar, que não aconteça virem também eles parar neste lugar de tormentos.

      29. Abraão respondeu: - Eles lá têm Moisés e os profetas; ouçam-nos!
      ---
      Portanto... a "imagem" está montada com tanta nitidez e perfeição, que nem é necessário mais qualquer "jeito" para se entender... Bastam olhos e mente LIVRES de qualquer obstáculo marginal que não deixe ver/analisar de forma correta o que está sendo dito...

      Posto isto... certo e sabido é que o "contorcionista (des)interpretador233", vai, pela milionésima vez, tentar que aquilo que REALMENTE É!!! não seja... :))...

      Excluir
  15. Outra foto impossível:

    Se não há atmosfera na Lua, como pode haver halo ?

    http://www.afraudedoseculo.com.br/images/modulolunar5.jpg

    Outra coisa: Sinceramente, você acha que essa geringonça que chamaram de módulo lunar voava mesmo? Não parece um monte de ferro velho nos fundos de algum quintal? E o carrinho, o lunar rover, como coube aí, mais os astronautas, mais a bandeira mágica, mais as aparelhagens de transmissão, mais o combustível...

    A explicação da NASA quando questionaram a tal pegada em alto relevo só com meio pé, é que aquilo foi uma bota de algum dos astronautas jogada fora...hahahahaha!

    Os defensores ardorosos da veracidade da ida à lua, sobre a foto do sol com halo e que não queimou o filme, confessaram que foi uma montagem e deram até o nome do embusteiro.
    Hahahahahaha!
    Cadê o católico que defendia a viagem à Lua?

    ResponderExcluir

  16. Eis alguns versículos da 1ª epístola do apóstolo João, um dos doze escolhidos por Jesus. Não é uma mensagem de algum imaginário espírito de um morto fictício, um cônsul romano que nunca existiu, através dum médium farsante.
    João testifica sobre Jesus, com quem andou três anos. O apóstolo afirma sua fé e a fundamenta no testemunho que o próprio Deus deu acerca de Jesus, mediante obras que nenhum ser humano poderia fazer: curar cegos de nascença, limpar leprosos instantaneamente, ressuscitar mortos, multiplicar pães e peixes.

    João fala da pena do pecado, e diz que há pecado para morte, isto é, imperdoável. Que pecado é esse, para o qual não existe solução?
    Deus nos deu a vida eterna, ou seja, ninguém tem alma imortal, a morte espera por todos, mas a vida está no Filho de Deus, quem tem fé no Filho tem a vida. Fora de Jesus não há vida, mas somente uma curta existência.
    Quem rejeita a Jesus rejeita a vida, e peca para morte.

    Leiamos parte do 5º capítulo da maravilhosa epístola joanina:


    9 Se recebemos o testemunho dos homens, o testemunho de Deus é maior; porque o testemunho de Deus é este, que de seu Filho testificou.

    10 Quem crê no Filho de Deus, em si mesmo tem o testemunho; quem a Deus não crê mentiroso o fez, porquanto não creu no testemunho que Deus de seu Filho deu.

    11 E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho.

    12 Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida.

    13 Estas coisas vos escrevi a vós, os que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna, e para que creiais no nome do Filho de Deus.


    16 Se alguém vir pecar seu irmão, pecado que não é para morte, orará, e Deus dará a vida àqueles que não pecarem para morte. Há pecado para morte, e por esse não digo que ore.

    17 Toda a iniquidade é pecado, e há pecado que não é para morte.



    19 Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno.

    20 E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para que conheçamos ao Verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.

    21 Filhinhos, guardai-vos dos ídolos. Amém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. estes textos escolhidos pelo "coitado233" apenas procuram ter impacto naqueles "religiosos" mais susceptiveis à um "deus" tenebroso e terrifico que, criando a humanidade em vários pontos geográficos e culturas diversas... apenas enviaria "seu filho" para "salvar" uma pequena fação de sua criação...

      assim... os antes e os depois que jamais foram influenciados por Jesus (por motivos diversos e incontornáveis) estariam condenados por essa discricionária e disfuncional ordem criativa... (isto, é claro, SE ASSIM FOSSE)... Portanto...

      ...uma certeza!!..Não foi este PAI CRIADOR, Justo, Equitativo, Amoroso... INFINITAMENTE PERFEITO... que Jesus anunciou à humanidade... JAMAIS!!!...

      e já que o (im)p(os)astor 233 gosta tanto de doutrinar através de falsidades
      (des)interpretativas... aí vão dois versículos sobre esta gente que vêm bem a propósito...

      Mateus, 23
      15. Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Percorreis mares e terras para fazer um prosélito e, quando o conseguis, fazeis dele um filho do inferno duas vezes pior que vós mesmos.

      Isaías 56
      11 " E estes cães são gulosos, nunca se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem; todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, todos sem exceção

      Por agora é só...

      Excluir
    3. A eterna pretensão de querer que Deus aja desta ou daquela maneira. Deus faz o que bem quer e ninguém pode julgar se está certo ou errado.

      Isaías cap. 45:
      Eu sou o Senhor, e não há outro; fora de mim não há Deus; eu te cingirei, ainda que tu não me conheças;
      Para que se saiba desde o nascente do sol, e desde o poente, que fora de mim não há outro; eu sou o Senhor, e não há outro.
      Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu, o Senhor, faço todas estas coisas.
      Destilai, ó céus, dessas alturas, e as nuvens chovam justiça; abra-se a terra, e produza a salvação, e ao mesmo tempo frutifique a justiça; eu, o Senhor, as criei.
      Ai daquele que contende com o seu Criador! o caco entre outros cacos de barro! Porventura dirá o barro ao que o formou: Que fazes? ou a tua obra: Não tens mãos?
      Ai daquele que diz ao pai: Que é o que geras? E à mulher: Que dás tu à luz?
      Assim diz o Senhor, o Santo de Israel, aquele que o formou: Perguntai-me as coisas futuras; demandai-me acerca de meus filhos, e acerca da obra das minhas mãos.
      Eu fiz a terra, e criei nela o homem; eu o fiz; as minhas mãos estenderam os céus, e a todos os seus exércitos dei as minhas ordens.

      Isaías 45:5-12


      "Dirigiram-se, pois, a ele, perguntando: Que faremos para realizar as obras de Deus?
      Respondeu-lhes Jesus: A obra de Deus é esta: que creiais naquele que por ele foi enviado." João 6:28-29
      "Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia." João 6:44

      'Em verdade, em verdade vos digo: quem crê em mim tem a vida eterna." João 6:47

      "Porque Cristo, quando nós ainda éramos fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios. Dificilmente, alguém morreria por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém se anime a morrer.
      Mas Deus prova seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores.
      Logo, muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira.
      Porque, se nós, quando inimigos, fomos reconciliados com Deus mediante a morte de seu Filho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela sua vida. Romanos 5:6-10

      Claro que os livros de Rivail e seus imaginários espíritos dizem coisa bem diversa.

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. »» 233 - Claro que os livros de Rivail e seus imaginários espíritos dizem coisa bem diversa.
      ---
      VV - Na verdade... os Espiritios Superiores assistiram realmente Kardec para que, com trabalho árduo, persistente, lucido... fosse colocado no DEVIDO LUGAR o Evangelho do Mestre...

      Evangelho que aponta nitidamente para um PAI EQUITATIVO... INFINITAMENTE AMOROSO... PARA QUEM NINGUEM!!! SE PERDERÁ...

      e... que nos incita a tentamos conhecer O Criador, sem receios ou limitações de qualquer espécie...

      Criador, do qual podemos desde logo, TER UMA CERTEZA... Nele NÃO HÁ o mínimo dos mínimos dos mínimos de algum resquício de vontade para que não façamos SEU DESEJO!!! que é o de caminharmos para a angelitude... custe o que custar... leve o tempo que levar...

      Simples assim...

      Confira por você mesmo com boa abertura intelecto-moral...

      http://www.espirito.org.br/portal/codificacao/es/index.html

      Excluir
  17. Em resposta ao Daniel:

    Escreveu Daniel:

    Meu pai chama-te para entender o sentido da morte.

    E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá.
    (João 11:26)
    E não quereis vir a mim para terdes vida.
    (João 5:40)
    E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste. (João 17:3)

    Meu pai cita isto agora anulando o que voce disse sobre a morte de Adao e Eva, porque ele diz que eles morreram espiritualmente.


    Daniel, seu pai aprendeu muito bem como se lê uma coisa e se entende outra. Ele pensa que crê na Bíblia, mas ele crê nas doutrinas das igrejas. Usa a palavra "morte", mas aceita que temos alma e que ela continua a existir consciente. Não existe isso na Bíblia, porque, se fosse assim, para que ressurreição?
    Morte é morte, é cessação da existência.
    Adão e Eva são representantes da raça humana, e a palavra de condenação foi bem clara: "Certamente morrereis". "Tu és pó, e ao pó tornarás." Deus acaso é algum idiota para dizer que alguém vai morrer e voltar ao pó, se isso quisesse dizer "morrer espiritualmente"?

    "Sai-lhes o espírito (isto é, deixam de respirar) e voltam ao pó. Messe mesmo dia perecem TODOS os seus desígnios."

    Que é que seu pai entende dessa afirmação? Está errada porque as igrejas ensinam diferente? Em que ele crê? Na doutrina que aprendeu na igreja, ou na Bíblia?
    Que é que ele acha de "os mortos não sabem de coisa nenhuma"?

    Outra coisa, Daniel, tenho certeza de que ele acha que " edificarei minha igreja e as portas do Inferno não prevalecerão contra ela" significa que os demônios não podem derrotar a igreja.
    A tradução está mal feita, Daniel. "Portas do Inferno" , no original, é "portas do Hades". A palavra Hades é o correspondente grego para o hebraico SHEOL, o reino dos mortos, a sepultura.
    Jesus quis dizer é que a sepultura não prevalecerá contra a sua igreja, porque ele trará da morte os que nele creram.

    Não acho necessário dizer que Jesus é o "único" Salvador, porque só ele salva. Ele é O salvador.
    Não pertenço a nenhuma denominação, porque elas creem em duas grandes mentiras antibíblicas, a saber, vida após a morte (alma consciente) e Inferno.

    "Aquele que vive e crê em mim nunca morrerá" é tradução mal feita. Veja o que dizem os versículos 25 e 26 de João 11:
    "Disse-lhes Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, AINDA QUE MORRA, viverá; e todo aquele que vive e crê em mim NÂO MORRERÁ, ETERNAMENTE."
    Essas afirmações de Jesus são a mesma coisa que aquela outra: "As portas do Além não prevalecerão contra a minha igreja."

    Ele não disse "nunca morrerá" , mas que aquele que morrer não vai permanecer na morte, porque ele o ressuscitará no último dia.
    Daniel, tudo isso é de difícil entendimento para que passou a vida aprendendo errado. Seu pai lê tudo que eu leio, mas entende segundo o que lhe ensinaram e que ele nunca questionou.

    Tire essa cópia e mostre a ele, mas eu acho que ele continuará crendo que morte não é morte e que temos alma imortal, embora a Bíblia diga o contrário (1 Tm6:16).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Jesus deu então um grande brado e disse: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito. E, dizendo isso, expirou. (São Lucas 23, 46)"

      Só mesmo com marretada e forçado malabarismo intelectual é que se pode (des)entender que Jesus não estaria Se entregando ESPIITUALMENTE ao PAI, ma sim entregando sua respiração... como pretende o caricato 233...

      Caramba... para o contorcionista 233... Jesus usava sempre a pior maneira de comunicar e ser entendido... (aquela de dizer ao" bom- ladrão" que estaria no paraíso com Ele naquele mesmo dia, mas com isto queria dizer que "seria num dia qualquer da ressurreição", não lembrava nem ao diabo, mas lembrou ao 233... que colocou a ladrão a dormir e, com esta manobra, o tempo para o ladrão seria sempre aquele dia)... :)))...




      Excluir
    2. Não existe na Bíblia "entidade" incorpórea autoconsciente, a palavra "espírito" não tem esse sentido. Jesus não "entregou " seu espírito, mas sua VIDA.
      Esse português é muito burro. Ora vem com a conversa de que Jesus foi ao Hades pregar para os espíritos desobedientes do tempo de Noé, ora diz que ele ficou se manifestando materializado, ora que entregou ao Pai o espírito. Afinal, que é que ele pensa?
      Esse pateta não sabe como vai sustentar a insustentável doutrina de Rivail.

      O Novo Testamento afirma que Jesus MORREU na cruz. Se simplesmente desencarnou, então não morreu de fato. Se não morreu de fato, não salvou a ninguém. Então, o NT é uma mentira. Se o NT é uma mentira, o Rivailismo, que procura sustentação nele, também é uma mentira.
      Simples assim. Mas o lusitano, por ser muito burro, não enxerga isso.

      Excluir
    3. agora não dá... depois tratarei desse mentecapto 233, que não é capaz de entender que, REALMENTE, Jesus NÃO MORREU naquela crucificação e JAMAIS VAI MORRER!!!...

      Até depois...

      Excluir
    4. Você tem razão numa afirmação,sr.Vaivolta.

      Quem morre de verdade,não pode ressuscitar.
      Pois aí até a alma da pessoa "se ferrou", segundo a concepção do Adilson.
      O que aconteceu depois então foi uma "clonagem" da personalidade que foi o sr.Jesus...(arara...do que estou me ocupando nessas horas da manhã...)
      Mas,eu já vou sair...passei aqui principalmente para desejar feliz natal,e boa passagem de ano a todos.

      Excluir
    5. Não sou cristã,sequer acho o sr.Jesus um personagem "inteligível"(embora eu o respeite),mas nesse ano cismei de desejar feliz natal para todo mundo.
      Afinal,essa é uma festa de confraternização.
      Vamos ter um bom final de ano_ um abraço.

      adeusinho por enquanto

      Excluir
    6. Obrigado pela resposta Adilson. Eu continuo com voce, acreditando que não existe espírito consciente, mas meu pai que é um tradicional religioso, sempre pensará diferente.

      Poderia esclarecer-me este versículo.. "E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" ?

      Obrigado.

      Excluir
  18. 233 - "Ora vem com a conversa de que Jesus foi ao Hades pregar para os espíritos desobedientes do tempo de Noé, ora diz que ele ficou se manifestando materializado, ora que entregou ao Pai o espírito. Afinal, que é que ele pensa?
    ---
    ... é claro que uma mente "petrificada" do tipo 233, NÃO CONSEGUE ENTENDER que Jesus, TAL COMO REGISTADO NA BIBLIA, sendo um Espirito, tenha NATURALMENTE pregado a outros Espiritos... e NÃO CONSEGUE PERCEBER que, TAL COMO FOI DESCRITO NA BIBLIA, se tenha MATERIALIZADO e comparecido junto dos discípulos em recito fechado... e NÃO CONSEGUE ASSIMILAR que, COMO É DITO NA BIBLIA, TENHA ENTREGUE O ESPIIRITO AO PAI, ao desencarnar...

    mas... como digo logo no inicio... isto é consequência/sequência de ser um individuo com deficit de capacidade mental, e, acrescento, profundamente perturbado por um anti-Espiritismo doentiamente fanático...

    Simples de se observar isto...

    ResponderExcluir
  19. O sr. Vai-mas-não-Voltará é contraditório e nem percebe.
    Entregar o espírito significa morrer. Jesus MORREU, isso é afirmado na Bíblia, o que significa, para qualquer pessoa de mediana inteligência, que não houve desencarne de espírito nenhum, porque isso não seria morte, e a Bíblia estaria mentindo, e Jesus seria mentiroso. Se Rivail se apoiou na Bíblia e nas palavras de Jesus, consequentemente o Rivailismo também tem de ser considerado mentiroso. Isso o lusitano não enxerga, parece estar além de sua capacidade.

    Se houve desencarne, então não houve morte real. Se não houve morte, não poderia ter havido ressurreição.
    Se não houve ressureição, os discípulos aprenderam tudo errado. Se, após três anos, não haviam entendido nada, então, de duas uma: ou Jesus era um farsante, ou ensinou muito mal. Qualquer dessas hipóteses derruba a afirmação do Rivailismo sobre a perfeição de Jesus.

    Outra tolice descomunal é interpretar que Jesus foi ao reino dos mortos pregar aos espíritos que não deram ouvidos a Noé. A Bíblia afirma que à morte segue-se o juízo, logo, não há mais oportunidade de mudança. Além disso, por que somente àqueles espíritos desobedientes no tempo de Noé? E os outros milhões de espíritos? E por que Jesus só teria feito isso entre a cruz e a ressurreição?
    Por que, se houve desencarne e não morte, os discípulos fizeram questão de registrar que o corpo de Jesus não foi encontrado? Estariam mentindo? Seriam loucos? Que espécie de mestre perfeito foi Jesus que só escolheu mentirosos e loucos para pregarem mentiras e morrerem por causa delas?

    "Isto é meu sangue, o sangue da nova aliança, que será derramado em favor de muitos." O Rivailismo nega isso e zomba, mas se considera cristão! Só rindo...

    Por que Jesus teria dito "Pai, em tuas mãos entrego meu espírito."? Estas palavras estão registradas somente em Lucas, copiadas do salmo 31, verso 5, onde Davi coloca sua vida na confiança da proteção de Deus. Nada tem a ver com "espírito na acepção rivailista", mas significa VIDA. Remete também à narrativa de Gênesis, quando Deus cria Adão do barro e sopra em suas narinas, dando-lhe vida. Fôlego de vida seria uma tradução melhor, PORQUE NÃO EXISTE NA BÍBLIA A IDEIA RIVAILISTA DE VIDA SEM O CORPO.

    Você, leitor, possuidor de alguma inteligência, e não é preciso muita, analise o que eu escrevi e verá que o Vai-mas-não-Volta é apenas um fanático que não aceita a verdade e quer transformar a Bíblia num livro rivailista tão mentiroso e ilógico como os de Rivail e do Chico Farsante Xavier.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o caricato 233 sempre tentando tomar todo mundo por parvo e, em seu desespero de louco "dom quixote"... rodopia ,inventa, escava... maneiras de fugir à uma realidade que se impõe por si mesma...

      Vejamos...

      É Jesus QUEM CLAMA ENTREGAR O ESPIRITO AO PAI E NÃO O CORPO (e nem o ar evidentemente)... :))...

      É Jesus QUEM REAPARECE AOS DISCIPULOS apenas três dias após a crucificação...

      Nota à parte - para alem de Jesus ter entrado num recinto completamente fechado, não foi logo reconhecido pelo que é facílimo se entender que o corpo de Jesus não seria aquele de carne e osso com que estavam habituados à conviver)...

      É de uma extraordinária incapacidade mental imaginar que na Bíblia tinha de ser relatado TODAS AS PREGAÇÕES QUE JESUS FEZ/FAZ/FARÁ... Porem... nela está BEM EXPLICITO que essa foi uma das pregações que Jesus levou a efeito... (portanto... basta ler e verificar sem a mente perturbada e mirabolante do caricato (des)interpretador 233 que assim foi)...

      É Jesus, que faz o seus discípulos entenderem que João Batista era o Elias, cujo corpo já tinha virado pó ha muitos anos...

      Nota 2 - mas não se pense que os discípulos ficaram especialmente deslumbrados com esta ideia da LEI da reencarnação, pois eles já tinham como certa em seus conhecimentos, esta ORDEM NATURAL DA CRIAÇÃO...

      Para provar/comprovar esta certeza, veja-se como eles responderam a um questionamento de Jesus sobre qual o entendimento do povão sobre QUEM Ele era...

      Responderam: Uns dizem que é João Batista; outros, Elias; outros, Jeremias ou um dos profetas. (São Mateus 16, 14)

      Portanto... só mesmo mesmo mesmo... mentes estupidamente fanatizadas por um anti-Espiritismo doentio, não querem entender o que está mais do que visível aos olhos de gente minimamente normal...

      Enfim... coitado do 233... ainda não percebeu que suas tentativas para tapar o obvio de qualquer jeito, não têm qualquer sustentação em alguma razoabilidade, mesmo que ténue...

      Excluir
  20. Eu continuo aguardando o lusitano explicar por que Rivail disse que os marcianos eram mais atrasados que os terráqueos, o Chico Xaveco disse que não, que eles são mais adiantados que nós, mas a CIÊNCIA provou que não existe marciano nenhum.

    Também pensei que ele traria um versículo qualquer da Bíblia onde um profeta trouxe uma mensagem de algum morto.
    Quantos anos terei de esperar? Dez, vinte, trinta?

    ResponderExcluir
  21. Jesus disse que não havia existido maior profeta que João Batista e, no entanto, quando perguntaram a João se ele era Elias, ele respondeu que não. Que maior profeta teria sido ele, se nem soubesse que tinha sido Elias?
    No livro de Lucas está bem claro que João viria a ser um profeta do quilate de Elias, e foi isso que Jesus quis dizer, porque ele disse que João era "O" Elias que havia de vir, isto é, alguém como Elias.
    Na visão do monte da transfiguração os discípulos viram Moisés e ELIAS, quando deveriam ter visto João Batista, porque, além de tudo, foi João que revelou Jesus aos discípulos.
    Se a reencarnação fosse doutrina verdadeira e bíblica, Paulo a teria ensinado com toda clareza, e nunca ensinaria remissão de pecados pela fé sem obras e ressurreição.
    Só um imbecil não percebe isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :)))... o limitado mental 233 não cansa de mostrar o quanto é incapaz de tapar a verdade com suas tentativas de só (des)interpretar segundo seu interesse fugaz, já que de imediato a verdade é reposta...


      Pois bem... para alem de mais uma vez tentar fazer de Jesus um comunicador desajeitado que mais confundia do que esclarecia... ao ponto de ter de ser um mentecapto do tipo233 a "colocar na Sua boca palavras que Ele não disse", tal como... "havia de vir alguém como se fosse Elias"... quando na VERDADE disse:

      E, se quereis compreender,*** é ele*** o Elias que devia voltar. (São Mateus 11, 14)

      • Em seguida, os discípulos o interrogaram: Por que dizem os escribas que Elias deve voltar primeiro? (São Mateus 17, 10)

      Jesus respondeu-lhes: Elias, de fato, deve voltar e restabelecer todas as coisas. (São Mateus 17, 11)

      • Mas eu vos digo que **Elias já veio,** mas não o conheceram; antes, fizeram com ele quanto quiseram. Do mesmo modo farão sofrer o Filho do Homem. (São Mateus 17, 12)

      • Depois lhe perguntaram: Por que dizem os fariseus e os escribas que primeiro deve voltar Elias? (São Marcos 9, 11)

      • Respondeu-lhes: Elias deve voltar primeiro e restabelecer tudo em ordem. Como então está escrito acerca do Filho do homem que deve padecer muito e ser desprezado? (São Marcos 9, 12)

      • Mas digo-vos que também ***Elias já voltou*** e fizeram-lhe sofrer tudo quanto quiseram, como está escrito dele. (São Marcos 9, 13)
      ....
      Portanto... só mesmo escavando (des)interpretação à marretada é que o caricato 233 coloca Jesus dizendo "embora seja outro, é como se fosse o Elias"...

      Quanto à questão de JB ter negado ser o Elias, nada mais NATURAL já que, NORMALMENTE, é-nos vedado lembranças de reencarnações anteriores... E para atestar desta REALIDADE, é o próprio Jesus que esclarece a questão quando diz que JB era o maior profeta de todos e o próprio JB nem sequer sabia disso pois que negou, também, ser profeta...

      Mateus, 11
      9. Então por que fostes para lá? Para ver um profeta? Sim, digo-vos eu, mais que um profeta. (Jesus falava de JBatista)

      mas JB não sabia, tal como se pode verificar a seguir...

      E perguntaram-lhe: Então quê? És tu Elias? E disse: Não sou. És tu profeta? E respondeu: Não (São João 1, 21)

      Mais esclarecedor e sem "marretadas" é impossível... :)...









      Excluir
    2. Ignorância pura, desconhecimento bíblico de quem tem a ilusão que ler Rivail pode contribuir para conhecer a Bíblia e interpretá-la.
      João Batista não negou que fosse profeta, ele negou ser O profeta. O lusitano devia saber português, mas não sabe, porque pouco foi à escola.
      O artigo definido o, a DEFINE, é usado para apontar alguém ou algo conhecido ou mencionado antes. Quando perguntaram "és tu O profeta", João tinha de negar, porque a pergunta se referia ao profeta anunciado por Moisés.
      Mas o capítulo 18 de Deuteronômio é tabu para os rivailistas, pois proibe com pena capital quem evocar espíritos. Por isso o galego o desconhece, nem quer ouvir falar dele.

      Quando entrares na terra que o Senhor teu Deus te der, não aprenderás a fazer conforme as abominações daquelas nações.
      Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro;
      Nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos;
      Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor; e por estas abominações o Senhor teu Deus os lança fora de diante de ti.
      Perfeito serás, como o Senhor teu Deus.
      Porque estas nações, que hás de possuir, ouvem os prognosticadores e os adivinhadores; porém a ti o Senhor teu Deus não permitiu tal coisa.
      O Senhor teu Deus te levantará um profeta do meio de ti, de teus irmãos, como eu; a ele ouvireis;
      Conforme a tudo o que pediste ao Senhor teu Deus em Horebe, no dia da assembleia, dizendo: Não ouvirei mais a voz do Senhor teu Deus, nem mais verei este grande fogo, para que não morra.
      Então o Senhor me disse: Falaram bem naquilo que disseram.
      Eis lhes suscitarei um profeta do meio de seus irmãos, como tu, e porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes falará tudo o que eu lhe ordenar.
      E será que qualquer que não ouvir as minhas palavras, que ele falar em meu nome, eu o requererei dele.
      Porém o profeta que tiver a presunção de falar alguma palavra em meu nome, que eu não lhe tenha mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá.
      E, se disseres no teu coração: Como conhecerei a palavra que o Senhor não falou?
      Quando o profeta falar em nome do Senhor, e essa palavra não se cumprir, nem suceder assim; esta é palavra que o Senhor não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenhas temor dele.

      Deuteronômio 18:9-22

      Os enganadores enganam facilmente os ignorantes, por isso o galego é presa fácil.

      Deuteronômio 18:9-15

      Excluir
    3. pobre 233... em seu desespero agarra-se à todo tipo de manobras para sair dos buracos em que a Biblia, Jesus /Evangelho o colocam... No caso do JB ser profeta ou O profeta... eu limitei-me a colocar tal qual está na Biblia (copiar/colar)... se outras edições dizem doutra maneira, é-me indiferente... Jesus esclarece que ele, JB, é o profeta Elias... e o faz de forma bem clara
      e sem qualquer alusão do tipo "que JB seria uma alma gémea de Elias", como pretende o fanático anti-Espirita 233... :))...

      Quanto aos "mortos" não poderem ser contatados por proibição de Moises (portanto, é porque essa possibilidade existe), Jesus, MAIS UMA VEZ!!! derruba com as intenções do caricato 233, pois que, Ele próprio, mostrou/demonstrou que não é nada proibido dado que teve contato com o próprio "morto" Moises e com Elias, como é do conhecimento geral...

      E mais não é necessário dizer... :)...

      Excluir
    4. Quem estudou, estudou. Quem não estudou aceita as tolices de Rivail e come pela mão dele.

      Predições referentes a João Batista, evangelho de Lucas:

      5Existiu, no tempo de Herodes, rei da Judéia, um sacerdote chamado Zacarias, da ordem de Abias, e cuja mulher era das filhas de Arão; e o seu nome era Isabel.

      6E eram ambos justos perante Deus, andando sem repreensão em todos os mandamentos e preceitos do Senhor.

      7E não tinham filhos, porque Isabel era estéril, e ambos eram avançados em idade.

      8E aconteceu que, exercendo ele o sacerdócio diante de Deus, na ordem da sua turma,

      9Segundo o costume sacerdotal, coube-lhe em sorte entrar no templo do Senhor para oferecer o incenso.

      10E toda a multidão do povo estava fora, orando, à hora do incenso.

      11E um anjo do Senhor lhe apareceu, posto em pé, à direita do altar do incenso.

      12E Zacarias, vendo-o, turbou-se, e caiu temor sobre ele.

      13Mas o anjo lhe disse: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João.

      14E terás prazer e alegria, e muitos se alegrarão no seu nascimento,

      15Porque será grande diante do Senhor, e não beberá vinho, nem bebida forte, e será cheio do Espírito Santo, já desde o ventre de sua mãe.

      16E converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor seu Deus,

      17E irá adiante dele no espírito e virtude de Elias, para converter os corações dos pais aos filhos, e os rebeldes à prudência dos justos, com o fim de preparar ao Senhor um povo bem disposto.

      E irá adiante dele no espírito e virtude de Elias...
      O NT explica muito bem o que Jesus quis dizer. Rivail tinha outra explicação, muito embora achasse estranho a divergência entre os espíritos, aliás, SUPOSTOS espíritos, porque uns diziam haver reencarnação, enquanto outros a negavam.

      Fica ao gosto de quem quiser acreditar em Rivail ou na Bíblia. Mas quem acredita em Rivail tem de achar que tanto Jesus quanto os discípulos eram débeis mentais que não sabiam o que diziam. Eles ensinaram remissão de pecados pela fé na morte vicária de Jesus e a ressurreição. Segundo Rivail, nada disso é verdade, porque a "lei" é reencarnar trilhões de vezes, e a morte de Jesus na cruz não serviu para nada.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. Lucas, 17. e irá adiante de Deus **com** o espírito e poder de Elias para reconduzir os corações dos pais aos filhos e os rebeldes à sabedoria dos justos, para preparar ao Senhor um povo bem disposto.
      ---
      O espertalhão 233 (não confundir com inteligência ou cultura) pretende que se entenda à maneira dele (isto é, como "se fosse" um Elias mas não sendo o Elias)... pois doutra maneira seu anti-Espiritismo doentio teria mais um revés dificílimo de contrariar... No entanto.. aí acima pode muito bem se entender, sem qualquer violência mental, que se está dizendo que o Espirito de Elias voltaria num outro corpo...

      Aliás... evento perfeitamente conformado por Jesus que, JAMAIS deu à entender que JB era um "sósia Espritual" de Elias, mas sim "Elias que não reconheceram" e a quem fizeram muito mal...
      ---
      233 »»Fica ao gosto de quem quiser acreditar em Rivail ou na Bíblia. Mas quem acredita em Rivail tem de achar que tanto Jesus quanto os discípulos eram débeis mentais que não sabiam o que diziam. Eles ensinaram remissão de pecados pela fé na morte vicária de Jesus e a ressurreição.
      ----
      Na VERDADE!!!, o próprio Jesus, ao dissertar, perante o senhor da lei, sobre salvação/vida eterna, jamais mencionou que seria o seu sangue que "lavaria os pecados do mundo"... Muito diferentemente, apresentou uma lição de bem proceder através de uma boa índole moral/mental, e... aconselhou evolução nesse sentido mental-moral... Basta ir na lição do bom samaritano e confirmar...

      233 »»Segundo Rivail, nada disso é verdade, porque a "lei" é reencarnar trilhões de vezes, e a morte de Jesus na cruz não serviu para nada.
      ---
      Esta é MAIS UMA (existem varias outras) daquelas ideias expostas por varias organizações religiosas que acreditam no deus-macabro-que-se-compraz-no- sangue-de-inocentes... mas que eu ainda não consegui detetar ONDE-O-RESULTADO-PRATICO-DAQUELE-SANGUE-SALVITICO-QUE-FOI- DERRAMADO-POR-JESUS...

      (e com certeza absoluta muitos mais milhões de outras pessoas estarão com a mesma visão sobre à falta de resultados que eu tenho)...

      É tudo por agora... :)...

      Excluir
  22. Se o Emperucado fosse assim ele seria feliz...e o quartel de fuzileiros idem.

    http://novaslistas.com.br/system/lists/000/009/524/medium/jp1.jpg?1386026932

    ResponderExcluir
  23. "Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos," (I Pedro 1 : 3)

    "E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, "o primogênito dentre os mortos" e o príncipe dos reis da terra. Àquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados," (Apocalipse 1 : 5)

    Se Jesus foi o único a vencer a morte quem são todos esses espíritos que se passam por familiares nas sessões espíritas? Por que Deus proibiu seu povo de evocar os mortos, se os mortos não podem responder? Quem se apresenta no lugar dos mortos e traz um evangelho diferente daquele anunciado pelos apóstolos?

    "Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema." (Gálatas 1 : 8)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vejamos... no procedimento do Mestre... é mostrado claramente que a "morte" foi vencida por Moises e Elias, com quem conversou diante de testemunhas...

      Depois... em seu Evangelho existe a 'parábola do rico e do pobre' onde mostra claramente que os "mortos" continuam conscientes e que tomam juízo de seu estado Espiritual, em CONSEQUENCIA de seu tipo de vida /comportamento, etc... Portanto...

      233 »»"Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema." (Gálatas 1 : 8)

      VV - Mas isto é precisamente o que o caricato (des)interpretador 233 tem feito
      ao longo do tempo, em sua cruzada fanaticamente doentia contra a D.Espirita/PURO CRISTIANISMO... Ele, doente 233, sempre tenta emendar Jesus: coloca N'Ele palavras que não proferiu... ideias que não são Suas...
      faz (des)interpretações inventadas e mirabolantes... deturpa ensinos... etc... etc... etc...

      ...daí, ele, pastor-impostor 233, caber perfeitamente nessa chamada de atenção em Gálatas 1.8... Cabalmente mesmo!!!...






      Excluir
    2. É fácil supor que os leitores devem pensar que o galego é louco, ou está aqui de brincadeira, para irritar. Talvez pensem que ele achou uma bíblia traduzida por algum doente mental, na qual se baseia.
      Amigos, tendo eu estado entre os rivailistas por três anos e, vendo os erros de Rivail, me afastado e, ainda assim, estudado as pseudomanifestações de mortos por mais oito anos, sei muito bem o que se passa na mente do lusitano.
      Lembrem-se do caso do Chico Farsante Xavier, que acreditava nos espíritos, mas ainda assim praticava fraudes, como a materialização da irmã Josefa Musselina. Esses farsantes do Lar Frei Luís são espiritualistas e acreditam nos livros de Rivail e do Chico Emperucado Xavier, no entanto, praticam o embuste de apresentar um canalha fantasiado de espírito de médico nazista materializado para enganar otários.
      Vou explicar a razão disso tudo a vocês.
      Quem não tem conhecimento da antiga expressão "o Espiritismo é uma fábrica de loucos"?
      Ela estava equivocada. É justamente o contrário. A loucura é que fabrica o Espiritismo. Ninguém fica louco por se tornar espírita praticante, mas se torna espírita praticante por ter alguma espécie de doença mental.
      Esse lusitano não passa disso, um doente mental. Vejam como ele lê uma coisa e entende outra, completamente diferente. A mente dele não funciona direito, é um doente.
      Ele diz que eu coloco em Jesus palavras que ele nunca proferiu. Ora, eu não invento nada, reproduzo versículos bíblicos, procurando sempre os mais claros, que não necessitam interpretação.
      Uso agora as palavras de Paulo em coríntios 15: 3:
      'Antes de tudo, VOS ENTREGUEI O QUE TAMBÉM RECEBI: Que Cristo MORREU POR NOSSOS PECADOS, Segundo as Escrituras."

      Paulo não estivera inventando nada, a morte vicária de Jesus estava nas Escrituras. Leiam o cap. 53 de Isaías.

      Hebreus 9:22: 'Sem derramamento de sangue não há remissão de pecados". É o mesmo de Ezequiel 18:20: "A alma que pecar, essa morrerá."
      O lusitano, na sua mente tacanha, acha isso um despropósito. Jesus ter de morrer para a salvação dos pecadores? Absurdo dos absurdos, diz ele.
      Mas ele é ruim de Matemática. Não acha absurdo os bilhões e bilhões de espíritos terem de morrer trilhões de trilhões de vezes para alcançar a felicidade final. Quantos algarismos ele pensa que tem bilhões vezes bilhões vezes trilhões vezes trilhões? Com quantas mortes e vidas de sofrimento o "deus' dele se compraz? E isso não para nunca, cada espírito a ser criado terá de viver, sofrer e morrer trilhões de vezes. O lusitano não vê nada de mais nisso.

      Excluir
    3. como SEMPRE!! o coitado 233 recorre à calunia e ofensa gratuita para querer fazer valer sua loucura anti-Espirita... Faz acusações que lhe saem da mente conturbada/perturbada e, sem qualquer razão baseada na realidade do que é o Espiritismo que se baseia pura e simplesmente no Puro Cristianismo...
      Lança sua sanha de ódio puro contra personagens que VIVERAM de forma moral inatacável por qualquer pessoa de bem, o que não é NITIDAMENTE!!!!!!!!! o caso do aberrante 233...

      Ele bem tenta evitar meter Jesus nos debates, mas isso de nada lhe vale pois que eu SEMPRE O COLOCO à frente seja de quem for que fale diverso d'Ele...

      " Não te maravilhes de haver dito: Necessário vos é nascer de novo."
      Jesus (João, 3:7) (Lei da reencarnação)

      Em verdade, em verdade vos digo: aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço, e fará ainda maiores do que estas, porque vou para junto do Pai. (São João 14, 12) (Lei da evolução Espiritual)

      Mt 26,51 - Mas um dos companheiros de Jesus desembainhou a espada e feriu um servo do sumo sacerdote, decepando-lhe a orelha.
      Mt 26,52 - Jesus, no entanto, lhe disse: Embainha tua espada, porque todos aqueles que usarem da espada, pela espada morrerão. l(Lei da causa efeito)

      Pobre 233... barafusta... se contorce em seu desespero anti-Espirita...
      inventa (des)interpretações... mas não pode fugir à Lei da Criação que
      passa por um fator inexorável...

      Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei.
      Allan Kardec

      :)))...

      Link de onde tirei o versículo sobre Elias que coloquei...
      http://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/sao-lucas/#.Ur111OKp3Dc

      Excluir
    4. 233 »»espíritos terem de morrer trilhões de trilhões de vezes para alcançar a felicidade final.
      ---
      Atenção... esta afirmação do impostor 233 não tem nada, mas mesmo nada de real... Explico... o Espirito NÃO MORRE NEM UMA UNICA VEZ!!|!,,,
      O que morre e desaparece é o corpo carnal, e mesmo esse É SOMENTE UMA UNICA VEZ!!!...

      Esclarecimento feito... :)...,

      Excluir
  24. Há um antigo ditado que diz que o pior cego é o que não quer ver.
    As marcas do espírita são essas, a cegueira e a farsa. Já nascem farsantes por natureza, porque a maioria nasce com um sexo, mas querem ser o oposto. Começando por Rivail, um farsante que, para impingir a doutrina reencarnacionista torcia tanto as passagens bíblicas quanto as pseudocomunicações dos espíritos imaginários. Queria fugir da condenação bíblica por ser homossexual. Assim também o Chico Farsante Xavier, Divaldo Frango, o canalha que se finge de médico nazista materializado no Lar Frei Luís e esse palhaço chamado Miguel Vai-sem-Volta. Aposto que é paneleiro.
    O texto diz NO espírito e poder de Elias, mas ele não quer que o hagiógrafo tenha escrito certo, então muda o NO para COM O, para forçar o NT a dizer o que não diz em lugar nenhum, a saber, que existe reencarnação.
    É como agem os canalhas enganadores, mentem, fingem, distorcem, enganam, fraudam.
    Quando me perguntam por que há tantos homossexuais no Espiritismo, a minha resposta é simples, eles já nascem farsantes, são uma coisa, mas querem ser outra.
    Esse galego é apenas uma amostra do que são os seguidores do maior mentiroso do século XIX, L.D. Rivail, que nem sua personalidade real quis assumir e inventou uma bobagem de reencarnação de sacerdote druida.

    Não vá me dizer, leitor, que você aceita essa idiotices que esse galego escreve. É preciso ser muito burro!
    Para dizer a verdade, aceitar as tais mensagens dos espíritos já é prova de muita ingenuidade. NENHUM deles dá prova de existência real. NENHUM tem endereço ou origem verificáveis. Os "médicos alemães" não sabem falar a língua alemã.
    Deixe de ser trouxa, espíritos não existem, é tudo farsa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ... como se pode ver de forma bem nítida, SEMPRE!!! que faltam argumentos de índole puramente doutrinaria para contestar de forma séria e idónea o que é colocado à apreciação geral, o infeliz 233 dando largas à peçonha que lhe (de)forma a mente, recorre ao ataque meramente pessoal e à calunia torpe e cobarde... para descarregar o ódio que lhe vai na alma, contra o Espiritismo-Puro Cristianismo/Espiritas...

      Assim... perante à autentica descarga de imundície que sua fossa mental deitou cá para fora, apenas me resta esclarecer mais uma tentativa de "engano propositado" que o doentio 233 tenta fazer passar...

      Diz ele...

      "O texto diz NO espírito e poder de Elias, mas ele não quer que o hagiógrafo tenha escrito certo, então muda o NO para COM O, para forçar o NT a dizer o que não diz em lugar nenhum, a saber, que existe reencarnação"

      Ora bem... como se pode observar no post anterior que coloquei, e precisamente para prevenir qualquer tentativa para deturpar os factos, que o impostor 233 levasse a cabo... tive o cuidado de mencionar o link da Biblia de onde tirei o
      texto que é referido de forma suja (vindo do 233 não há novidade) como tendo sido eu a modificar...

      Vou colocar mais uma vez para que, quem entender tirar à limpo, possa aquilatar de MAIS UMA!!! intervenção "estragada" do intrujão 233...

      Lucas 1:17
      http://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/sao-lucas/#.UsAsK-Kp3Dc



      Excluir

    2. 17. καὶ αὐτὸς προελεύσεται ἐνώπιον αὐτοῦ ἐν πνεύματι καὶ δυνάμει ἠλίου, ἐπιστρέψαι καρδίας πατέρων ἐπὶ τέκνα καὶ ἀπειθεῖς ἐν φρονήσει δικαίων, ἑτοιμάσαι κυρίῳ λαὸν κατεσκευασμένον.

      Leia mais em: http://www.bibliacatolica.com.br/septuaginta/sao-lucas/1/#ixzz2osSB6Cgr



      17. Et ipse praecedet ante illum in spiritu et virtute Eliae, ut convertat corda patrum in filios et incredibiles ad prudentiam iustorum, parare Domino plebem perfectam”.

      Leia mais em: http://www.bibliacatolica.com.br/neo-vulgata-latina/evangelium-secundum-lucam/1/#ixzz2osQM4nr7


      17. and he will go before him in the spirit and power of Eli'jah, to turn the hearts of the fathers to the children, and the disobedient to the wisdom of the just, to make ready for the Lord a people prepared."

      Leia mais em: http://www.bibliacatolica.com.br/revised-standard-version/luke/1/#ixzz2osRXtdXQ

      Pois é, no grego é "en pnêumati", NO espírito, isto é, com a disposição e coragem de Elias.
      Mas vamos à tradução de "COM o espírito de Elias". Rivail fazia isso, ficava procurando uma tradução que mais se adequasse à sua ideia.
      Que é que significa "com o espírito de Elias"? Se João veio para andar perante Deus COM o espírito de Elias, então, é claro, não era o espírito de Elias, estava somente COM esse espírito. Mas o que seria isso? Qual o significado? João era uma espécie de médium que era assistido pelo espírito de Elias?
      Vamos a um exemplo em língua portuguesa: Um jogador de futebol qualquer, obscuro, vamos chamá-lo de Manuel Joaquim, faz uma grande jogada e marca um gol espetacular. Como poderia narrar isso um locutor português?

      "E Manuel Joaquim, ao receber a pelota frente a dois adversários, COM A HABILIDADE E ESPÍRITO DE CRISTIANO RONALDO, livrou-se deles e venceu o guarda-meta com maestria."
      Ora, ora, é apenas uma COMPARAÇÃO, Manuel Joaquim não é a reencarnação de Cristiano Ronaldo, que nem morreu ainda.

      Mas, como eu já disse, o lusitano não sabe falar português e não entende direito o que lê.

      Excluir
    3. ... esse impostor 233 é precisamente QUEM faz aquilo de que acusa Kardec...
      È ele precisamente QUEM passa o tempo todo (des)interpretando textos que apontam nitidamente para a D.Espirita... Chega ao descaramento de procurar meter palavras na boca de Jesus que ele não proferiu ou mesmo insinuando que Ele não sabe comunicar corretamente com seus interlocutores, levando-os a interpretações incorretas, como pretende, esse caricato 233, que tenha acontecido com Nicodemos e o senhor da Lei...

      A questão de João Batista, está bem explicada por Jesus e bem entendida por seus seguidores no momento... Acontece que os "revisionistas" do quilate 233, sabendo que só sairiam dessa revelação (como de outras aliás) que aponta nitidamente para a LEI da reencarnação, se alterassem o que foi dito realmente para o que eles querem que tenha sido dito, não têm qualquer escrúpulo em deturpar para melhor enganar...

      Como todo mundo pode verificar, eu coloquei uma transcrição bíblica que nem sequer passou pelo aval de Kardec... Não me admirarei nada se mais tarde resolverem modificar o texto e adequa-lo ao "revisionismo trapaceiro" anti-Espirita, que lhes é próprio... Aguardemos...


      Em seguida, os discípulos o interrogaram: Por que dizem os escribas que Elias deve voltar primeiro? (São Mateus 17, 10)

      Jesus respondeu-lhes: Elias, de fato, deve voltar e restabelecer todas as coisas. (São Mateus 17, 11)

      Mas eu vos digo que Elias já veio, mas não o conheceram; antes, fizeram com ele quanto quiseram. Do mesmo modo farão sofrer o Filho do Homem. (São Mateus 17, 12


      Portanto... como se pode ver, nem na pergunta e muito menos na resposta se pode por um momento que seja, imaginar que se está falando de alguém que não seja o próprio Elias... (que, como entenderam os discípulos, era João Batista reencarnado)...

      mas não se pense que isto causou algum "nó mental " nos apóstolos e que a LEI da reencarnação (alguém que voltasse à vida noutro corpo) era demais para o entendimento deles... Nada disso!!... Veja-se como eles responderam a um questionamento de Jesus...

      Responderam-lhe: Uns dizem que és João Batista; outros, Elias; outros pensam que ***ressuscitou*** algum dos antigos profetas. (São Lucas 9, 19)

      Claro que, sem forçar absolutamente nada, o termo "ressuscitou" aí, quer nitidamente dizer "reencarnou" algum dos antigos profetas...

      E mais não digo... :)...






      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. A única saída de Rivail foi essa estupidez de dizer que pau significa pedra. Basta pegar alguns versículos onde aparece ressuscitar, mudar para reencarnar para ver o quanto é imbecil essa tentativa que só engana deficientes mentais:

      1) Daniel 12:2; "Muitos dos que dormem NO PÓ DA TERRA ressuscitarão, uns para a vida eterna, outros para vergonha e horror eterno."

      Vamos mudar agora para reencarnarão, mesmo esquecendo o "dormem no pó da terra", que significa que estão mortos e não desencarnados, porque espírito não existe:

      "Muitos dos que dormem no pó da terra reencarnarão, uns para a vida eterna, outros para vergonha e horror eterno".

      João 6: 44: "Ninguém pode vir a mim, se o Pai, que me enviou, não o trouxer, e eu o ressuscitarei no último dia."
      Vamos ver como fica, segundo Rivail:
      "Ninguém pode vir a mim, se o Pai, se o Pai, que me enviou, não o trouxer, e eu o reencarnarei no último dia."

      Atos 2:32: " A este Jesus Deus ressuscitou, do que todos nós somos testemunhas."
      Vamos mudar o que disse Pedro, para o que achava Rivail:
      "A este Jesus Deus reencarnou, do que todos nós somos testemunhas."

      Viram como fica uma beleza? Tem que ser cego de pai e mãe para aceitar essa besteira!
      Em todo o NT está a afirmação de que Jesus foi crucificado, morreu e ressuscitou ao terceiro dia. Fica ridículo dizer que ele morreu e "reencarnou" ao terceiro dia.
      Amigo, se você quiser aceitar essas idiotices do lusitano, problema seu, mas vai passar recibo de burrice.

      Excluir
    6. ... verdadeiramente notória estupidez!!! é exatamente o 233 tentar contornar o que é dito em Lucas 9:19 onde, claramente, é referido que Jesus, no entender geral, podia ser "um dos profetas reencarnado"... Muito naturalmente, e sem que Kardec tenha de forçar seja o que for , não há outra hipótese de entendimento à luz da razão e racionalidade normais...

      Observe-se mais uma vez...

      Responderam-lhe: Uns dizem que és João Batista; outros, Elias; outros pensam que ***ressuscitou*** algum dos antigos profetas. (São Lucas 9, 19)

      Posto isto... veja-se com olhos de ver NATURALMENTE...

      "se Jesus saiu do ventre da mãe ( foi parido como qualquer outra criança o é)

      então...

      ... é de toda lógica e sensatez que ali (Lucas 9:19) está sendo referido que Jesus seria a REENCARNAÇÃO DE UM DESSES PROFETAS" , ora essa...

      Mais...

      ... quem passa todo tempo tentando manobras para FORÇAR (des)interpretações à marretada é precisamente este infeliz 233, como é, entre muitos outros, o caso do "nascer de novo" que Jesus mencionou a Nicodemos e que o intrujão 233 quer transformar em "nascer do alto" quando, se se observar com limpidez mental, Nicodemos derrete inapelavelmente esta peregrina hipótese ao inquirir do Mestre:

      "Nicodemos perguntou-lhe: Como pode um homem ***renascer,*** sendo velho? Porventura pode tornar a entrar no seio de sua mãe e nascer pela segunda vez? (São João 3, 4)
      (fulminante para qualquer outra interpretação que não seja a de "nascer de novo")...

      Agora... mais uma DEMONSTRAÇÃO de como este pantomineiro 233, em suas desesperadas tentativas de querer desvirtuar realidades bem estabelecidas, recorre a manobras nitidamente de "zé esperto" para, deturpando e inventando, confundir mentes menos atentas à sua forma suja de atuar...

      nessa colocação aí...

      233 - "Em todo o NT está a afirmação de que Jesus foi crucificado, morreu e ressuscitou ao terceiro dia. Fica ridículo dizer que ele morreu e "reencarnou" ao terceiro dia."

      Na REALIDADE... NUNCA!!!... JAMAIS!!!!... foi dito pela D.Espirita/Espiritas... que Jesus "reencarnou ao terceiro dia"... O pantomineiro 233, sabe muito bem (porque sabe mesmo)...

      ... que o que é referido, é que Jesus ao 'desencarnar/entregar o Espirito ao PAI' , deixou definitivamente o corpo carnal sendo em ESPIRITO que, a partir daí, suas manifestações se processaram...

      Isto, e nada mais do que isto, é o que a D. Espirita propõe ao pessoal com mente racional (e que não é gente burra como pretende o mentecapto 233) percecione...

      e por agora é só... :)...


      Excluir
    7. Hahahahahaha!

      Mt22:30 : " Porque, na ressurreição, nem se casam nem se dão em casamento, mas são como os anjos do céu."

      Vamos ver como fica, segundo Rivail:

      "Porque, na reencarnação, não se casam nem se dão em casamento, mas são como os anjos do céu."

      At 26:23: "...isto é, que o Cristo devia padecer e, sendo o primeiro da ressurreição dos mortos, anunciaria a luz ao povo e aos gentios."

      Vejam o ridículo da ideia de Rivail:

      "...isto é, que o Cristo devia padecer e, sendo o primeiro da reencarnação dos mortos, anunciaria a luz ao povo e aos gentios."

      Tem de ser muito burro para aceitar essa besteira de que os judeus acreditavam na reencarnação com o nome de ressurreição.



      Excluir
    8. ... o infeliz 233 tenta fazer humor mas o mais que consegue é ser um palhaço ridículo e sem graça...

      Mt22:30 : " Porque, na ressurreição, nem se casam nem se dão em casamento, mas são como os anjos do céu."


      e afinal qual o problema de no "outro lado" não haver casamentos... Pois se são Espiritos, tal como diz o D.Espirita e confirmado na Biblia -> anjos são Espiritos muito evoluídos...

      Hb,1
      14. Não são todos os anjos espíritos ao serviço de Deus, que lhes confia missões para o bem daqueles que devem herdar a salvação
      :)...

      Caramba... já se sabendo que ressurreição é ideia para "retardadões mentais",
      qual a duvida??...

      Excluir
    9. Ora. ora, ora, como eu já disse, o galego não tem capacidade de entender o que lê, mormente porque sua mente limitada está condicionada a só enxergar Rivailismo, mesmo que esteja lendo os Lusíadas.
      "Na ressurreição" significa o estado final, é disso que Jesus e os saduceus estavam tratando. 'Como diz a doutrina espírita" é argumento perfeito, é isso mesmo, mas o que a Bíblia diz é totalmente diferente. Aliás, não só a Bíblia, mas a ciência discorda do Rivailismo, porque provou que não existe abiogênese, não existe fluido universal, não existem marcianos voadores, não existe efeito João teimoso da Lua.
      O Rivailismo é uma religião ilusória como outra qualquer, cheia de mentiras e fraudes para enganar pobres coitados que buscam conformação para a perda de entes queridos. Disso é que mais gostava o Emperucado: enganar ingênuos, além de gostar de fuzileiros navais, claro, porque ele era V-Veado...

      Excluir
    10. Dicionário Houaiss:
      Galego:
      n adjetivo e substantivo masculino
      1 relativo a Galiza (Espanha) ou o que é seu natural ou habitante; galaico, galeciano
      2 Rubrica: linguística.
      diz-se de ou língua românica falada na Galiza (Espanha)

      n substantivo masculino
      3 Regionalismo: Brasil. Uso: pejorativo.
      indivíduo nascido em Portugal, esp. os de mais baixo nível de cultura
      4 Regionalismo: Nordeste do Brasil, Santa Catarina. Uso: pejorativo.
      qualquer estrangeiro; gringo
      Obs.: ver uso no verbete galegada

      Excluir
    11. "mentecapto", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/DLPO/mentecapto

      men·te·cap·to

      adjectivo e substantivo masculino

      1. Que ou o que não faz uso da razão que tem.

      2. Insensato, néscio.

      :)...

      Excluir
  25. Será que o Apocalipse fala de ressurreição ou de reencarnação? Será que o apóstolo João, que recebeu a revelação (apocalipsis) de Jesus concorda com Rivail, que recebeu revelações de espíritos imaginários?
    Na próxima postagem vou abordar esse tema: João, apóstolo escolhido por Jesus, ou Rivail, um professorzinho francês meio gay do século XIX que acreditava que os fenômenos naturais são causados por espíritos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. como foi PROVADO!!! através da Biblia, naqueles tempos usava-se o termo ressurreição pensando na "volta de alguém" num corpo diferente...

      o mentecapto 233, exatamente por isto - por ser mentecapto - não consegue perceber o que até nem é tão difícil assim de entender...

      lá vai mais uma vez para o deficitário mental 233 exercitar sua mente-demente e abri-la para entendimentos ao alcance de qualquer homem comum...
      --
      Responderam-lhe: Uns dizem que és João Batista; outros, Elias; outros pensam que ***ressuscitou*** algum dos antigos profetas. (São Lucas 9, 19)

      Posto isto... veja-se com olhos de ver NATURALMENTE...

      "se Jesus saiu do ventre da mãe ( foi parido como qualquer outra criança o é)

      então...

      ... é de toda lógica e sensatez que ali (Lucas 9:19) está sendo referido que Jesus seria a REENCARNAÇÃO DE UM DESSES PROFETAS" , ora essa...

      o restante do post acima... como já referi antes, mais não é do que a habitual peçonha nauseabunda que forma a personalidade desse pobre coitado que só recorrendo ao ataque pessoal e calunia torpe e cobarde, consegue sua realização pessoal...

      Excluir
    2. Jesus não poderia ser visto como reencarnação de João Batista, porque João era alguns meses mais velho que Jesus. Viveram na mesma época, e João é que revelou Jesus como o Messias aos discípulos. Por que, então, os hagiógrafos registraram essas opiniões contraditórias do povo?
      Muito simples, mas só para quem não é ignorante: a redação significa que o povo não tinha noção de quem Jesus realmente era, e Pedro diz, "Tu és o Cristo [ o Messias (=o ungido) prometido], o Filho do Deus vivo." E Jesus afirma então que essa revelação fora dada a Pedro por Deus, pois não é possível tê-la de outra maneira. Por isso o galego, como Rivail, não consegue entendê-la.
      "Ninguém pode vir a mim se Pai, que me enviou, não o trouxer."
      Veja-se que o seguimento é totalmente contrário ao Rivailismo. Jesus é o Filho de Deus, não é nenhum espírito evoluído através das tais trilhões de reencarnações. "Filho" de Deus porque era sua missão nascer e morrer no lugar dos escolhidos, como diz a Escritura, não como dizia Rivail, pois estava escrito que o Messias padeceria, morreria e ressuscitaria AO TERCEIRO DIA. Interpretar que Jesus desencarnou na cruz para reencarnar ao terceiro dia é uma estupidez que só cabe na cabeça de idiotas.

      Excluir
    3. aí acima... MAIS UMA!! daquelas tiradas tipo "zé esperto233" tentando fazer dos outros parvinhos que nem ele mesmo é...

      Na VERDADE o que interessa naquela conversa com Jesus, é que o povão punha como hipótese viável Ele ser um dos profetas que tinha voltado/ressuscitado-reencarnado...

      É deste cerco que a Bíblia lhe monta que o trapaceiro 233 não consegue sair de forma intelectualmente-honesta... Só mesmo ensaiando tentativas de intrujão militante é que vai sobrevivendo e despejando zé-espertices233 atrás de espertices do zé233... :)...

      Quanto ao resto... rápida analise que o "defunto233" não merece mais e melhor...

      233 - 1 (...) Jesus é o Filho de Deus,

      VV - É tanto filho como nós outros... É Ele mesmo, Jesus, quem o declara sem margem para duvidas quando observado por qualquer pessoa normal... (exclusão do 233 que é um limitado mental)...

      Demonstração...

      João,20
      17 Disse-lhe Jesus: Deixa de me tocar, porque ainda não subi ao Pai; mas vai a meus irmãos e dize-lhes que eu subo para ***meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus.*** - Mais esclarecedor é impossível!!!...

      233 - 2 (...) não como dizia Rivail, pois estava escrito que o Messias padeceria, morreria e ressuscitaria AO TERCEIRO DIA. Interpretar que Jesus desencarnou na cruz para reencarnar ao terceiro dia é uma estupidez que só cabe na cabeça de idiotas.

      VV - Só MESMO!!... MESMO!!... MESMO!!... na mente desesperada do trapaceiro 233 (se assim não fosse não precisaria de tentar deturpar/desviar/viciar... o que REALMENTE É VERO!!)... é que existe à imbecil ideia de ter sido dito que Jesus reencarnou ao terceiro dia...

      233 - 3 (...) não é nenhum espírito evoluído através das tais trilhões de reencarnações.

      VV - Para finalizar... é oportuno lembrar que o Mestre dos mestres nos coloca na via da EVOLUÇÃO para patamares tal qual Ele!!...

      "Em verdade, em verdade vos digo: aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço, e fará ainda maiores do que estas, porque vou para junto do Pai. (São João 14, 12)"

      comentário: Kardec só mil oitocentos e tal anos depois é que desenvolveu esta AFIRMAÇÃO!!! de 'O Cristo enviado'... Portanto não tem qualquer responsabilidade nela... :)...



      Excluir
  26. João, o apóstolo, falou de reencarnaçõ no Apocalipse, a revelação que recebeu de Jesus?
    Vamos ver o cap. 20:

    Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição.
    Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos.

    Apocalipse 20:5-6

    Mas Rivail achava que estava escrito errado, porque ressurreição era reencarnação. Vamos substituir as palavras, para rir um pouco do galego, esse palhaço teimoso.


    Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a PRIMEIRA REENCARNAÇÃO.
    Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na PRIMEIRA REENCARNAÇÃO; sobre estes não tem poder a SEGUNDA MORTE; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos.

    Amigo leitor, se você, depois de ler esse texto, ainda concorda com a ideia absurda de Rivail, então você é tão burro e teimoso quanto o lusitano, e, como ele, não tem cura.

    Apocalipse 20:5-6

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Bom... todo mundo sabe que o Apocalipse está desenvolvido em linguagem
      figurada e simbólica... Ainda hoje é de difícil interpretação e de dar motivo à muitas "sentenças vindas de muitas cabeças"...

      De minha parte... como já disse por milhentas vezes, na Bíblia, tenho O Mestre Maior Jesus como guia PRINCIPAL!!! para me apontar o caminho... SEMPRE!! O colocarei à frente de outras vozes... :)...

      Entretanto.. e só para não passar muito à pressa...

      isso aí abaixo não encerra uma... uma... como dizer... ligeira contradição, não?!?!...

      Hebreus 9:27: Aos homens está ordenado **morrerem uma só vez,** vindo depois o Juízo.

      Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder **a segunda morte** (...) Apocalipse 20:5-6

      Ah... espera um pouquinho... de repente lembrei... vai ser todo mundo ressuscitado lá num dia de são nunca qualquer, para sermos julgados...

      ... e depois enviados para a tumba novamente...

      Que criadorzão mais sensato esse do esperto233, né mesmo??... :))...

      Excluir
    3. Bom... todo mundo sabe que o Apocalipse está desenvolvido em linguagem
      figurada e simbólica... Ainda hoje é de difícil interpretação e de dar motivo à muitas "sentenças vindas de muitas cabeças"...

      De minha parte... como já disse por milhentas vezes, na Bíblia, tenho O Mestre Maior Jesus como guia PRINCIPAL!!! para me apontar o caminho... SEMPRE!! O colocarei à frente de outras vozes... :)...

      Entretanto.. e só para não passar batido...

      isso aí abaixo não encerra uma... uma... como dizer... ligeira contradição, não?!?!...

      Hebreus 9:27: Aos homens está ordenado **morrerem uma só vez,** vindo depois o Juízo.

      Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder **a segunda morte** (...) Apocalipse 20:5-6

      Ah... espera um pouquinho... de repente lembrei... vai ser todo mundo ressuscitado, lá num dia de são nunca qualquer, para sermos julgados...

      e depois enviados para a tumba novamente...

      Que criadorzão mais sensato esse do esperto233, né mesmo??... :))...

      Excluir
    4. É próprio de rivailistas-peruquistas zombarem da Bíblia, eles a odeiam porque ela, além de proibir consultar mortos com pena capital, nega veementemente a reencarnação e ensina a ressurreição e a salvação pela fé na morte vicária de Cristo.
      Então, por que eles teimam em se considerar cristãos e em usar versículos bíblicos?
      Ora, isso faz parte de sua natureza de enganadores.
      Deem uma nova olhadinha no trio de farsantes descarados abaixo. Vejam só a pose e a cara do farsante chefe, vejam como desmunheca. Veja a palhaçada que é regurgitar fitas de musselina para dizer que é ectoplasma.

      http://4.bp.blogspot.com/_LN8dYBcOU0Q/SMMkTxGrzYI/AAAAAAAAAC0/dpjJ-VdtqmE/s320/materializacao_FCX.jpg

      É isso aí que eles, na quase totalidade, são: farsantes e V-V-eados.

      Por que é que Paulo detalhou como devia ser uma reunião cristã e nunca disse como deveria ser exercida a mediunidade e para que serviria falar com mortos? Por quê? Você sabe a resposta, caro leitor? É isso mesmo: porque tal coisa não existe, espíritos não existem, é tudo uma grande farsa para enganar ingênuos e ignorantes.

      Excluir
    5. ... debochando, despejando peçonha e insinuando aldrabices de obstinado trapaceiro... eis o único meio que o 233 encontra para rebater o que é serio, verdadeiro e de evidencia flagrante e notória... exposto pela D. Espirita...

      (...) Quando entregarem vocês, não fiquem preocupados como ou com aquilo que vocês vão falar, porque, nessa hora, será sugerido a vocês o que vocês devem dizer. COM EFEITO, NÃO SERÃO VOCÊS QUEM IRÃO FALAR, E SIM O ESPÍRITO DO PAI DE VOCÊS É QUEM FALARÁ ATRAVÉS DE VOCÊS. Mateus10,16-20).

      Portanto... quando uma pessoa dá aso à que, como é o caso acima, um Espirito=anjo se manifeste através dela... isto é mediunidade (meio de comunicação)...
      ----
      "Todos os fenômenos espíritas, sem exceção, são conseqüências de leis gerais. Eles nos revelam uma das forças da Natureza, força desconhecida, ou incompreendida até hoje, mas que a observação demonstra estar na ordem das coisas. O Espiritismo, portanto, repousa menos no maravilhoso e no sobrenatural do que a própria Religião."
      Allan Kardec


      Excluir
  27. Resposta ao Daniel.

    Conhecereis a verdade , e ela vos libertará.

    Sua pergunta é deveras muito boa, Daniel. Esse versículo é do evangelho de João, e é nesse evangelho que deve ser procurada a resposta. Que é que João quis dizer ao reproduzir as palavras de Jesus?
    Precisamos definir duas coisas, segundo João: verdade e libertação.
    João considera que a verdade é Jesus, a quem ele chama de Palavra:
    "No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus , e a Palavra era Deus.
    A expressão "no princípio" nos leva ao primeiro verso de Gênesis, "No princípio criou Deus os céus e a Terra." E como criou Deus os céus e a Terra? Pela palavra: "Vayômer Elohim, yehi ôr, vayehi ôr" , então DISSE Deus, haja luz, e houve luz.
    João continua o seu evangelho dizendo justamente isso, que TODAS as coisas foram criadas por intermédio de Jesus, e, sem ele, nada do que existe foi feito.
    Até aqui, tudo bem, mas o que Jesus diz sobre a verdade? "A tua palavra é a verdade", João 17:17.
    "Eu sou o caminho, e a VERDADE, e a vida." João 14:6.

    Então já podemos dizer que a verdade é Jesus, a Palavra de Deus que se fez carne e morreu na cruz para nos salvar.

    E quanto a libertação? Quem liberta alguém, liberta de alguma prisão. De que prisão Jesus liberta aqueles que vão à verdade para conhecê-la?
    Jesus disse: "Aquele que comete pecado é escravo do pecado." "Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres." João 8:34 e 36.

    De que libertação Jesus falou?
    Ezequiel 18:4: A alma que pecar, essa morrerá.
    Hebreus 9:27: Aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois o Juízo.
    Romanos 6:23: O salário do pecado é a morte.
    João 11:25: Eu sou a ressurreição e a vida; aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá.

    Jesus é a verdade, e quem o conhece é libertado do poder do pecado e da morte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. A sua resposta à minha pergunta já está nos meus registros!

      Excluir
  28. Oi, Daniel, você viu ou ouviu falar do filme "O Exorcismo de Emily Rose"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adilson. Sim, inclusive eu assisti a todos os filmes do exorcismo. Por quê?

      Excluir
  29. Entrevista com o 233:

    P) Senhor Adilson, os espíritas, que os senhor chama de rivailistas, acreditam em vários tipos de mediunidade, e até exageram ao acharem que as todas as grandes relizações humanas foram revelações ou inspirações do espíritos, não é?

    R) De fato, para eles, os "encarnados" são incompetentes que nada podem fazer sem a ajuda dos tais espíritos.

    P) Então, por que não aceitam um livro de revelações, como o Apocalipse?

    R) Muito simples, o Apocalipse detona o Rivailismo. João teve visões do fim da história humana, e fala de ressurreição, salvação e condenação. Por isso os rivailistas não podem aceitar esse livro, no que também são contraditórios, porque acreditam em qualquer pseudocomunicação de espírito alemão que não sabe falar alemão, ou cônsul romano que nunca existiu.

    P) Eles não acreditam em nenhuma das visões de João?

    R) Ou eles ficam com João, apóstolo escolhido por Jesus Cristo, ou ficam com qualquer pseudomédium V-V-eado de algum centro rivailista da esquina. Eles preferem esses enganadores aveadados porque querem viver de ilusão, no aguardo de trilhões de imaginárias reencarnações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ... debochando, despejando peçonha e insinuando aldrabices de obstinado trapaceiro... eis o único meio que o 233 encontra para rebater o que é serio, verdadeiro e de evidencia flagrante e notória... exposto pela D. Espirita...

      (...) Quando entregarem vocês, não fiquem preocupados como ou com aquilo que vocês vão falar, porque, nessa hora, será sugerido a vocês o que vocês devem dizer. COM EFEITO, NÃO SERÃO VOCÊS QUEM IRÃO FALAR, E SIM O ESPÍRITO DO PAI DE VOCÊS É QUEM FALARÁ ATRAVÉS DE VOCÊS. Mateus10,16-20).

      Portanto... quando uma pessoa dá aso à que, como é o caso acima, um Espirito=anjo se manifeste através dela... isto é mediunidade (meio de comunicação)...
      ----
      "Todos os fenômenos espíritas, sem exceção, são conseqüências de leis gerais. Eles nos revelam uma das forças da Natureza, força desconhecida, ou incompreendida até hoje, mas que a observação demonstra estar na ordem das coisas. O Espiritismo, portanto, repousa menos no maravilhoso e no sobrenatural do que a própria Religião."
      Allan Kardec

      Excluir
  30. Apocalipse (1)

    Sérgio Biagi Gregório

    SUMÁRIO: 1. Introdução. 2. Conceito. 3. Quem Era João? 4. Conteúdo das Profecias. 5. Profetismo e Conhecimento. 6. O Apocalipse de João e o Espiritismo. 7. Cataclismos Futuros. 8. Conclusão. 9. Bibliografia Consultada.
    1. INTRODUÇÃO

    O objetivo deste estudo é analisar o conteúdo narrado por João, em seu livro o Apocalipse, confrontando-o com os princípios codificados por Allan Kardec.

    2. CONCEITO

    Apocalipse - do gr. apokalypsis significa revelação.

    Apocalipse de João - constitui o fim do Novo Testamento, e consiste da revelação tida por João, o Evangelista, na Ilha de Patmos, acerca dos futuros acontecimentos que envolverão o planeta e a humanidade.

    3. QUEM ERA JOÃO?

    "João era médium, clarividente, profeta, possuidor de várias formas de mediunidade, em alto grau. Mas era, também, iniciado no conhecimento da época, quer da cultura grega, como da lei e da ritualística judaica. Por isto, autor de um dos evangelhos, uma versão sapiencial ou gnóstica. Nele se tem a primeira aproximação com a contemporânea filosofia do Neo-Platonismo grego e a ligação à literatura judaica de Filão, também contemporânea, que completa a tarefa de interpretar a Bíblia, segundo a filosofia grega". (Curti, 1983, p. 144)

    4. CONTEÚDO DAS PROFECIAS

    O Apocalipse de João, o último livro do Novo Testamento, consta de 22 capítulos, em que Jesus aparece a João na Ilha de Patmos e ordena-lhe que escreva o que viu e o participe à Humanidade.

    Assim:

    - escreve sete cartas a várias Igrejas;

    - relata a visão do trono da majestade divina;

    - diz que somente o Cordeiro é digno de abrir o livro dos sete selos;

    - fala da besta que subiu do mar e da terra;

    - discorre sobre a queda da Babilônia, enumerando a visão da grande prostituta assentada sobre a besta, as lamentações sobre a terra, a alegria e triunfo nos céus e as vitórias de Cristo sobre a besta e sobre o falso profeta;

    - vaticina sobre o juízo final, enaltecendo os novos céus, a nova terra e a nova Jerusalém;

    - por fim, faz algumas admoestações e conclui com as promessas finais.

    5. PROFETISMO E CONHECIMENTO

    O conhecimento forma-se lentamente, começando pelas formas arcaicas de concepção tais como o totemismo, o animismo e a mitologia. O dogmatismo surge nesse processo histórico baseando-se apenas na teoria. Na seqüência surge o simbolismo, retratado por Pitágoras, ao conceber o mundo como uma unidade.

    Hoje, o que vale é o conhecimento teórico-experimental, ou seja, o conhecimento pela comprovação das hipóteses.

    "Assim sendo, o profetismo, existente de todas as épocas, do qual o apocalipse é um fato, um exemplo, ele próprio é um fenômeno que deve ser abordado com método científico, e explicado na sua verdadeira essência.

    Que ele seja um fenômeno perfeitamente caracterizável, o atesta a história. Existe, prevê o futuro, e suas previsões são constatadas, em grande parte, pelos acontecimentos subsequentes à sua manifestação. O próprio apocalipse de João é uma previsão de sucedimentos, em sua maioria já acontecidos, constatáveis na própria história.

    As profecias, que conhecemos, dizem respeito a previsões passadas e foram efetuadas em eras, em que o conhecimento era de outra natureza, diferente do nosso, cuja existência iniciou-se há dois ou três séculos.

    Sua formulação, por isto, é eivada de símbolos, de analogias, de pressupostos que já não são dos nossos dias, não são mais cultivados e, portanto, já escapam ao nosso conhecimento, o que torna sua interpretação, muitas vezes, totalmente obscura". (Curti, 1983, p. 151)

    continua...

    ResponderExcluir
  31. Apocalipse




    Sérgio Biagi Gregório




    SUMÁRIO: 1. Introdução. 2. Conceito. 3. Quem Era João? 4. Conteúdo das Profecias. 5. Profetismo e Conhecimento. 6. O Apocalipse de João e o Espiritismo. 7. Cataclismos Futuros. 8. Conclusão. 9. Bibliografia Consultada.


    1. INTRODUÇÃO


    O objetivo deste estudo é analisar o conteúdo narrado por João, em seu livro o Apocalipse, confrontando-o com os princípios codificados por Allan Kardec.


    2. CONCEITO


    Apocalipse - do gr. apokalypsis significa revelação.


    Apocalipse de João - constitui o fim do Novo Testamento, e consiste da revelação tida por João, o Evangelista, na Ilha de Patmos, acerca dos futuros acontecimentos que envolverão o planeta e a humanidade.


    3. QUEM ERA JOÃO?


    "João era médium, clarividente, profeta, possuidor de várias formas de mediunidade, em alto grau. Mas era, também, iniciado no conhecimento da época, quer da cultura grega, como da lei e da ritualística judaica. Por isto, autor de um dos evangelhos, uma versão sapiencial ou gnóstica. Nele se tem a primeira aproximação com a contemporânea filosofia do Neo-Platonismo grego e a ligação à literatura judaica de Filão, também contemporânea, que completa a tarefa de interpretar a Bíblia, segundo a filosofia grega". (Curti, 1983, p. 144)


    4. CONTEÚDO DAS PROFECIAS


    O Apocalipse de João, o último livro do Novo Testamento, consta de 22 capítulos, em que Jesus aparece a João na Ilha de Patmos e ordena-lhe que escreva o que viu e o participe à Humanidade.


    Assim:


    - escreve sete cartas a várias Igrejas;


    - relata a visão do trono da majestade divina;


    - diz que somente o Cordeiro é digno de abrir o livro dos sete selos;


    - fala da besta que subiu do mar e da terra;


    - discorre sobre a queda da Babilônia, enumerando a visão da grande prostituta assentada sobre a besta, as lamentações sobre a terra, a alegria e triunfo nos céus e as vitórias de Cristo sobre a besta e sobre o falso profeta;


    - vaticina sobre o juízo final, enaltecendo os novos céus, a nova terra e a nova Jerusalém;


    - por fim, faz algumas admoestações e conclui com as promessas finais.


    5. PROFETISMO E CONHECIMENTO

    O conhecimento forma-se lentamente, começando pelas formas arcaicas de concepção tais como o totemismo, o animismo e a mitologia. O dogmatismo surge nesse processo histórico baseando-se apenas na teoria. Na seqüência surge o simbolismo, retratado por Pitágoras, ao conceber o mundo como uma unidade.

    Hoje, o que vale é o conhecimento teórico-experimental, ou seja, o conhecimento pela comprovação das hipóteses.

    "Assim sendo, o profetismo, existente de todas as épocas, do qual o apocalipse é um fato, um exemplo, ele próprio é um fenômeno que deve ser abordado com método científico, e explicado na sua verdadeira essência.

    Que ele seja um fenômeno perfeitamente caracterizável, o atesta a história. Existe, prevê o futuro, e suas previsões são constatadas, em grande parte, pelos acontecimentos subsequentes à sua manifestação. O próprio apocalipse de João é uma previsão de sucedimentos, em sua maioria já acontecidos, constatáveis na própria história.

    As profecias, que conhecemos, dizem respeito a previsões passadas e foram efetuadas em eras, em que o conhecimento era de outra natureza, diferente do nosso, cuja existência iniciou-se há dois ou três séculos.

    Sua formulação, por isto, é eivada de símbolos, de analogias, de pressupostos que já não são dos nossos dias, não são mais cultivados e, portanto, já escapam ao nosso conhecimento, o que torna sua interpretação, muitas vezes, totalmente obscura". (Curti, 1983, p. 151)

    ResponderExcluir

  32. apocalipse - 2

    6. O APOCALIPSE DE JOÃO E O ESPIRITISMO

    Emmanuel, comentando o apocalipse de João, em A Caminho da Luz, diz que "O Divino Mestre chama aos Espaços o Espírito João, que ainda se encontrava preso nos liames da Terra, e o Apóstolo, atônito e aflito, lê a linguagem simbólica invisível.

    Recomenda-lhe o Senhor que entregue os seus conhecimentos ao planeta como advertência a todas as nações e a todos os povos da Terra, e o Velho Apóstolo de Patmos transmite aos seus discípulos as advertências extraordinárias do Apocalipse.

    Todos os fatos posteriores à existência de João estão ali previstos. É verdade que freqüentemente a descrição apostólica penetra o terreno mais obscuro; vê-se que a sua expressão humana não pode copiar fielmente a expressão divina das suas visões de palpitante interesse para a história da Humanidade. As guerras, as nações futuras, os tormentos porvindouros, o comercialismo, as lutas ideológicas da civilização ocidental, estão ali pormenorizadamente entrevistos. E a figura mais dolorosa, ali relacionada, que ainda hoje se oferece à visão do mundo moderno, é bem aquela da igreja transviada de Roma, simbolizada na besta vestida de púrpura e embriagada com o sangue dos santos". (Xavier, 1972, p. 126 e 127)

    Identifica a besta como sendo o papado e o número 666 como sendo o "Sumo- Pontífice da igreja romana quem usa os títulos de "VICARIVS GENERALIS DEL IN TERRIS", VICARIVS FILII DEI" e "DVX CLERI" que significam "Vigário-Geral de Deus na Terra", "Vigário do Filho de Deus" e Príncipe do Clero". Bastará ao estudioso um pequeno jogo de paciência, somando os algarismos romanos encontrados em cada título papal, a fim de encontrar mesma equação de 666, em cada um deles". (Xavier, 1972, p. 128)

    7. CATACLISMOS FUTUROS

    Com relação ao juízo final e à desolação do Planeta Terra, Allan Kardec diz que "A Terra adquiriu uma estabilidade que, sem ser absolutamente invariável, coloca doravante o gênero humano ao abrigo de perturbações gerais, a menos que intervenham causas desconhecidas, a ela estranhas e que de modo nenhum se possam prever". (1975, cap. IX, item 11, p. 185)

    Mais para frente diz: "Fisicamente, a Terra teve as convulsões da sua infância; entrou agora num período de relativa estabilidade: na do progresso pacífico, que se efetua pelo regular retorno dos mesmos fenômenos físicos e pelo concurso inteligente do homem. Está, porém, ainda, em pleno trabalho de gestação do progresso moral. Aí residirá a causa das suas maiores comoções. Até que a Humanidade se haja avantajado suficientemente em perfeição, pela inteligência e pela observância das leis divinas, as maiores perturbações ainda serão causadas pelos homens, mais do que pela Natureza, isto é, serão antes morais e sociais do que físicas". (1975, cap. IX, item 14, p. 187)

    8. CONCLUSÃO

    O apocalipse de João é uma exortação à mediunidade, a maior ferramenta da revelação divina. João, possuidor de vários tipos de mediunidade, pode se desdobrar, ir ao futuro, e nos trazer essas informações. Assim, se excluirmos a mediunidade em nossas interpretações, ficaremos apenas com o simbolismo da letra, que mais confunde do que ajuda a elucidação científica da profecia.

    9. BIBLIOGRAFIA CONSULTADA

    CURTI, R. As Epístolas de Paulo e o Apocalipse de João (Segundo o Espiritismo). São Paulo, FEESP, 1983.

    KARDEC, A. A Gênese - Os Milagres e as Predições Segundo o Espiritismo. 17. ed., Rio de Janeiro, FEB, 1975.

    XAVIER, F. C. A Caminho da Luz - História da Civilização à Luz do Espiritismo, pelo Espírito Emmanuel. Rio de Janeiro, FEB, 1972.

    São Paulo, abril de 2000

    ResponderExcluir
  33. O Apocalipse tem linguagem simbólica, mas com símbolos bíblicos. Para um rivailista é um texto incompreensível, porque trata de revelações antiespíritas, ou seja, ressurreição, inexistência de espíritos desencarnados a passear pelos centros espíritas, Jesus com natureza divina e não um espírito evoluído, salvos e perdidos, juízo final...somente pauladas na cabeça dura e blindada desse lusitano ignorante.
    Interessante é que o galego deveria esperar cartas enviadas a centros espíritas, mas são enviadas a igrejas cristãs, onde as boas novas (evangelho) são que Jesus Cristo morreu e ressuscitou para a salvação de todo aquele que nele crê.
    Nas igrejas cristãs se ensina salvação mediante a fé em Cristo, nos centros rivailistas, onde afeminados "recebem" espíritos imaginários se ensina a necessidade de trilhões de reencarnações. E os rivailistas ainda querem ser chamados de cristãos!
    Segundo Rivail, todo espírito tem de passar por trilhões de vidas de sofrimento para alcançar o estado final de felicidade, o Apocalipse aponta para o fim da morte com o simbolismo de que também ela foi lançada ao lago de fogo. Logo, a doutrina das vidas sucessivas é claramente detonada no Apocalipse, não tem nada de linguagem obscura nisso.
    Caro leitor, responda: quem você acha que merece mais crédito, os discípulos que o próprio Jesus escolheu, ou esses desmunhecantes que manifestam espíritos imaginários de cuja identidade ninguém tem comprovação? Sabia que nas igrejas cristãs a crença geral é que esses supostos espíritos de mortos são, na verdade, demônios enganadores que ensinam a doutrina anticristã da reencarnação e negam a natureza divina de Jesus e sua morte e ressurreição para salvação dos que nele creem?
    Por que não deixam você questionar os espíritos e perguntar a eles dados sobre sua vida sobre a terra que poderiam comprovar a realidade deles?
    Você não desconfia de nada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. evidentemente que Jesus detona com toda essa conversa inquinada por uma mente que só segrega esterco e puro lixo (des)interpretativo ANTICRISTÃO...

      Jesus revela a LEI da evolução
      "Em verdade, em verdade vos digo: aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço, e fará ainda maiores do que estas, porque vou para junto do Pai. (São João 14, 12)"

      (Na parábola do B. Samaritano desenvolve a necessidade da evolução do individuo/Espirito até patamares de grande "amor ao próximo" como fazendo parte de sua índole NATURAL )

      Jesus através da parábola do pobre e do rico...

      ... informa que os "mortos" continuam vivos Espiritualmente e que têm consciência de suas situações felizes ou infelizes que os espera após desencarne... Lucas,16-19...31

      Jesus faz mediunidade, entrando em contato com Moises e Elias com quem conversa perante testemunhas... Lucas 17,1...8

      Portanto são estas demonstrações PURAS E LIMPAS que desesperam o
      trapaceiro 233 que se contorce e retorce em tentativas raivosas de tapar o que o
      Mestre tão bem explica/mostra/demonstra... Missão impossível como é NATURAL!!!... :)...




      Excluir
  34. O galego, ou outro rivailista fanático que acredita em espíritos de mortos imaginários lê, mas não compreende, a expressão "Espírito do vosso Pai".
    Jesus estava dizendo que espírito era esse, chamado também Espírito Santo , Espírito de Jesus, ou simplesmente Espírito, com maiúscula.
    Jesus estava falando da mesma inspiração que era dada aos profetas, inspiração divina, por isso a Bíblia, para os que creem nela, é chamada a Palavra de Deus.
    Mas, eis a dúvida, respondida por Deus: como saber que o profeta está falando o que Deus inspirou, e quando está falando de si mesmo ou sendo o porta-voz de algum espírito demoníaco?

    Em Deuteronômio, no cap. 18, o capítulo bíblico mais odiado pelos rivailistas, temos:

    7Então o Senhor me disse: Falaram bem naquilo que disseram.

    18Eis lhes suscitarei um profeta do meio de seus irmãos, como tu, e porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes falará tudo o que eu lhe ordenar.

    19E será que qualquer que não ouvir as minhas palavras, que ele falar em meu nome, eu o requererei dele.

    20Porém o profeta que tiver a presunção de falar alguma palavra em meu nome, que eu não lhe tenha mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá.

    21E, se disseres no teu coração: Como conhecerei a palavra que o Senhor não falou?

    22Quando o profeta falar em nome do Senhor, e essa palavra não se cumprir, nem suceder assim; esta é palavra que o Senhor não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenhas temor dele.
    Deuteronômio 18:17-22


    Se Deus fala, se cumpre.
    Lembram-se daquele livros de Chico Xaveco Xavier sobre a vida nos planetas do sistema solar? A NASA achou algum marciano voador? Achou alguma floresta, mares ou cidades em Marte?

    E tem ainda quem acredite naquele farsante!

    E os fantasmas de médicos nazistas que não sabem falar alemão?

    Positivamente, essa parte prática do Rivailismo é ridícula, e a doutrinária é contraditória e negada pela Bíblia.
    Amigo, jogue fora os livros de Rivail e do Chico Farsante, é tudo mentira.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Evidentemente que não é próprio Deus quem fala através de seja quem for... Tal como diz Paulo, são os Anjos (Espiritos puros) que estão ao seu serviço
      quem faz a "ligação do outro lado com este"...

      Hb,1
      14. Não são todos os anjos **espíritos** ao serviço de Deus, que lhes confia missões para o bem daqueles que devem herdar a salvação?

      e depois...

      ... não esquecer que, ao falar-se de profetas, como é informado na Biblia, está se falando de videntes...

      Simples isto... :)...

      Excluir
    2. Como sempre, para justificar as ideias do professorzinho do século XIX, os rivailistas fazem de Jesus um mentiroso.
      Jesus disse que Lázaro morrera, mas eles dizem que não, que Lázaro não morrera.
      Jesus disse que "O Espírito de vosso Pai é que falará através de vós.", mas o galego diz que "Evidentemente que não é próprio Deus quem fala através de seja quem for.., então Jesus mentiu. Sim essa é a doutrina de Rivail, mas a doutrina bíblica diz que Deus usa seus profetas. Cap. 12, Paulo aos coríntios, 1ª epístola:

      Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes.
      Vós bem sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos, conforme éreis guiados.
      Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema, e ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo.
      Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.
      E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.
      E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.
      Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil.
      Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência;
      E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar;
      E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas.
      Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.
      Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também.
      Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito.

      1 Coríntios 12:1-13

      Claro que o galego tem dificuldade de entender doutrinas antirrivailistas além de expressões em bom português como "um só e o mesmo Espírito".
      Mais uma coisa: Anjos (mensageiros) têm corpos, não podem entrar em corpos humanos e usá-los, como os demônios, que são seres incorpóreos. Portanto, anjos não podem falar através de pessoas, mas A ELAS.

      Excluir
    3. ... como já disse antes, o 233 é um mentecapto que ainda julga DEUS como um ser com corpo físico e que sai do corpo para falar espiritualmente com as pessoas, embora Paulo tenha dito precisamente que são os anjos (que o acéfalo 233 também julga que têm corpo material) é quem faz a ligação com a humanidade...

      De resto... também não custa assim tanto "imaginar" que haverá miríades e miríades de anjos no Univ ao serviço de DEUS...

      Aliás... Jesus, não diz que seria o próprio DEUS quem interviria caso Ele necessitasse... O Cristo refere que seriam enviadas legiões de anjos para fazer esse trabalho...

      "Crês tu que não posso invocar meu Pai e ele não me enviaria imediatamente mais de doze legiões de anjos?" (São Mateus 26, 53)

      mais um pouco...

      "Porque o Filho do Homem há de vir na glória de seu Pai com seus anjos, e então recompensará a cada um segundo suas obras." (São Mateus 16, 27)

      É Jesus que confirma... "são os anjos que se movimentam (não em corpo material evidentemente) para fazer a VOINTADFE DO PAI"... :)...

      Excluir
    4. 233 (...)Anjos (mensageiros) têm corpos, não podem entrar em corpos humanos e usá-los, como os demônios, que são seres incorpóreos. Portanto, anjos não podem falar através de pessoas, mas A ELAS.
      --
      VV- isso acima é mais uma bacorada do infeliz 233 que de D. Espirita sabe nada e inventa situações que não são realmente Espiritas...

      Assim... esclareça-se que os Espíritos não "entram" no corpo dos médiuns... eles se colocam junto do médium e aproveitam seu dom para através do controlo de suas mentes comunicarem e se fazerem notados...

      Portanto... nada disso de "entrarem" no corpo e se situarem lá... :)...

      Excluir
    5. É o que sempre fazem, acusam Jesus de mentiroso:



      Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha.
      Quando o espírito imundo tem saído do homem, anda por lugares secos, buscando repouso; e, não o achando, diz: Tornarei para minha casa, de onde saí.
      E, chegando, acha-a varrida e adornada.
      Então vai, e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entrando, habitam ali; e o último estado desse homem é pior do que o primeiro.

      Lucas 11:23-26


      E chegaram ao outro lado do mar, à província dos gadarenos.
      E, saindo ele do barco, lhe saiu logo ao seu encontro, dos sepulcros, um homem com espírito imundo;
      O qual tinha a sua morada nos sepulcros, e nem ainda com cadeias o podia alguém prender;
      Porque, tendo sido muitas vezes preso com grilhões e cadeias, as cadeias foram por ele feitas em pedaços, e os grilhões em migalhas, e ninguém o podia amansar.
      E andava sempre, de dia e de noite, clamando pelos montes, e pelos sepulcros, e ferindo-se com pedras.
      E, quando viu Jesus ao longe, correu e adorou-o.
      E, clamando com grande voz, disse: Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? conjuro-te por Deus que não me atormentes.
      (Porque lhe dizia: Sai deste homem, espírito imundo.)
      E perguntou-lhe: Qual é o teu nome? E lhe respondeu, dizendo: Legião é o meu nome, porque somos muitos.
      E rogava-lhe muito que os não enviasse para fora daquela província.
      E andava ali pastando no monte uma grande manada de porcos.
      E todos aqueles demônios lhe rogaram, dizendo: Manda-nos para aqueles porcos, para que entremos neles.
      E Jesus logo lho permitiu. E, saindo aqueles espíritos imundos, entraram nos porcos; e a manada se precipitou por um despenhadeiro no mar (eram quase dois mil), e afogaram-se no mar.
      E os que apascentavam os porcos fugiram, e o anunciaram na cidade e nos campos; e saíram muitos a ver o que era aquilo que tinha acontecido.
      E foram ter com Jesus, e viram o endemoninhado, o que tivera a legião, assentado, vestido e em perfeito juízo, e temeram.
      E os que aquilo tinham visto contaram-lhes o que acontecera ao endemoninhado, e acerca dos porcos.
      E começaram a rogar-lhe que saísse dos seus termos.
      E, entrando ele no barco, rogava-lhe o que fora endemoninhado que o deixasse estar com ele.
      Jesus, porém, não lho permitiu, mas disse-lhe: Vai para tua casa, para os teus, e anuncia-lhes quão grandes coisas o Senhor te fez, e como teve misericórdia de ti.
      E ele foi, e começou a anunciar em Decápolis quão grandes coisas Jesus lhe fizera; e todos se maravilharam.
      Marcos 6:1-20

      Fica claro que Jesus mostrou que os demônios habitam o corpo de suas vítimas, por isso muitos se tornam loucos e homossexuais compulsivos.

      Se Jesus encontrasse aquela figura estranha, de peruca, bonezinho e óculos escuros, diria "Saí dele, espíritos imundos" , e o chefe se dizendo um espírito de cônsul romano diria "Que temos nós contigo?"
      "Qual o teu nome?"
      "Legião, porque somos mais de quatrocentos."
      "Saí dele todos vós e não mais volteis."
      E aquele pobre homem ficaria curado de sua doença mental, não mais teria nojo de mulher, e não psicografaria nunca mais.

      Excluir
    6. Patético esse 233, COMO SEMPRE!!!...

      Atente-se que quem passa todo tempo tentando emendar Jesus e O colocando em posição de cínico que ensinava de forma a iludir interlocutores como é pretensão do contorcionista (des)interpretador 233, nos casos de por exemplo:

      - Nicodemos e senhor da Lei...

      - dos apóstolos que "viram uma miragem" de Moisés e Elias e não foram avisados dessa ilusão...

      - de João Batista ser um "sósia como se fosse o Elias" quando Jesus informou de forma clara que ele "era o Elias que voltou"...

      (há mais exemplos mas por agora ficam somente esses acima)

      Portanto... é bem evidente quem faz de Jesus um "mau comunicador" e essa evidencia aponta nitidamente para o trapaceiro 233...

      Quanto ao resto... todo mundo sabe que as possessões demoníacas fazem parte da atividade dos Espirilos inferiores e de má índole moral...

      E ainda hoje, tremem e entram em contorcido desespero perante o nome de Jesus!!!...

      Qual a duvida??... :)...

      Excluir
  35. João 5:24
    Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não entra em juízo, mas já passou da morte para a vida.


    Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. Gálatas 1:8

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 233 - Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. Gálatas 1:8
      ---
      Esta é, sem duvida alguma, daquelas passagens biblicas que o contorcionista (des)interpretador 233 deve pronunciar em voz alta enquanto se olha no espelho...

      Para se ver ele, infeliz 233, anunciando «outro Evangelho», basta colocar essa informação de Jesus aos apóstolos, que o 233 entra de imediato em deturpe e em contorcionismo (des)interpretativo...

      Perante uma pergunta direta e bem colocada...

      "Em seguida, os discípulos o interrogaram: Por que dizem os escribas que Elias deve voltar primeiro?" (São Mateus 17, 10)

      Jesus respondeu de forma clara e sem qualquer intenção de esconder algo nas
      entrelinhas:

      "E, se quereis compreender, é ele o Elias que devia voltar." (São Mateus 11, 14)

      "Mas eu vos digo que Elias já veio, mas não o conheceram; antes, fizeram com ele quanto quiseram. Do mesmo modo farão sofrer o Filho do Homem." (São Mateus 17, 12)

      "Mas digo-vos que também Elias já voltou e fizeram-lhe sofrer tudo quanto quiseram, como está escrito dele." (São Marcos 9,

      Após esta amostra demonstrativa... aguardemos como vai o caricato 233 torcer e retorcer o que foi dito, para uma versão (à la 233) onde, Ele, Jesus, passa à dizer outra revelação totalmente diferente... (anunciando assim, esse triste 233, "OUTRO Evangelho")...

      Vamos esperar... :)...


      Excluir
  36. Daniel, continuando sobre a prisão da mentira, observe o que se passou com a pobre Anneliese: era católica, aprendeu que existe alma imortal que vai para o céu, o purgatório ou o inferno, Ela era doente, sofria de epilepsia e esquizofrenia. Deve ter lido o livro "The Exorcist" de William Peter Blatty, lançado justamente quando começaram os problemas de Anneliese.
    O livro foi supostamente baseado num caso real de exorcismo em 1949.
    O livro teria sido baseado nos registros de um caso real, alegadamente realizado em Mount Rainier, no estado de Maryland.1 O jornal The Washington Post2 e supostamente outros periódicos locais relataram o discurso de um padre feito numa sociedade de parapsicologia amadora, na qual este teria afirmado haver exorcismado um demônio em um menino de 13 anos de idade chamado Ronald, cujo sofrimento durou cerca de seis semanas, e terminado em 19 de abril de 1949.

    Em 1999 o repórter Mark Opsasnick contestou as afirmações de que um exorcismo teve lugar em Mount Rainier. Escrevendo para o Strange Magazine, contou sua pesquisa num artigo detalhado em que mostra que uma investigação sobre os fatos reais que serviram de base para o romance de horror. Intitulado "The Haunted Boy of Cottage City: the Facts Behind the Story that Inspired the Exorcist" (O menino assombrado de Cottage City: os fatos por trás da história que inspirou "O Exorcista", em livre tradução) o artigo diz ter sido em Cottage City o local real dos fatos. Realizou uma entrevista com o padre Walter Halloran, que tinha auxiliado no exorcismo e que "...não houve xenoglossia (ou algo imitando o latim), não houve alteração na voz, sem força prodigiosa, sem vômitos ou urinação..." A conclusão que Opsasnick chegou foi que o garoto de 14 anos não estava realmente sob uma possessão diabólica.

    Veja, Daniel, que os supostos nomes dos demônios são de invenção de uma mente perturbada com ideias católicas, Caim, Lúcifer, Nero, Hitler e um tal padre Fleishmann, condenado ao Inferno por não honrar a batina. Tudo imaginação boba, só podendo caber nas cabeças de quem acredita nas ideias ridículas do Catolicismo.

    Anneliese, segundo os médicos, era apenas uma doente, e os rituais ridículos dos padres só agravaram seu estado. Mandar demônio fazer saudação a virgem Maria é de matar de rir. Demônio que respeita contas do rosário? Nisso nem um bobalhão como o lusitano acreditaria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O nome Lucifer realmente não tem na bíblia, e voce acredita de fato que não aconteceu possessão demoníaca neste caso da Anneliese, ou Emyle - eu não sei se estamos falando do mesmo caso.
      Algumas correntes religiosas afirmam que estes casos de epilepsia são de direta influência de demônios na vida da pessoa.

      O que voce acreditar ser realmente uma possessão maligna, e por que isto acontece? Será por alguma ordenação divina?

      No passado, Jesus fez alguns milagres para testemunho do seu ministério.

      Excluir
    2. Vamos por etapas, Daniel, reconhecendo, em primeiro lugar, que esse assunto é de difícil análise.
      Segundo a Teologia cristã, existem demônios e são eles que se manifestam nos médiuns espíritas, seja nos rituais afro-brasileiros ou nas chamadas casas espíritas "kardecistas", porque a Bíblia não reconhece a existência dos chamados 'espíritos desencarnados" ou alma dos mortos. No entanto, erradamente, até as igrejas protestantes creem na imortalidade da alma e, sendo assim, acham que após a morte as almas vão para algum alugar, ou de "descanso" , ou para o inferno, no caso dos que morreram sem Cristo.
      Os católicos têm uma posição claramente grega, os salvos vão para o céu e podem ouvir pedidos e fazer milagres, são os famosos "santos"; outros, ainda necessitando uma purificação, vão para o Purgatório, que é uma espécie de Inferno temporário.
      Tudo isso aí em cima é antibíblico.
      Segundo a Bíblia, existem anjos e demônios, mais nada.
      Os anjos servem a Deus, os demônios são comandados por Satanás, mas sua origem não é revelada. Há menção de anjos rebeldes que seguiram a Satanás, mas os demônios não são anjos, pois são incorpóreos e podem habitar o corpo de uma pessoa às centenas. Poderia ser que a "prisão" em que se encontram fosse a incorporeidade, o que os obriga a ocupar os corpos de pessoas ou de animais.
      Mas isso são conjecturas.
      Agora vamos a minha Teologia, a qual concorda com a de Sir Isaac Newton e outros poucos teólogos:
      Não existem espíritos de espécie alguma, nem de mortos, nem demônios. Os possessos são doentes mentais, inclusive os que aparecem nos textos do NT. O povo antigo interpretava a loucura como possessão de demônios, só isso.
      Anneliese Michel não era possessa, era doente e foi sugestionada pelas crendices católicas, além de ter algum problema de fortes impulsos sexuais que considerava pecaminosos, o que a fazia procurar uma espécie de autopunição por meio de uma imaginária possessão demoníaca.

      Pense bem, Daniel, se o Chico Xavier tivesse contato com espíritos de mortos ou com demônios, não teria escrito tanta besteira. Teria, ao contrário, descrito Marte, Vênus e os outros planetas como realmente são, e agora estaríamos, até eu, acreditando nos tais espíritos.
      Chico Xavier era apenas um doente mental que sofria de algum grau de esquizofrenia, além de farsante.
      Concorda?

      Excluir
    3. Sim eu concordo. Jesus realmente não afirmou nada disso. Antes porem apenas curava sem questionar. Porem os escribas é que falaram que Jesus expulsava demônios por ter espírito de demônio.

      Excluir
    4. o mentecapto 233 diz -» Segundo a Teologia cristã, existem demônios e são eles que se manifestam nos médiuns espíritas, (...)
      ---
      Kardec, dando largas à sua lucidez/sensatez/racionalidade de PURO Cristão, contrapõe:

      "Afirmar que somente os maus espíritos se comunicam, é dizer que os bons não podem fazê-lo; se assim é, de duas uma: isto se passa pela vontade ou contra a vontade de Deus. Se é contra a sua vontade, é que os maus espíritos
      são mais poderosos do que Ele; se é por sua vontade, por que, em sua bondade, não permitiria aos bons, para contrabalançar a influência dos outros?"
      ---
      Hein???... HEIIIIIN????

      Portanto... é uma questão de SIMPLES!!! opção entre o que é razoável e o que se apresenta como aberrante(233) quanto à analise dos acontecimentos que, nesta área, se vão dando à conhecer por esse mundo fora...

      "Todos os fenômenos espíritas, sem exceção, são conseqüências de leis gerais. Eles nos revelam uma das forças da Natureza, força desconhecida, ou incompreendida até hoje, mas que a observação demonstra estar na ordem das coisas. O Espiritismo, portanto, repousa menos no maravilhoso e no sobrenatural do que a própria Religião." - Allan Kardec

      De minha parte... NÃO TENHO DUVIDA ABSOLUTAMENTE NENHUMA!!! que os homens sensatos de hoje (e mesmo os de antigamente) FACILMENTE entenderão onde o DEUS de PERFEITA SABEDORIA QUE CRIOU COM INFINITO AMOR!!!!... :)...

      Excluir
  37. Estatueta de Pazuzu, o demônio do filme O Exorcista. Deve ser da falange daquele outro demônio que se dizia cônsul romano e era "guia" do Chico Xaveco Xavier.

    http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/5/52/PazuzuDemonAssyria1stMilleniumBCE.jpg/220px-PazuzuDemonAssyria1stMilleniumBCE.jpg

    Hahahahaha!

    ResponderExcluir
  38. Daqui a vinte anos o galego vai postar os mesmos versículos mal interpretados por Rivail porque rivailistas não pensam por si, mas somente sabem o que leram nos escritos que seu mestre disse que era revelação de pseudoespíritos.

    Que é que Paulo queria dizer com "outro evangelho que vá além do que pregamos"?
    Paulo pregou o evangelho da salvação pela fé em Jesus Cristo. Boas obras, rogos de Maria, purificação no Purgatório, reencarnação para evoluir, tudo isso é "evangelho que vai além", logo, quem os anuncia está sob o anátema bíblico.
    Se existe Inferno, tanto católicos como rivailistas estão com o passaporte prontinho. É esse o destino de Rivail, dos papas e padres, do Emperucado e do galego.
    Resta a esperança de que o que Paulo escreveu não valha nada, mas, assim, não vale nada do que a Bíblia diz, e, se nada do que a Bíblia diz vale, o Rivailismo também nada vale, porque Rivail fundamentou seus escritos nela.
    Mas o galego é muito burro para poder entender isso!

    ResponderExcluir
  39. ... o labrego 233 vai desencarnar trapaceando (des)interpretações que encaixem em seus desejos de antiespirita alucinadamente doentio...

    ... esse mentecapto, não enxergando sua pequenez intelecto-moral, julga poder ombrear com Kardec seja em que aspeto doutrinário Cristão for... Coitado!!!

    "labrego", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

    la·bre·go |

    adjectivo e substantivo masculino

    1. Rude, aldeão.

    2. [Figurado] Grosseiro, malcriado.


    ResponderExcluir
  40. Escreveu o galego, mediocremente dependente de Rivail, babando de admiração pelo professorzinho de adolescentes:

    o mentecapto 233 diz -» Segundo a Teologia cristã, existem demônios e são eles que se manifestam nos médiuns espíritas, (...)
    ---
    Kardec, dando largas à sua lucidez/sensatez/racionalidade de PURO Cristão, contrapõe:

    "Afirmar que somente os maus espíritos se comunicam, é dizer que os bons não podem fazê-lo; se assim é, de duas uma: isto se passa pela vontade ou contra a vontade de Deus. Se é contra a sua vontade, é que os maus espíritos
    são mais poderosos do que Ele; se é por sua vontade, por que, em sua bondade, não permitiria aos bons, para contrabalançar a influência dos outros?"

    Essa a concepção de Rivail, baseado na crença popular da existência de bons e maus espíritos.
    Acontece que a BÍBLIA não diz em lugar nenhum que existem bons espíritos. Ela fala de anjos, bons, os que servem a Deus, e anjos caídos, que seguiram a Satanás. Mas essas passagens podem ser interpretadas de maneira simbólica.
    Logo, SEGUNDO A BÌBLIA, não existem os tais bons espíritos que contrabalanceariam as manifestações dos maus. A tese de Rivail não tem apoio bíblico.
    Quanto a Deus poder ou não poder, ou querer, evitar que alguém seja enganado por somente haver manifestação de demônios, novamente não há como procurar apoio bíblico, porque DEUS PROIBIU CONSULTAR MORTOS. Se houvesse esse equilíbrio proposto por Rivail, Deus não precisaria proibir. Deus mandou consultar os seus profetas, quem não obedece tem de arcar com as consequências.
    Já perguntei por que os espíritos dos mortos nunca dão informações concretas sobre seu passado no mundo dos vivos que pudessem ser verificados. Por quê não podem? Seria a coisa mais fácil do mundo convencer a todos da veracidade da vida após a morte e da comunicabilidade dos espíritos.
    Eles não fazem isso porque não existem.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Essa a concepção de Rivail, baseado na crença popular da existência de bons e maus espíritos.
      Acontece que a BÍBLIA não diz em lugar nenhum que existem bons espíritos. Ela fala de anjos,
      ---
      ...o mentecapto 233 precisa de uma despoluição total à sua mente que está enceguecida doentiamente por um fanatismo antiespirita profundo...

      ... o infeliz não é capaz de perceber que basta ir na Biblia (portanto muito antes do evento do Espiritismo) para se comprovar que "ANJOS SÃO ESPIRITOS BONS)...

      marrete-se na cabeçorra do 233 as evidencias....

      Paulo diz que Espiritos são anjos
      Hb,1
      14. Não são**** todos os anjos espíritos ao serviço de Deus,*** que lhes confia missões para o bem daqueles que devem herdar a salvação?

      Hein???...HEIIIIIN????


      Coitado do triste 233... SEMPRE!!!! tem a Biblia contra ele....

      Excluir
    2. 233 - (...)porque DEUS PROIBIU CONSULTAR MORTOS.

      VV - MAIS UMA!!!! tentativa de o impostor 233 confundir os incautos dispostos a aceitar tudo o que seja antiespirita sem se darem ao trabalho de confirmar a veracidade do que é manipulado pelo trapaceiro dois três três...

      Ora acontece que... no caso mencionado, na VERDADE!!! DEUS jamais proibiu contacto com "mortos/cadáveres" porque esses são impossíveis de contatar... Quem REALMENTE!!! lançou uma lei contra praticas de barbaridade selvagem no uso de rituais inerentes à consulta de "mortos", foi Moisés que, como líder principal de um povo em estado de muito atraso cívico, precisava de ser disciplinado...

      Tão simples quanto isto...

      Nota - Como se sabe, Moisés, depois de seu corpo ter virado pó há muito muito tempo, foi um dos "mortos" que conferenciou com Jesus, numa sessão
      testemunhada por vários presentes ao acontecimento... Portanto... :)...

      Excluir
    3. Essas contradições são próprias de defensores do engano, da fraude, da mentira.
      Quando um rivailista diz alguma coisa, inventada por sua mente doentia, eles dizem que foi inspiração do plano espiritual superior. Quando a Bíblia proíbe consultar mortos, eles não aceitam que foi inspiração divina, dizem que foi ideia de Moisés...
      Esse galego é um palhaço!

      Excluir
  41. Pergunta ao 233:
    Sr. Adilson, acaso os espíritas não consultam profetas? Eles consideram os médiuns dotados do dom divino da intermediação entre o mundo material e o mundo espiritual. Eles consideram, por exemplo, Chico Xavier um profeta de Deus.

    Hahahahahaha! Profeta de Deus V-V-eado e farsante? Problema deles se acreditam nessa besteira. Se o Emperucado fosse profeta de Deus estaria repetindo o que Deus revelou na sua Palavra, o que seria chover no molhado, porque a Bíblia já revelou tudo.O Emperucado falou sempre CONTRA a mensagem bíblica. Ele falou de reencarnação e evolução dos espíritos. A Bíblia fala de SALVAÇÃO pela fé em Jesus, o que é justamente o contrário. Salvação é instantânea, evolução é progressiva, em trilhões de vidas sucessivas. Uma coisa nada tem a ver com a outra. Por isso os cristão consideram o Emperucado um profeta de Satanás.

    ResponderExcluir
  42. Sr. Adilson, o lusitano Miguel deve ficar com muita raiva do senhor ao ler essas coisas que o senhor escreve sobre o ídolo dele.

    E eu com isso? Quanto mais o V-V-ai-sem-Volta se irritar, mais estou eu perto da verdade e afastado da mentira. O galego é um fanático, um cego, um doente.

    ResponderExcluir
  43. Aí vai de novo (de novo significa MAIS UMA VEZ):

    Já perguntei por que os espíritos dos mortos nunca dão informações concretas sobre seu passado no mundo dos vivos que pudessem ser verificadas. Por quê não podem? Seria a coisa mais fácil do mundo convencer a todos da veracidade da vida após a morte e da comunicabilidade dos espíritos.
    Eles não fazem isso porque não existem.

    Nenhum outro argumento é necessário para convencer PESSOAS NORMAIS de que os tais espíritos não existem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 233 - Já perguntei por que os espíritos dos mortos nunca dão informações concretas sobre seu passado no mundo dos vivos que pudessem ser verificadas(...)

      Caramba... o lorpa 233 sabe perfeitamente que milhentas manifestações são perfeitamente reconhecidas por familiares através de sinais/indicações/testemunhos... que só eles conhecem...

      ...havendo até o registo de um caso que levou à absolvição de um presumível assassino, por intervenção BEM IDENTIFICADA do Espirito que "animava" o corpo da vitima... Os pormenores do que aconteceu, foram passados para o papel por interMEDIUM do impoluto FCXavier... (é um caso bem conhecido dos brasileiros e não só brasileiros)...

      Claro que a reação do labrego 233 será a de invetivar tudo e todos que de uma forma ou outra confirmam plenamente a D. Espirita... É próprio de uma mente conturbada pelo lixo (i)moral que sustenta... :(...

      Excluir
  44. Nenhum espírito dá informações que podem ser comprovadas, NENHUM, porque espíritos não existem.
    "Testemunho" de parentes matusquelas que dizem reconhecer mensagem de mortos é bobagem, só convencem idiotas, porque malucos que procuram médiuns e videntes não merecem crédito.
    O que seria "prova" é dar endereços, nomes etc. que fossem confirmados. As informações do suposto espírito de Bridey Murphy foram investigadas e nada foi confirmado, pelo contrário, descobriu-se que as "recordações" de outra vida não passavam de lembranças da infância.
    Tem de ser muito crédulo para ainda acreditar em uma linha que seja do que pseudopsicografou o Chico Xaveco Xavier depois que a NASA mostrou que não existem marcianos voadores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. 233 -» O que seria "prova" é dar endereços, nomes etc.
      ---
      bem... o mentecapto 233 após dizer que os "sinais/provas escritas/segredos... revelados pelos Espiritos aos familiares e perfeitamente reconhecidos por estes, não valem como evidencia de credibilidade... anuncia que...

      ...se derem moradas, nomes etc... serão prova de sua existência...

      ora essa... caso fosse intenção do Espiritismo fraudar testemunhos de Espiritos...precisamente isto é o que seria mais fácil de fazer... isto é, apresentar: moradas, nomes etc... :))...

      Entretanto... vamos colocar o 233 vociferando MAIS ofensas contra quem, mesmo não sendo Espiritas, confirmam plenamente o Espiritismo... ;)...

      http://www.youtube.com/watch?v=kUEoNAiD24s

      Excluir
  45. V-V-ai-sem-Volta, o crédulo, ingênuo, bobão, escreveu:


    ...se derem moradas, nomes etc... serão prova de sua existência...

    ora essa... caso fosse intenção do Espiritismo fraudar testemunhos de Espiritos...precisamente isto é o que seria mais fácil de fazer... isto é, apresentar: moradas, nomes etc... :))...
    ...se derem moradas, nomes etc... serão prova de sua existência...

    O galego QUASE me entendeu. Não é o Espiritismo que procura dar ou procuraria dar provas, Espiritismo é o nome errado de um falso sistema científico-filosófico que um professorzinho lionês pretendeu colocar no lugar do falso Cristianismo que ele conheceu, o Catolicismo.
    O nome correto dessa enganação é RIVAILISMO, porque nenhum espírito revelou nada, nunca, em lugar algum, porque espíritos não existem.

    Que é que eu quis dizer? Um espírito desencarnado deveria poder dizer onde nasceu, onde estudou, onde morou , onde trabalhou, nomes e endereços de parentes e amigos, onde foi sepultado. Alguém, isto é, qualquer um poderia confirmar esses dados e ficaria provado que uma alma deixou o corpo e agora usa um médium para se comunicar com os vivos.
    Tem coisa mais simples? Então, caramba, seu galego idiota, PORQUE ISSO NÃO É POSSÍVEL, seu jumento teimoso?
    Por que não se acharam as provas da existência de Bridey Murphy? Já se passaram 60 anos, porque outra dona de casa não foi hipnotizada e se lembrou de outra existência e deu informações comprovadas?
    Quem é que não percebe que é tudo mentira, enganação, fraude? Só quem é idiota, fanático ou débil mental.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. ...imagina o triste 233 que será por muito ofender muito usar linguagem de labrego sem jeito, que vai puxar razões para seu lado...

      Coitado desse infeliz trapaceiro cuja reação raivosa é sempre proporcional às marretadas que lhe são desferidas naquela sua cabeçorra que guarda uma mente demente e de onde não sai nada com um pingo de honestidade no que ao Espiritismo diz respeito...

      Acaso o trapaceiro 233 já alguma vez soube da existência de múltiplas pesquisas sobre "reencarnação" que concluíram por evidencias que levam à sua forte possibilidade?!?!?...

      Acaso esse coitado 233 alguma vez ouviu falar do Dr Ian Stevenson , psiquiatra que publicou, entre outras, a obra "20 casos sugestivos de reencarnação" e que mereceu os elogios de personalidades independentes de religiões e que, sendo assim, logicamente não têm nenhuma ligação ao Espiritismo...

      Hein??? HIIIIEN????...

      Quem quiser saber mais pode passar por esses link's...

      http://www.assepe.org.br/livros/Vinte_Casos_Sugestivos_de_Reencarnacao.pdf

      http://www.mundoespiritual.com.br/reencarnacao.htm

      Coitado do infeliz 233... só despeja trampa por sua mente demente!!...

      Excluir
  46. Sr. Adilson, às vezes o senhor pega pesado, por que tanta irritação?

    Minha irritação é porque não posso AINDA fazer o que tenho vontade de fazer: pegar um canalha enganador desses, como era o falecido Chico Xaveco Peruca Xavier e esses pilantras do Lar Frei Luís e encher de porradas.

    Nesse lar Frei Luís existe mesmo essa tal fraude?

    Claro que existe. Não há espírito de médico nazista nenhum. É um canalha e V-V-eado que se fantasia de fantasma materializado para enganar os retardados que vão lá. E tudo com apoio do psicopata Carlos Verezza.

    Sr. Adilson, caramba, essa acusação é muito séria. Será verdade?

    Se não é verdade, por que eles não me processam? Acha que já não mostraram a eles o que eu digo aqui?

    É mesmo, se resultar em processo, vão acabar desmascarados, por isso ficam se fingindo de cegos, surdos e mudos. Mas, deixe-me entender uma coisa: será que, embora exista fraude no Frei Luís e o falecido Chico também fosse farsante, haverá a possibilidade de haver fenômenos verdadeiros em algum outro lugar, com médiuns honestos?

    Impossível, porque espíritos não existem. Outra enganação é a igreja católica cobrar missas pelas almas dos mortos, isso é estelionato, porque não existem almas no purgatório nem em lugar nenhum, porque alma não existe. Não sou eu o único a afirmar isso, a Bíblia também diz o mesmo.

    Mas eles usam a Bíblia...

    Sim, mas se aproveitam da ignorância do povo e distorcem as Escrituras. O que a Bíblia diz é que "muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão", logo, não há alma em lugar nenhum, elas não existem.

    Mas a Bíblia fala em alma.

    Nas traduções mal feitas, não nas línguas originais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...o triste 233 encena um monologo onde ele próprio pergunta e responde naquela forma de despejar toda porcaria ao jeito que lhe convém e pronto...

      ... sabe que nada pode acontecer a um anonimo cobarde e de mente doentia em seu antiespiritismo alucinado... contudo...

      ...tudo ficaria muito mais simplificado e de acordo com a REALIDADE!!! se, em duas ou três linhas, o coitado 233 apenas dissesse...

      P - 233 por que você não vai no Frei Luis e tenta desmascarar toda aquela farsa que ali ocorre?

      R - Ora... ora... porque sei perfeitamente que se adentrasse naquele espaço onde impera a serenidade, harmonia, bons sentimentos, trabalhos em prol do bem e ajuda ao próximo.. etc... etc... sem ser esperado qualquer contrapartida
      que não seja de índole puramente de afeto espiritual...

      eu, com minha tremenda raiva contra TUDO E TODOS que comprova(m) o Espiritismo, e dado a vibração de pureza Cristã que se faz sentir naquele ambiente, com certeza entraria em espasmos descontrolados e possivelmente babaria verde, evidenciando o quanto aquele local sagrado é limpo de mais para minha índole de impostor que liberta à todo momento ódio contra o Espiritismo/Puro Cristianismo...

      Assim... é-me mais confortável dar largas à minha cobardia e, de longe, lançar verborreia contra o BEM que ali é feito (no Frei Luis) e que me atormenta a alma...

      - sto sim... é amostra da REALIDADE do que devia ser dito pelo infeliz antiespirita 233...
      -----
      João,10
      37. Se eu não faço as obras de meu Pai, não me creiais.

      38. Mas se as faço, e se não quiserdes crer em mim, crede nas minhas obras, para que saibais e reconheçais que o Pai está em mim e eu no Pai.







      Excluir
  47. Sr. Adilson, já leu o livro do dr. Ian Stevenson?

    Sim, já li, claro, não iria combater uma religião e chamá-la de falsa, sem conhecê-la. Já li tudo de importante que foi publicado contra e a favor do Rivailismo, ao contrário do fanático português, que só lê obras de mentirosos que defendem a ilusão reencarnacionista.

    Que é que achou do livro?

    O ingênuo lusitano se deixa impressionar pelo título do autor, porque é mentalmente lerdo, porque o próprio Rivail alertou para não levar em conta "sábios" que nada sabem do espiritualismo e seus conhecimentos se comparam, nesse campo, ao de qualquer iletrado. Não existe doutorado em reencarnação, Stevenson não tem autoridade nenhuma.

    Mas ele não pesquisou?

    Entrevistas com fanáticos que acreditam em reencarnação não é pesquisa, é enganação.
    Veja bem, não é preciso doutorado em nada, basta fazer o que os rivailistas não permitem, ou seja, questionar o suposto espírito e fazer perguntas sobre sua vida no corpo, onde nasceu, onde estudou, onde morou, onde trabalhou, onde foi sepultado. Se for mesmo um espírito, tem de poder dar essas informações.

    E nenhum dá?

    Claro que não, todo espírito é filho de chocadeira, não teve mãe, não morou em lugar nenhum, nada vezes nada. É sempre um espírito que vuveu há séculos em lugares remotos que não podem ser confirmados. Mas foi confirmado que o cônsul romano Publius Lentulus que viveu na época de Jesus nunca existiu.

    É, sr. Adilson, o senhor parece ter toda a razão, mas o Miguel nunca vai se conformar.

    Por isso eu me desculpo com os jumentos por tê-los ofendido ao chamar o galego de jumento. Nenhum animal é tão obtuso e teimoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...nada de novo na colocação acima do labrego 233... as mesmas ofensas e o mesmo odio à tudo quanto COMPROVA!!! o Espiritismo, e tambem...

      ...a mesma forma canalha de negar trabalhos que foram feitos com reconhecida honestidade, levados a cabo por pessoas com carreira cívica idónea e inatacável do ponto de vista moral... Reconhecimento feito até por pessoas/setores que vivem fora da influencia da D.Espirita... mas...

      ... vindo do infeliz 233 é de se esperar que assim seja, sabendo-se que é um individuo que não tem pingo de honestidade intelecto-moral, e que, tanto dentro da Biblia como fora dela, está sempre levando marretada na cabeçorra, com evidencias das quais só consegue fugir, mentindo, deturpando, caluniando, ofendendo... tentando assim desviar as atenções do obvio:

      -» "cada vez mais a humanidade vai tomando CONSCIENCIA de que sua "construção íntegra" não é somente feita de carne/ossos/sangue"... etc e tal... :)...

      Excluir
  48. Sr. Adilson, isso de chamar o Chico Xavier de farsante não é exagero? Não parece que ele tinha lucros com as obras que psicografava. Existe farsa sem proveito?

    Amigo, não seja ingênuo. Chico Peruca Xaveco não era farsante por defeito moral, ele era farsante porque era doente. Ele não era normal, era esquizofrênico.

    Continuo a não entender.

    Pois bem, Chico Xaveco acreditava mesmo em espíritos, porque não sabia que era tudo originado em sua mente. Pseudopsicografava achando que eram mesmo espíritos falando através dele. Mas ele leu nos livros mentirosos de Rivail sobre os fenômenos físicos, materializações etc. e, claro, não podendo realizá-los, porque não existe tal coisa, forjava-os e, na sua mente defeituosa, não achava nada de mais, porque estava apenas fingindo fenômenos que podiam realizar-se de fato. Já disse, ele era doente.


    Agora, deixe de frescuras e fale a verdade, você acha que alguém que nasceu homem mas tem nojo de mulher e gosta de um macho em cima dele pode ser normal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ... enquanto o labrego 233 usar somente o ranço nauseabundo que lhe sai da mente para atingir a honra de pessoas reconhecidamente do bem, facilmente se conclui estarmos perante um individuo fanatizado em seu antiespiritismo doentio e que não quer saber das REALIDADES Cristãs para nada...

      João,10
      37. Se eu não faço as obras de meu Pai, não me creiais.
      38. Mas se as faço, e se não quiserdes crer em mim, crede nas minhas obras, para que saibais e reconheçais que o Pai está em mim e eu no Pai./Jesus
      ---
      (...) No dia 2 de Abril de 1980, Chico completou setenta anos. Não quis festa
      nem homenagens. Preferiu ficar em casa. Jornais e revistas estamparam seu
      curriculum: 183 livros, 8 milhões de exemplares vendidos em quinze idiomas,
      10 mil "cartas" de mortos a suas familias, 360 mil autografos, duas mil instituições de assistência fundadas, ajudadas ou mantidas com os direitos autorais ou com as campanhas beneficientes promovidas por ele. O censo daquele ano revelou a presença de 1,5 espiritas no país - ou seja, desde o primeiro "Pinga-Fogo" o número de kardecistas confessos tinha triplicado.

      Três dias após o seu aniversário, no Sábado de Aleluia, Chico rompeu
      o retiro e reapareceu debaixo do abacateiro, na Vila dos Pássaros Pretos.
      Amigos do Rio, liderados por Augusto César Vanucci, ofereceram-lhe um presente: a candidatura ao Prémio Nobel da Paz. Chico sorriu, desconversou e continuou a distribuir alimentos, remédios e roupas aos pobres da periferia. (...)

      Excluir
  49. Olá a todos.
    Adilson meu pai recomendou-me para que eu visse este vídeo:
    http://www.youtube.com/watch?v=-dh1J6tfAkI

    O vídeo tem duração de 10 minuto e tem como titulo: "DONDE ESTAN LOS MUERTOS", parte 2

    Tem uma passagem interessante que fala: "Pois não deixarás a minha alma no inferno, Nem permitirás que o teu Santo veja a corrupção;"
    Atos 2:27

    Poderia esclarecer-me? Obrigado.

    ResponderExcluir
  50. Daniel, essa é a doutrina que a igreja católica adaptou dos gregos. Quem acredita em alma, alma imortal etc está, na verdade, acreditando em Platão e interpretando a Bíblia com mente grega. ´´E o que fazem os católicos adoradores de imagens, que acreditam em alma imortal, em purgatório, em santos, como esse velho adorador de imagens que foi promovido a cardeal por aquele velho palhaço que está em Roma, que chamam de papa (=pai), o que foi proibido por Jesus.
    Esse jovem bobão desse vídeo ensinou a mesma enganação da igreja romana, e os velhos patetas ainda bateram palmas. Um bando de ignorantes.

    "Pois não deixarás a minha alma no Inferno, nem permitirás que o teu Santo veja corrupção " é tradução enganadora. Leia com atençaão o discurso de Pedro e vai ver que ele diz que o túmulo de Davi ainda existia, logo, estava falando de cadáver e sepultura.
    Alma, no original, é NEPHESH, que significava respiração, odor, perfume, ser vivo (homem ou animal), pessoa. Deus soprou nas narinas de Adão e o fez alma (ser) vivente, essa a ideia por toda a Bíblia com respeito a ALMA: vida.
    Inferno , no original significa "na cova", na sepultura", "entre os mortos", esse o significado de SHEOL, é o mesmo que Além, nada tem a ver com o inferno que os católicos inventaram.

    Vai ser muito difícil seu pai se convencer disso, porque a vida toda aprendeu errado. A passagem que aquele jovem metido a entendido citou é, na verdade, "Como o corpo sem RESPIRAÇÂO está morto."

    Preste bem atenção nas seguintes passagens:

    "Tu és pó, e ao pó tornarás."
    "Muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão."
    "Sai-lhes o alento (dão seu último suspiro) e voltam ao pó, nesse mesmo dia perecem todos os seus desígnios."
    " O salário do pecado é a morte."
    "Ninguém pode vir a mim, se o Pai, que me enviou, não o trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia."

    Veja bem o que diz essa afirmação de Jesus, ninguém se converte, ninguém é salvo, se não for da vontade de Deus. Os que ensinam que temos alma imortal e que os perdidos vão para o Inferno tentam administrar essa ideia horrenda dizendo que Deus não manda ninguém para o Inferno, vai quem quer, por rejeitar a Cristo. Ora Daniel, isso é um disparate, a maioria dos seres humanos nunca ouviu falar em Cristo, como podem tê-lo rejeitado?
    O salário do pecado é a MORTE, é isso que está escrito. Seu pai vai repetir o que aprendeu, isto é que morte não significa morte, mas "separação" de Deus, como aquele jovem tolo do vídeo disse que morte significa separação. Morte é cessação da vida, é o fim.
    Até mais e obrigado pelas perguntas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enoque e Elias morreram, logo, estão no pó.
      Ser levado aos céus numa carruagem de fogo, ser arrebatado para o Senhor eram expressões simbólicas que significavam o fim de uma vida ao serviço de Deus, uma espécie de "selo de qualidade", não devem ser tomadas literalmente, mas que Elias e Enoque eram pessoas diferenciadas. Não se pode ler e entender em português o que um povo antigo, oriental, escrevia em aramaico ou hebraico, eles tinham sua maneira peculiar de se expressar. Até hoje, no aramaico atual, há expressões hiperbólicas, isto é, com exagero, que podem dar ensejo a interpretações equivocadas. Jesus usou várias, como "arrancar o olho", se ele te faz pecar.

      Excluir
    2. Continuando, Daniel, sobre Enoque e Elias, dizer que foram arrebatados é o mesmo que negar essa bela história falsa de alma imortal, e que a morte é a separação entre alma e corpo. Se fosse assim, como acredita seu pai, não seria necessário arrebatar Enoque e Elias, porque suas almas iriam para o céu, não sendo necessário o corpo ir junto.
      Fica demonstrado que a parábola do rico e Lázaro é apenas uma parábola, a qual só tem no livro de Lucas e inspira a desconfiança de ser um texto acrescentado, um texto apócrifo que algum copista inseriu no Evangelho de Lucas. Por que Lucas concorda com Mateus e Marcos no restante, e tem o bom samaritano e o rico e Lázaro? Por que Mateus discorda dos outros dois e coloca "te darei as chaves dos céus" após a confissão de Pedro? (Mt 16: 13-20; Mc 8:27-30; Lc9 18-21)

      Excluir
    3. Como se pode ver com facilidade, este é o terreno em que o trapaceiro 233 se sente como peixe na água... Sabendo que os Evangélicos sentem uma aversão figadal para com os Católicos (mas não só contra os Católicos), vai-lhes preparando a mente para o que vem a seguir, dizendo-lhes que ainda não se livraram da influencia perniciosa daquela instituição religiosa, o que, para um Evangelico é um golpe psicológico certeiro já que os coloca na pré-disposição para aceitar o que o impostor 233 quiser despejar como anti outras ideias religiosas...

      Após esta "anestesia", o interlocutor fica mais sensível e menos critico às baboseiras que o triste 233 queira engendrar... Desde chamar ao Espirito/Alma, ar, vento, perfume, odor, respiração... até dizer que Elias e outros estão no pó à espera de serem reconstruidos num dia de são nunca qualquer (sabe-se lá onde estarão... não é de todo irracional dizer-se que viraram comida dos bichinhos que os defecaram e possivelmente viraram estrume para fertilizar plantas, etc, etc, etc.) :)... tudo o trapaceiro 233 inventa, simplesmente para não reconhecer a existência da Alma que, de forma bem ilustrada, foi o que DEUS "soprou-no-barro/matéria" para lhe dar
      VIDA intelectual...

      Evidentemente que o fanático antiEspirita 233 sabe que se reconhecesse a existência da Alma/Espirito, não haveria forma de retirar da D.Espirita/Puro Cristianismo as razões extremamente bem fundamentadas que lhe servem de base Doutrinaria... Tão simples quanto isto... :)...

      " Não te maravilhes de haver dito: Necessário vos é nascer de novo." - Jesus

      Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei. - Allan Kardec

      "Em verdade, em verdade vos digo: aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço, e fará ainda maiores do que estas, porque vou para junto do Pai." - Jesus

      Excluir
  51. Eu ainda fico embasbacado quando te leio. Obrigado.

    ResponderExcluir
  52. Pergunta ao galego V-V-ai-sem-Volta:

    O Cristiano Ronaldo já está jogando na equipa do Emperucado?
    Aquelas sobrancelhas raspadas estão escandalosamente a-V-Veadadas. Acho que ele está desenvolvendo a mediunidade...vai acabar psicografando também um livro do espírito guia do Chico Xaveco, o espírito de cônsul romano que nunca existiu.

    ResponderExcluir
  53. A Bíblia e as práticas ensinadas nos livros de L.D.Rivail, vulgo Allan Kardec:

    “Não se achará entre ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador , nem agoureiro, nem feiticeiro; nem encantador, nem necromante, nem mágico,NEM QUEM CONSULTE OS MORTOS; pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor... (Deuteronômio 18:10-14)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jesus... confraterniza com "mortos", legalizando assim a BOA atividade mediúnica, tal qual é Doutrinado pelo Espiritismo...

      Mateus,17
      1. Seis dias depois, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, seu irmão, e conduziu-os à parte a uma alta montanha.

      2. Lá se transfigurou na presença deles: seu rosto brilhou como o sol, suas vestes tornaram-se resplandecentes de brancura.

      3. E eis que ***apareceram Moisés e Elias conversando com ele.***

      4. Pedro tomou então a palavra e disse-lhe: Senhor, é bom estarmos aqui. Se queres, farei aqui três tendas: uma para ti, uma para Moisés e outra para Elias. Falava ele ainda, quando veio uma nuvem luminosa e os envolveu. E daquela nuvem fez-se ouvir uma voz que dizia: Eis o meu Filho muito amado, em quem pus toda minha afeição; ouvi-o.

      6. Ouvindo esta voz, os discípulos caíram com a face por terra e tiveram medo.

      7. Mas Jesus aproximou-se deles e tocou-os, dizendo: Levantai-vos e não temais.

      8. Eles levantaram os olhos e não viram mais ninguém, senão unicamente Jesus.
      ---
      Portanto... se o Mestre dos mestres fez... então... PODE!!! ser feito sem o mínimo receio ou duvida!!!... ;)...

      Excluir
  54. Eclesiastes 12:7 diz: “e o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu”, a tradução deste verso, da língua original hebraica que foi escrito seria: “e o pó volte à terra, como o era, e o fôlego de vida (espírito) volte a Deus, que o deu”.

    Se o espírito voltasse para Deus (na forma de uma entidade pensante como dizem alguns teólogos), teríamos de supor por este verso que inclusive o “espírito” dos maus vai ao céu, o que seria inadmissível. Se tanto mau como bom tivesse seu espírito indo para Deus, então poderíamos ser bons ou maus que daria no mesmo.

    Mas, de acordo com a correta tradução da palavra de sua língua original, vemos em Eclesiastes que, tanto o “fôlego de vida” dos maus quanto dos bons volta para Deus reintegrá-lo no ar.

    Este fôlego de vida não é pensante; é apenas um princípio vital um ar que saiu da boca de Deus. Se o espírito fosse algo vivente por si só, porque então foi necessário que Deus criasse um corpo para colocar este espírito? Não seria necessário. O fato de o Senhor criar o corpo demonstra que sem o corpo, não há vida ao espírito (fôlego), pois para existir vida depende da união destes dois elementos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Objetivo da encarnação

      132 Qual é o objetivo da encarnação dos Espíritos?

      – A Lei de Deus lhes impõe a encarnação com o objetivo de fazê-los chegar à perfeição. Para uns é uma expiação; para outros é uma missão. Mas, para chegar a essa perfeição, devem sofrer todas as tribulações da existência corporal: é a expiação. A encarnação tem também um outro objetivo: dar ao Espírito condições de cumprir sua parte na obra da criação. Para realizá-la é que, em cada mundo, toma um corpo em harmonia com a matéria essencial desse mundo para executar aí, sob esse ponto de vista, as determinações de Deus, de modo que, concorrendo para a obra geral, ele próprio se adianta.

      ☼ A ação dos seres corpóreos é necessária à marcha do universo. Deus, em sua sabedoria, quis que, numa mesma ação, encontrassem um meio de progredir e de se aproximar Dele. É assim que, por uma lei admirável da Providência, tudo se encadeia, tudo é solidário na natureza.

      133 Os Espíritos que, desde o princípio, seguiram o caminho do bem, têm necessidade da encarnação?

      – Todos são criados simples e ignorantes e se instruem nas lutas e tribulações da vida corporal. Deus, que é justo, não podia fazer só alguns felizes, sem dificuldades e sem trabalho e, por conseguinte, sem mérito.

      133 a Mas, então, de que serve aos Espíritos seguirem o caminho do bem, se isso não os livra das dificuldades da vida corporal?

      – Eles chegam mais rápido à finalidade a que se destinam; e, depois, as dificuldades da vida são muitas vezes a conseqüência da imperfeição do Espírito. Quanto menos imperfeições, menos tormentos. Aquele que não é invejoso, ciumento, avarento ou ambicioso não sofrerá com os tormentos que procedem desses defeitos.


      Difícil de entender??... Bom... Seria muito mais difícil perceber/aceitar/ajuizar corretamente, se....

      ... se desse o caso de, DEUS, a INFINITA equidade, criasse a humanidade de forma a que uns vivessem por um tempinho carregando mocas nas costas e de limitadíssimo intelecto, e outros... com o mundo à disposição através de alta tecnologia e suas benesses...

      Enfim... como diz o povão em sua sabedoria peculiar: "chocolate não é para brutos"...

      e na verdade é um imeeeeeeeeennnnnso chocolate a D. Espirita... :)...

      Excluir
    2. A alma

      134 O que é a alma?

      – Um Espírito encarnado.

      134 a O que era a alma antes de se unir ao corpo?

      – Um Espírito.

      134 b As almas e os Espíritos são, portanto, uma e a mesma coisa?

      – Sim, as almas são os Espíritos. Antes de se unir ao corpo, a alma é um dos seres inteligentes que povoam o mundo invisível e se revestem temporariamente de um corpo carnal para se purificar e se esclarecer.

      135 Há no homem outra coisa mais que a alma e o corpo?

      – Há o laço que une a alma ao corpo.

      135 a Qual é a natureza desse laço?

      – Semimaterial, ou seja, de natureza intermediária entre o Espírito e o corpo. É preciso que assim seja para que possam se comunicar um com o outro. É por esse princípio que o Espírito age sobre a matéria e vice-versa.

      ☼ Desse modo, o homem é formado de três partes essenciais: 1ª) O corpo ou ser material, semelhante ao dos animais e animado pelo mesmo princípio vital;

      2ª) A alma, Espírito encarnado que tem no corpo a sua habitação;

      3ª) O princípio intermediário ou perispírito, substância semimaterial que serve de primeiro envoltório ao Espírito e une a alma ao corpo físico. São como num fruto: a semente, o perisperma e a casca.

      136 A alma é independente do princípio vital?

      – O corpo é apenas o envoltório, repetimos isso constantemente.

      136 a O corpo pode existir sem a alma?

      – Sim, pode; porém, desde que cesse a vida no corpo, a alma o abandona. Antes do nascimento, não há união definitiva entre a alma e o corpo; ao passo que, depois que essa união está estabelecida, só a morte do corpo rompe os laços que o unem à alma, que o deixa. A vida orgânica pode animar um corpo sem alma, mas a alma não pode habitar um corpo em que não há vida orgânica.

      136 b O que seria nosso corpo se não houvesse alma?

      – Uma massa de carne sem inteligência, tudo o que quiserdes, exceto um ser humano.

      137 Um mesmo Espírito pode encarnar em dois corpos diferentes ao mesmo tempo?

      – Não; o Espírito é indivisível e não pode animar simultaneamente dois seres diferentes. (Veja O Livro dos Médiuns, Segunda Parte, cap. 7 – Da Bicorporeidade e da Transfiguração.)

      138 Que pensar daqueles que consideram a alma como o princípio da vida
      material?
      – É uma questão de palavras que não nos diz respeito. Começai por vos entenderdes a vós mesmos.

      Continua...

      Excluir
    3. Parte 2...

      A alma

      139 Alguns Espíritos e, antes deles, alguns filósofos definiram assim a alma: “Uma centelha anímica emanada do grande Todo”. Por que essa contradição?

      – Não há contradição; depende da significação das palavras. Por que não tendes uma palavra para cada coisa?

      ☼ A palavra alma é empregada para exprimir coisas muito diferentes. Uns chamam alma o princípio da vida, e com esse entendimento é exato dizer, em sentido figurado, que a alma é “uma centelha anímica emanada do grande Todo”. Essas últimas palavras indicam a fonte universal do princípio vital do qual cada ser absorve uma porção que, depois da morte, retorna à massa. Essa idéia não exclui a de um ser moral distinto, independente da matéria e que conserva sua individualidade. É esse ser que se chama, igualmente, alma, e é nesse sentido que se pode dizer que a alma é um Espírito encarnado. Ao dar à alma definições diferentes, os Espíritos falaram conforme a idéia que faziam da palavra e de acordo com as idéias terrestres de que ainda estavam mais ou menos imbuídos. Isso decorre da insuficiência da linguagem humana, que não tem uma palavra para cada idéia, gerando uma infinidade de enganos e discussões. Eis por que os Espíritos superiores nos dizem que nos entendamos primeiro acerca das palavras (Ver na Introdução explicação mais detalhada de alma).

      140 O que pensar da teoria da alma subdividida em tantas partes quanto os músculos e sendo responsável, assim, por cada uma das funções do corpo?

      – Isso depende ainda do sentido que se dá à palavra alma. Se a entendermos como o fluido vital, tem razão; mas se queremos entendê-la como Espírito encarnado, é errada. Como já dissemos, o Espírito é indivisível. Ele transmite o movimento aos órgãos pelo fluido intermediário, sem se dividir.

      140 a Entretanto, há Espíritos que deram essa definição.

      – Espíritos ignorantes podem tomar o efeito pela causa.

      ☼ A alma atua por intermédio dos órgãos e os órgãos são animados pelo fluido vital, que se reparte entre eles e se concentra mais fortemente nos órgãos que são os centros ou focos do movimento. Conseqüentemente, não procede a idéia de igualar a alma ao fluido vital, se por alma queremos dizer o Espírito que habita o corpo durante a vida e o abandona na morte.

      141 Há alguma verdade na opinião dos que pensam que a alma é exterior e envolve o corpo?

      – A alma não está aprisionada no corpo como um pássaro numa gaiola. Irradiante, ela brilha e se manifesta ao redor dele como a luz através de um globo de vidro ou como o som ao redor de um centro sonoro. É desse modo que se pode dizer que é exterior, mas não é o envoltório do corpo. A alma tem dois envoltórios ou corpos: um sutil e leve, que é o primeiro, chamado perispírito; o outro, grosseiro, material e pesado, que é o corpo carnal. A alma é o centro de todos esses envoltórios, como o germe o é numa semente, como já dissemos.

      Continua...

      Excluir
    4. Parte 3...

      A alma

      142 O que dizer desta outra teoria segundo a qual a alma, numa criança, se completa a cada período de vida?

      – O Espírito é um só, está completo na criança como no adulto. Os órgãos ou instrumentos das manifestações da alma é que se desenvolvem e se completam. Nesse caso é ainda tomar o efeito pela causa.

      143 Por que todos os Espíritos não definem a alma da mesma maneira?

      – Os Espíritos não são todos igualmente esclarecidos sobre estas questões. Há Espíritos cujos conhecimentos são ainda limitados e não compreendem as coisas abstratas, como ocorre entre vós com as crianças. Há também Espíritos pseudo-sábios, que fazem rodeio de palavras para se impor; aliás, como acontece entre vós. Mas, além disso, os próprios Espíritos esclarecidos podem se exprimir em termos diferentes que, no fundo, têm o mesmo significado, especialmente quando se trata de coisas para as quais a vossa linguagem é inadequada para exprimir claramente, precisando de figuras e comparações que tomais como realidade.

      144 O que se deve entender por alma do mundo?

      – O princípio universal da vida e da inteligência de onde nascem as individualidades. Mas aqueles que se servem dessas palavras freqüentemente não se compreendem uns aos outros. A palavra alma tem uma aplicação tão elástica que cada um a interpreta de acordo com a sua imaginação. Já se atribuiu, também, uma alma à Terra, o que é preciso entender como sendo o conjunto de Espíritos devotados que dirigem as vossas ações no bom caminho quando os escutais, e que são, de algum modo, os representantes de Deus em relação ao vosso globo.

      145 Como tantos filósofos antigos e modernos têm discutido por tanto tempo sobre a ciência psicológica sem ter chegado à verdade?

      – Esses homens eram os precursores da Doutrina Espírita eterna. Eles prepararam os caminhos. Eram homens e se enganaram, tomaram suas próprias idéias pela luz. Mas os próprios erros servem para deduzir a verdade ao mostrar os prós e os contras. Aliás, entre esses erros se encontram grandes verdades, que um estudo comparativo tornará compreensíveis1.

      146 A alma tem uma sede determinada e circunscrita no corpo?

      – Não, mas está mais particularmente na cabeça entre os grandes gênios, os que pensam muito, e no coração nos que têm sentimentos elevados e cujas ações beneficiam toda a humanidade.

      146 a Que pensar da opinião daqueles que colocam a alma num centro vital?

      – Isso quer dizer que o Espírito se localiza, de preferência, nessa parte do vosso organismo, uma vez que é para aí que convergem todas as sensações. Aqueles que a colocam no que consideram como centro da vitalidade a confundem com o fluido ou princípio vital. Contudo, pode-se dizer que a sede da alma está mais particularmente nos órgãos que servem às manifestações intelectuais e morais.

      O Livro dos Espíritos/Allan Kardec

      Excluir
  55. Mais uma coisa, meu caro leitor que simpatiza com a doutrina de Léon Denizard Rivail (porque espíritos inexistem e não poderiam revelar nada a ninguém), já atentou para mais um problema com respeito ao Rivailismo? Será que você concorda com a acusação velada lançada sobre Jesus pelos rivailistas? Você acha que Jesus era mentiroso e farsante?
    Rivail disse que o que houve no monte da transfiguração foi uma sessão mediúnica, que Jesus era médium. Mas isso era proibido a todo judeu, e a pena era a morte. Jesus disse que não viera anular a Lei, mas cumpri-la, como poderia evocar mortos e "confraternizar" com eles?

    Rivail afirmou que Lázaro não estava morto, mas Jesus afirmou aos discípulos que Lázaro morrera. Jesus, segundo Rivail, mentiu aos discípulos e, pior ainda, fingiu ressuscitá-lo, numa farsa fenomenal.

    E então? Concorda com os seguidores de Rivail? Jesus era mentiroso e farsante?

    ResponderExcluir
  56. Muito lucida a sua resposta Adilson. Obrigado.

    ResponderExcluir
  57. Adilson, há uma passagem que diz que mesmo que um anjo pregue outro evangelho que devemos considerar anátema... Pelos teus conhecimentos, é real esta afirmação? Ou seja, pode vir um anjo e pregar outro evangelho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, anjos não podem pregar o evangelho, a função deles é entregar mensagens, anjo significa mensageiro.
      Paulo estava apenas sendo enfático, negando qualquer possibilidade de haver outro evangelho, porque o evangelho que pregava era revelação direta de Jesus Cristo (Gálatas 1:11-12).
      O evangelho que Paulo pregava é o da salvação pela fé, sem obras. Poucos são capazes de compreender isso, e igrejas, muitas igrejas, falam em fé, na graça de Deus, mas ensinam a necessidade das obras e do merecimento.
      Essa postura de Paulo confirma as palavras de Jesus, que disse: "ninguém pode vir a mim, se o Pai não o trouxer." E de Zacarias 4:6: "Nem por força, nem por poder, mas pelo meu Espírito." De João 3:8: "O Vento (Espírito Santo) sopra onde quer."

      Efésios 2:8-9: "Porque pela graça sois salvos, mediante a fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie."

      Excluir
  58. Rivail disse que o que houve no monte da transfiguração foi uma sessão mediúnica, que Jesus era médium. Mas isso era proibido a todo judeu, e a pena era a morte. Jesus disse que não viera anular a Lei, mas cumpri-la, como poderia evocar mortos e "confraternizar" com eles?
    ---
    Como é pateticamente ridiculo este 233... Embora já não despeje a "heresia" :))... que foi DEUS quem proibiu a mediunidade... vem agora querer prender Jesus a leis de homens, que são limitadas no tempo, isto é, revogáveis quando o intelecto humano já não necessita de sua influencia por motivo de já estar em superioridade moral perante a própria lei... :)... Ademais...

    ...quem faz der Jesus um bobo que não sabia comunicar com clareza suas Doutrinas, é precisamente esse trapaceiro 233 que coloca palavras na boca de Jesus que Ele não proferiu e Lhe atribui ideias que de forma alguma Ele manifestou/manifesta...

    Simples exemplo...
    Marcos,9
    11. Depois lhe perguntaram: Por que dizem os fariseus e os escribas que primeiro deve voltar Elias?

    12. Respondeu-lhes: Elias deve voltar primeiro e restabelecer tudo em ordem. Como então está escrito acerca do Filho do homem que deve padecer muito e ser desprezado?

    13. Mas digo-vos que também Elias já voltou e fizeram-lhe sofrer tudo quanto quiseram, como está escrito dele.

    Isto o que REALMENTE!!!!! Jesus diz quanto a João Batista ser o profeta Elias, tal qual entenderam os discípulos, certo???... certíssimo sem qualquer duvida!!!...

    Agora o que o impostor 233 quer colocar na boca de Jesus...

    11. Depois lhe perguntaram: Por que dizem os fariseus e os escribas que primeiro deve voltar Elias?

    12. Respondeu-lhes: Elias deve voltar primeiro e restabelecer tudo em ordem. Como então está escrito acerca do Filho do homem que deve padecer muito e ser desprezado?

    13. Mas digo-vos que também Elias NÃO voltou MAS VEIO OUTRO COMO SE FOSSE ELE e fizeram-lhe sofrer tudo quanto quiseram, como está escrito dele.

    Bom... evidentemente que Jesus teve o azar de viver num tempo em que o patético 233 não estava presente para ensinar o Mestre a comunicar de forma a não criar confusões que perduram até hoje em muitos (e ponha "muitos" aí) setores da humanidade...

    :)))... como é ridiculo, esse 233... :)...

    ResponderExcluir
  59. A tal "doutrina dos espíritos" não existe, é doutrina de Rivail.
    Se existissem espíritos, dariam provas cabais de sua existência a qualquer um que quisesse. Ora, ora, seu galego, explique por que um pesquisador dedicado como Ernesto Bozzano, durante TRINTA ANOS pesquisando com SESSENTA médiuns, JAMAIS conseguiu uma prova sequer da identificação de um espírito.
    A conclusão é muito simples: não existem espíritos, como bem claro está na Bíblia: "Após o último alento, voltam ao pó, e nesse mesmo instante todos os seus planos e intentos chegam ao fim. Livro de Salmos 146:4
    Morreu, já era; não existe alma ou espírito nenhum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 233 --» A conclusão é muito simples: não existem espíritos, como bem claro está na Bíblia: "Após o último alento, voltam ao pó, e nesse mesmo instante todos os seus planos e intentos chegam ao fim. Livro de Salmos 146:4
      Morreu, já era; não existe alma ou espírito nenhum.
      ---
      Bem... como o caricato 233 gosta de ser constantemente "marretado na cabeçorra" com as mesmas amostragens Bíblicas que dão TOTAL RAZÃO!!!... ao insigne codificador do Espiritismo Allan Kardec... vamos fazer-lhe a vontade e desferir mais umas mocadas em sua "cabeça-bombo" usando precisamente a Biblia e o Mestre dos mestres para o fazer ver que a REALIDADE está com a D. Espirita, ou não fosse ela a depositária do PURO-CRISTIANISMO redivivo...

      Vejamos...

      ... havendo desencarne, a CONSCIENCIA continua bem VIVA e ciente de sua situação após deixar a carne e o sangue... É Jesus Quem faz entender que assim é...

      Atente-se...

      Lucas,16
      19. Havia um homem rico que se vestia de púrpura e linho finíssimo, e que todos os dias se banqueteava e se regalava.

      20. Havia também um mendigo, por nome Lázaro, todo coberto de chagas, que estava deitado à porta do rico.

      21. Ele avidamente desejava matar a fome com as migalhas que caíam da mesa do rico... Até os cães iam lamber-lhe as chagas.

      22. Ora, aconteceu morrer o mendigo e **ser levado** pelos anjos ao seio de Abraão. Morreu também o rico e foi sepultado.

      23. E **estando ele nos tormentos do inferno,** levantou os olhos e viu, ao longe, Abraão e Lázaro no seu seio.

      24. Gritou, então: - Pai Abraão, compadece-te de mim e manda Lázaro que molhe em água a ponta de seu dedo, a fim de me refrescar a língua, pois sou cruelmente atormentado nestas chamas.

      25. Abraão, porém, replicou: - Filho, lembra-te de que recebeste teus bens em vida, mas Lázaro, males; por isso ele agora aqui é consolado, mas tu estás em tormento.

      26. Além de tudo, há entre nós e vós um grande abismo, de maneira que, os que querem passar daqui para vós, não o podem, nem os de lá passar para cá.

      27. O rico disse: - Rogo-te então, pai, que mandes Lázaro à casa de meu pai, pois tenho cinco irmãos,

      28. para lhes testemunhar, que não aconteça virem também eles parar neste lugar de tormentos.

      29. Abraão respondeu: - Eles lá têm Moisés e os profetas; ouçam-nos!

      30. O rico replicou: - Não, pai Abraão; mas se for a eles algum dos mortos, arrepender-se-ão.

      31. Abraão respondeu-lhe: - Se não ouvirem a Moisés e aos profetas, tampouco se deixarão convencer, ainda que ressuscite algum dos mortos.

      - evidentemente que somente essa colocação acima já é mais do que suficiente para deitar por terra qualquer veleidade do triste 233 quanto à sua pretensão de *tudo o que nós somos e vivenciamos* se diluir no pó juntamente com o cadáver ... mas...

      ... me atrevo a dar mais um impulso à marreta-biblia e bater com ela na cabeça feita pedregulho do infeliz 233...

      Somente duas linhas chegam para desesperar o mentecapto dois três três... :)...

      A seguir... aprecie-se como espíritos de todos os tempos sempre VIVEM e não estão ostracizados, isto é, destinados ao nada absoluto...

      1- Pedro 3
      19. É neste mesmo espírito que ele foi pregar aos espíritos que eram detidos no cárcere, àqueles que outrora, nos dias de Noé, tinham sido rebeldes,

      :)...


      Excluir
    2. Há mais de dez anos o lusitano repete os mesmos trechos escolhidos por Rivail e interpretados segundo a ilusória crença nos espíritos. O fanático rivailista-peruquista acha que pode usar versículos simbólicos para anular versículos com afirmações claras, quando é justamente o contrário.
      Uma afirmação clara é preponderante sobre outra que requer interpretação. "Tu és pó, e ao pó voltarás" não tem escapatória, é tiro mortal na crença em espíritos.
      A parábola de Lucas 16 é cheia de afirmações contra a doutrina bíblica e contra a doutrina espírita, logo, é mais sensato deixa-la de lado, pois ela, se fosse mesmo a palavra de Jesus, estaria anulando tanto a Bíblia quanto os livros de Rivail.
      A passagem de 1 Pedro é alvo de discussões há séculos, o que é forte indicativo de ter sido truncada por algum copista que perdeu parte dela, caso contrário, não seria tão obscura. Ela também é contrária à Biblia e ao Rivailsimo. Noutro trecho, Pedro fala sobre os "espíritos em prisão" e refere-se aos anjos caídos.
      Só um desesperado com a mente confusa pode querer usar esses trechos.
      Por que ele não procura explicar a impossibilidade encontrada por Bozzano de identificar um espírito sequer? Se Bozzano não pôde, ninguém pode. E se nenhum espírito pode dar provas de que existiu realmente no mundo dos vivos, NADA do Rivailismo merece confiança. É tudo lixo.

      Mas o lusitano não vai explicar nada disso, vai recolocar pela milésima vez o entendimento errado de Nicodemos, ou a visão dos discípulos, mas sem dizer como eles reconheceram Moisés e Elias, sem nunca os terem visto.

      Excluir
    3. ... as palhaçadas (des)interpretativas do 233 por aqui já vêm desde os primórdios da net e certamente não irão parar nos próximos tempos...

      Ele sempre vem tentando que os registos bíblicos que lhe detonam/desmentem na cara suas intenções antiespiritas (e somente estes)... ou são truncados... ou são mal escritos... ou mal interpretados... ou mal visionados e mal usados pelos relatores que estão por trás dos documentos... etc, etc...
      É um patético trapaceiro este 233...

      e ainda...

      ... quando vê que é por demais evidente que o Espiritismo tem PERFEITO CABIMENTO na Doutrina do Mestre, SEMPRE!!! tenta desviar para outras direções seu fanatismo na contestação à Doutrina do Puro Cristianismo...

      É uma estratégia infantil demais para que se perca muito tempo com ela...


      Sobre Ernesto Bozzano... o doente 233 proporciona, também aqui, uma boa oportunidade para que os interessados possam analisar por si mesmos o trabalho deste "professor de filosofia da ciência" e grande pesquisador das "questões da Alma"...

      Veja em... "CINCO EXCEPCIONAIS CASOS DE IDENTIFICAÇÃO DE ESPÍRITOS"

      http://www.autoresespiritasclassicos.com/Autores%20Espiritas%20Classicos%20%20Diversos/Ernesto%20Bozzano/1/Ernesto%20Bozzano%20-%20Cinco%20Casos%20de%20Identificação%20espiritos.htm

      "Afirmo, sem receio de erro, que, fora da hipótese espírita, não existe nenhuma outra capaz de explicar os casos análogos ao que acabo de expor"
      Ernesto Bozzano "Metapsíquica Humana"





      Excluir
  60. Ensinam tanto o Catolicismo quanto o Rivailismo que existe alma , que ela é imortal. Será que a Bíblia ensina tal coisa?

    "Que guardes este mandamento sem mácula e repreensão, até à aparição de nosso Senhor Jesus Cristo;
    A qual a seu tempo mostrará o bem-aventurado, e único poderoso Senhor, Rei dos reis e Senhor dos senhores;
    Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja honra e poder sempiterno. Amém.

    1 Timóteo 6:14-16

    É, a Bíblia não ensina nem que temos alma, quanto mais que é imortal. Só ele tem a imortalidade, só Jesus. Logo, o ensino da imortalidade da alma ou do espírito é antibíblico.

    Amigo leitor, pode acreditar em alma, ou espírito, mas diga que acredita em espírito eterno, EMBORA A BÍBLIA DIGA O CONTRÁRIO. Seja verdadeiro, diga que não aceita a Bíblia. Não seja um mentiroso descarado, como certa pessoa doutro continente que se diz cristão, mas não aceita o que a Bíblia diz, preferindo os ensinamentos de um professorzinho de adolescentes que viveu nas primeiras seis décadas do século XIX.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 233 - Ensinam tanto o Catolicismo quanto o Rivailismo que existe alma , que ela é imortal. Será que a Bíblia ensina tal coisa?
      ---
      Como é um labrego descarado este 233... Então é somente estas correntes doutrinarias que creem na existência da alma??... Não são muitas mais incluindo os Evangélicos/Protestantes?!?!?!... Não seria mais fácil o 233 colocar aqui as que não comungam desta crença??...
      ----
      Jesus deu então um grande brado e disse: Pai, nas tuas mãos entrego **o meu espírito.** E, dizendo isso, expirou. (São Lucas 23, 46)


      Excluir
    2. Não entender o que se lê é verdadeiro problema, é passar a vida aprendendo errado.
      Uma hora o português diz que Jesus desencarnou e ficou a passear no mundo dos mortos para pregar a espíritos em prisão. Outra hora diz que ele entregou o espírito nas mãos de Deus...afinal, que é que ele acha que aconteceu? O espírito de Jesus foi para Deus, ou foi para o Inferno?

      Se Jesus "desencarnou", então não entregou o espírito nas mãos de Deus, porque a expressão "entregar o espírito" significa simplesmente MORRER, nada a ver com desencarnar. É uma expressão figurada, tal como se diz que o sol se levanta e se põe, quando não é o que acontece, a terra é que gira. Se diz embarcar num trem, mas trens não são barcas.
      Pegar a expressão "entregou o espírito" para afirmar, por ela, que existem espíritos é o mesmo que dizer que a Terra fica imóvel e o sol é que se move, ou que um trem é um barco.
      Se Jesus desceu aos infernos para pregar aos espíritos em prisão, então existe inferno e existem espíritos presos lá. Não está dito que esses espíritos se converteram e saíram do inferno, logo, pode-se muito bem entender que, além de Jesus ir ao Inferno, pregou em vão, perdeu seu tempo, mesmo porque do inferno ninguém sai.
      Outra coisa: os cinco casos excepcionais de que trata o livro de Bozzano são a maior prova da inexistência de espíritos e da falsidade da doutrina de Rivail, porque, como eu venho repetindo há mais de dez anos, Bozzano não obteve nenhum caso de identificação de espíritos em toda a sua vida. Os cinco casos ele leu ou ouviu contar. É um livro ridículo. Quem quiser confirmar que o leia, só um imbecil como o lusitano pode acreditar nessa obra e usá-la como argumento.
      Bozzano jamais conseguiu prova alguma, porque não poderia, nem ele, nem ninguém. Não é possível provar a existência do que só existe na imaginação de fanáticos.

      Excluir
    3. 233 - Não entender o que se lê é verdadeiro problema, é passar a vida aprendendo errado.

      VV - Como vamos demonstrar é precisamente o triste 233 quem cabe perfeitamente na problemática acima!

      233 - Uma hora o português diz que Jesus desencarnou e ficou a passear no mundo dos mortos para pregar a espíritos em prisão. Outra hora diz que ele entregou o espírito nas mãos de Deus...afinal, que é que ele acha que aconteceu? O espírito de Jesus foi para Deus, ou foi para o Inferno?

      VV - Coitado do 233, é mais retardado do que se podia esperar... Então este pobre coitado ainda imagina que DEUS tem mãos e não é capaz de perceber a força de expressão usada pelo relator que apenas quer dizer, precisamente,
      que Jesus estava DESENCARNANDO e voltando para o PAI... e que esse retorno, com certeza, não seria feito com seu corpo carnal... (embora o mentecapto 233 imagine que teria de ser sim, na "forma carne e osso" que ele se apresentaria ao PAI)... :))...

      233 - De acordo com a Bíblia, quando um a pessoa morre ela está em total inconsciência. Veja: “Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem “coisa nenhuma”, nem tampouco terão eles recompensa, pois sua memória está entregue ao esquecimento. Amor, ódio e inveja para eles já pereceram: para sempre não têm eles parte em coisa alguma do que se faz debaixo do sol.” (Eclesiastes 9:5,6- leia também Salmo 6:5;Salmo115:17;Salmo 146:3,4;Isaías 38: 18,19)

      VV - Essa passagem bíblica acima é TOTALMENTE!!! desmentida pelo Mestre dos mestres quando, através da parábola do rico e de Lazaro é demonstrado inequivocamente por Jesus, que, pós desencarne, os "mortos" tomam PERFEITA CONSCIENCIA de seus estados felizes ou infelizes que os aguarda...

      Confira-se em...

      Lucas,16
      19. Havia um homem rico que se vestia de púrpura e linho finíssimo, e que todos os dias se banqueteava e se regalava.

      20. Havia também um mendigo, por nome Lázaro, todo coberto de chagas, que estava deitado à porta do rico.

      21. Ele avidamente desejava matar a fome com as migalhas que caíam da mesa do rico... Até os cães iam lamber-lhe as chagas.

      22. Ora, aconteceu morrer o mendigo e **ser levado** pelos anjos ao seio de Abraão. Morreu também o rico e foi sepultado.

      23. E **estando ele nos tormentos do inferno,** levantou os olhos e viu, ao longe, Abraão e Lázaro no seu seio.

      24. Gritou, então: - Pai Abraão, compadece-te de mim e manda Lázaro que molhe em água a ponta de seu dedo, a fim de me refrescar a língua, pois sou cruelmente atormentado nestas chamas.

      25. Abraão, porém, replicou: - Filho, lembra-te de que recebeste teus bens em vida, mas Lázaro, males; por isso ele agora aqui é consolado, mas tu estás em tormento.

      26. Além de tudo, há entre nós e vós um grande abismo, de maneira que, os que querem passar daqui para vós, não o podem, nem os de lá passar para cá.

      27. O rico disse: - Rogo-te então, pai, que mandes Lázaro à casa de meu pai, pois tenho cinco irmãos,

      28. para lhes testemunhar, que não aconteça virem também eles parar neste lugar de tormentos.

      29. Abraão respondeu: - Eles lá têm Moisés e os profetas; ouçam-nos!

      30. O rico replicou: - Não, pai Abraão; mas se for a eles algum dos mortos, arrepender-se-ão.

      31. Abraão respondeu-lhe: - Se não ouvirem a Moisés e aos profetas, tampouco se deixarão convencer, ainda que ressuscite algum dos mortos.

      continua...

      Excluir
    4. continuando...

      233 - Se Jesus desceu aos infernos para pregar aos espíritos em prisão, então existe inferno e existem espíritos presos lá. Não está dito que esses espíritos se converteram e saíram do inferno, logo, pode-se muito bem entender que, além de Jesus ir ao Inferno, pregou em vão, perdeu seu tempo, mesmo porque do inferno ninguém sai.

      VV - Bom... embora na D. Espirita haja conhecimento "dos estados INFERNAIS DE CONSCIENCIA" em que certos Espiritos se encontram enredados, não significa que isso implique na existência de um lugar físico chamado inferno onde o diabo-mor e seus diabinhos estão assando pessoas eternamente... Não... não... como é logico, sensato e racional... esse "inferno" não tem cabimento na D.Espirita/Puro Cristianismo...

      De resto, é o trapaceiro 233 quem fala em "descida ao inferno" unicamente para desconfigurar a questão apresentada pelo relator bíblico que, no texto, apenas e somente anota que Jesus foi doutrinar Espíritos que estavam presos em seus estados infelizes (daí à necessidade de doutrinação), já que estiveram mal comportados no tempo de Noé... (veja-se em que tempo bem antigo eles estiveram por cá, hein!!!)... :)...

      Quanto a Ernesto Bozzano... sabendo-se perfeitamente que o doentiamente fanático antiespirita 233 não é de forma alguma o "critico" mais saudável mentalmente para apreciar o bom trabalho desenvolvido por EB (Ernesto Bozzano)... mais uma vez se aconselha algum possível interessado na obra realizada, à fazer por si próprio leitura e analise do que foi feito...

      e por agora, nada mais... :)...

      Excluir
  61. O que a Bíblia ensina em sua Palavra sobre a morte? Ela ensina que há separação entre alma e corpo? Ela ensina que a vida continua, que existem entidades incorpóreas autoconscientes que se manifestam através de supostos intermediários chamados médiuns?

    De acordo com a Bíblia, quando um a pessoa morre ela está em total inconsciência. Veja: “Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem “coisa nenhuma”, nem tampouco terão eles recompensa, pois sua memória está entregue ao esquecimento. Amor, ódio e inveja para eles já pereceram: para sempre não têm eles parte em coisa alguma do que se faz debaixo do sol.” (Eclesiastes 9:5,6- leia também Salmo 6:5;Salmo115:17;Salmo 146:3,4;Isaías 38: 18,19)

    Vamos voltar mais uma vez à primeira explicação bíblica sobre a morte:
    "Tu és pó, e ao pó tornarás", isto quer dizer o quê? Que não existe alma nenhuma, que somos somente corpo material.

    Quem, pela primeira vez, disse que isso é mentira, que não existe morte? Satanás, simbolizado pela serpente, disse a Eva que Deus mentira, que ela e Adão não morreriam se desobedecessem.

    Toda doutrina que ensina que não existe morte, que todos terão outra oportunidade, como o Rivailismo, é doutrina satânica, isto é, antibíblica. Quando Jesus disse que precisava morrer, Pedro, ao reprová-lo, foi chamado de Satanás por Jesus. Rivail fez a mesma coisa, ao negar que Jesus morreu pelos pecadores. Logo, as palavras de Jesus a Rivail têm ser as mesmas que disse a Pedro: "Para trás, Satanás."

    "E começou a ensinar-lhes que importava que o Filho do homem padecesse muito, e que fosse rejeitado pelos anciãos e príncipes dos sacerdotes, e pelos escribas, e que fosse morto, mas que depois de três dias ressuscitaria.
    E dizia abertamente estas palavras. E Pedro o tomou à parte, e começou a repreendê-lo.
    Mas ele, virando-se, e olhando para os seus discípulos, repreendeu a Pedro, dizendo: Retira-te de diante de mim, Satanás; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas as que são dos homens."

    Marcos 8:31-33

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 233 - O que a Bíblia ensina em sua Palavra sobre a morte? Ela ensina que há separação entre alma e corpo? Ela ensina que a vida continua, que existem entidades incorpóreas autoconscientes que se manifestam através de supostos intermediários chamados médiuns?

      VV - na VERDADE!!!... a Biblia faz muito melhor do que simplesmente ensinar...

      Nela se pode VERIFICAR com clareza haver entidades que já estiveram por cá em corpo "material" e que agora, de forma não carnal, continuam perfeitamente VIVAS e com TOTAIS CAPACIDADES COMUNICATIVAS, mas não só... é de toda sensatez imaginar-se que estarão com suas competências muitíssimo mais exponenciadas... :)...

      Mateus,17
      1. Seis dias depois, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, seu irmão, e conduziu-os à parte a uma alta montanha.

      2. Lá se transfigurou na presença deles: seu rosto brilhou como o sol, suas vestes tornaram-se resplandecentes de brancura.

      3. E eis que ***apareceram Moisés e Elias conversando com ele.***

      4. Pedro tomou então a palavra e disse-lhe: Senhor, é bom estarmos aqui. Se queres, farei aqui três tendas: uma para ti, uma para Moisés e outra para Elias.(...)

      Enfim... dadas as circunstâncias, até admito que para o insuficiente mental 233, esta demonstração bíblica seja demais para seu entendimento fixado na ressurreição/reconstrução dos corpos de carne e sangue)... :)...

      Ah... e afinal são somente os Católicos e Espiritas que acreditam na existência da Alma/Espirito??... Não é o caso de isso acontecer na esmagadora maioria das correntes religiosas não???... Inclusive os Evangelicos/Protestantes???...

      Excluir
    2. Essa inutilidade vai continuar por décadas. O lusitano coloca os textos escolhidos por Rivail, interpretados pelo Rivailismo-Peruquismo, eu os explico SEGUNDO A PRÓPRIA BÍBLIA, ele não compreende nem aceita e volta a recolocar os mesmos textos, Lázaro e o rico, o bom samaritano, as palavras de Jesus na cruz, a visão dos discípulos no monte da transfiguração, a resposta de Jesus sobre a vinda de Elias, a médium farsante de Endor, a pregação aos espíritos em prisão.
      Já expliquei tudo centenas de vezes, coisa que ele não faz quanto aos meus questionamentos.
      Ernesto Bozzano só pôde relatar historinhas de terceiros, então, de que serviram trinta anos pesquisando com sessenta médiuns? Não entra na cabeça desse imbecil que isso é a melhor prova de que não existem espíritos.
      E você, caro leitor, é também incapaz de perceber a incapacidade de Bozzano? Se ele não pôde, nem você, nem ninguém vai comprovar nada, é tudo ilusão. Alma não existe.

      Excluir
    3. ... seria hilariante se não fosse dramático o triste 233 imaginar que a trampa (des)interpretativa que aqui despeja serve para algo mais que não seja o envio para o caixote do lixo das coisas imprestáveis...

      Em seu delírio doentio inventa cenários deturpados quanto ao que é Doutrinado pelo Mestre, que de maneira nenhuma podem caber em mentes que fazem da normal racionalidade sua forma de estar na vida... De maneira nenhuma mesmo!!!|...

      É um ridículo e patético pobre coitado, este pantomineiro cego da mente que nem é capaz de enxergar que quem provoca sempre as mesma exposição do conteúdo bíblico é ele proprio com sua fanática perseguição ao Espiritismo/Espiritas/Puro Cristianismo... fazendo-o SEMPRE!! da mesma maneira torpe, eminentemente desonesta e sem qualquer princípio de moralidade digno de uma pessoa minimamente civilizada...

      Quanto ao Bozzano... reforço que este fanático antiespirita 233 jamais pode ser o individuo que deve ser levado em conta na analise do trabalho desenvolvido por aquele pesquisador, antes pelo contrario... nesse aspeto, é o figura obtuso que menos deve ser tido em consideração!!...

      Assim, muito embora ele tente desviar desse trabalho os possíveis interessados, continuo dizendo que devem ser os próprios, despidos de preconceitos e ideias preformadas, a analisarem por si mesmos e depois tirarem suas conclusões...

      Tão simples assim...

      Excluir
  62. Caro leitor, se você resolver perder seu tempo lendo Ernesto Bozzano, porque sabe que ele pesquisou durante trinta anos com sessenta médiuns, certamente é na esperança de encontrar em seus "cinco casos excepcionais de identificação de espíritos" algum relato sensacional em que Bozzano comprovou a veracidade da comunicação de um desencarnado. Você deve estar pensando que vai ler que um espírito disse quem havia sido e, com as informações, Bozzano pesquisou e confirmou tudo, sem sombra de dúvida.
    Bem, depois de gastar seu tempo e dinheiro, porque, se não comprou o livro nessas livrarias que têm a seção de enganação (livros espíritas e esotéricos), leu na Internet e gastou energia elétrica, você começou a leitura e encontrou o quê? Primeiro caso: conforme relato na revista tal...Segundo caso: como contou o senhor fulano...terceiro caso, quarto caso, quinto caso...sempre uma historinha de terceiros, BOZZANO NÃO CONSEGUU ELE MESMO NADA VEZES NADA.
    Bem, aí, certamente, você vai mandar Bozzano para a ponte que caiu e jogar o livro fora ou mudar de site. Sim, porque você deve ser normal e não um imbecil português que acredita nessas baboseiras.
    Vamos juntos agora, para os ossos do escritor e pesquisador ridículo: Bozzano, vá pra PQP, seu mentiroso descarado!

    ResponderExcluir
  63. Gostaria que a drª Selma, que não é idiota de carteirinha como o lusitano, desse uma opinião mais lúcida sobre o motivo pelo qual ela acha que Bozzano nunca conseguiu provar a identidade de um suposto desencarnado.
    Por que não se consegue uma prova real da existência de espíritos, drªa Selma? Eu acho que é porque eles não existem, e a senhora? Quando a senhora lê que um matusquela qualquer reconheceu a letra e a maneira de se expressar de um parente morto a senhora acredita e aceita isso como prova?
    A senhora acredita quando alguém diz que viu "nossa senhora", foi arrebatado ao inferno e viu o sofrimento dos perdidos, ou foi abduzido por alienígenas com quem teve de manter relações sexuais?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bozzano era pesquisador inteligente.
      Tenho vários livros dele...

      Excluir
    2. Bozzano era inteligente, mas jamais conseguiu o que tanto procurava: uma prova cabal da existência dos espíritos. Coitado, nem se deu conta do papel ridículo de não poder apresentar um caso que fosse de identificação de espírito por experiência própria, teve de contar o que leu ou ouviu de outros.

      Vamos imaginar uma coisa, com todo respeito e licença da drª Selma:
      Perguntada sobre grandes casos resolvidos de ortodontia, ela dissesse que um colega fez isso, outro colega fez aquilo, leu que um outro também e ouviu dizer que mais um outro...que é que pensaríamos? Pôxa, essa dentista nunca fez nada de destaque, em tantos anos nunca fez nada que merecesse citação? Só conta casos de outros dentistas?
      Pois é, assim foi com Bozzano, e ainda teve a cara de pau de escrever um livro intitulado "Cinco Casos Excepcionais de Identificação de Espíritos"!

      Excluir
  64. Amigo, você já teve algum problema com a luz elétrica em sua casa? Já teve de chamar um eletricista? Deus tudo certo?
    Vamos supor que você tivesse de instalar vários ventiladores em uma oficina, e chamasse um eletricista. Depois de instalado o primeiro ventilador, você faz um teste e BUUUMM, curto circuito e queima de toda a fiação, tremendo prejuízo.
    Que é que você faria? Daria ao mesmo eletricista o restante dos ventiladores para ele instalar? Iria confiar nele? Diga a verdade.

    Muito bem, vamos lá. Você confiava no Chico Xavier e não sabia que ele era um farsante. Leu com muito interesse o livro Cartas de Uma Morta, onde o suposto espírito da mãe do Chico revelou a ele a vida no sistema solar. Com maior atenção você leu sobre Marte, seus mares, suas florestas, suas cidades e seu clima ameno. Leu que lá habitam seres mais adiantados, providos de asas.
    Mas, um belo dia, você vê na Internet as fotos das sondas americanas enviadas a Marte. Cadê os mares, as florestas, as cidades, os marcianos voadores? Somente pó e pedregulhos, nem sombra de vida.
    Aí, que é que você pensa? Vai confiar nos outros mais de quatrocentos livros do Chico que agora você já acha que é Chico Xaveco Xavier? Convenceu-se de que essa história de mediunidade e comunicação de espíritos é uma farsa? Sim, porque, se o maior "médium" era uma farsa, que se dirá dos outros?
    E então? Já decidiu jogar na lata de lixo os livros do farsante emperucado? Vai continuar a ser um otário que perde tempo e dinheiro com essas enganações?
    Tem gente que continua a ler o besteirol dos livros do Chico Xaveco, mas eles têm estrume no lugar do cérebro, espero que não seja o seu caso.

    ResponderExcluir
  65. Léon Deizard Rivail (1804-1869) era um professor de pré-adolescentes, sim, isso mesmo, não era nenhum sociólogo ou filósofo ou cientista, ensinava gramática a pré-adolescentes, só isso. Nem era um professor de cursos superiores. Sua origem religiosa é o Catolicismo, o que é uma porta aberta para crer em espíritos imortais, porque a crença católica depende da crença em alma imortal, senão, como ensinar a existência de santos milagreiros? Como cobrar missas pelas almas que supostamente devem estar no Purgatório? Como ensinar a existência do Inferno?
    Esse velho mentiroso do Rio de Janeiro que foi promovido a cardeal por aquele outro palhaço velho lá de Roma está querendo a canonização de mais dois santos brasileiros.
    Dirigir-se aos mortos era terminantemente proibido pelo Antigo Testamento, mas a ICAR está se lixando para isso. Para a igreja romana só importa ler para os beócios que vão à igreja os mesmos textos de sempre: a anunciação do anjo a Maria, a visita de Maria à sua prima Isabel, as bodas de Caná, a passagem que só existe em Mateus em que Jesus diz que fundaria sua igreja sobre Pedro (segundo a ICAR) e daria a ele as chaves dos céus. Tudo para elevar Maria, uma criatura, a status de divindade, e dar aos sacerdotes o poder de perdoar ou reter pecados.
    Essa a mesma tática medíocre do lusitano, há quase quinze anos repetindo as mesmas passagens bíblicas para tentar dar fundamento ao Rivailismo.
    O mais engraçado é que os católicos consideram que os espíritos do Rivailismo não são espíritos de mortos, mas de demônios. Já os mortos do Catolicismo podem ser evocados, são "santos", ou almas benditas que estão no céu.
    Quanta palhaçada e enganação!

    ResponderExcluir